Servas em alerta – São colunas de fumaça

Luisa Teixeira

  • 9
  • Mai
  • 2019

Servas em alerta – São colunas de fumaça

  • 9
  • Mai
  • 2019

“Quem é esta que sobe do deserto, como colunas de fumaça, perfumada de mirra, de incenso, e de todos os pós dos mercadores? ” (Cantares 3:6)

É precisamente assim que o Senhor Jesus, o Noivo, vê a Sua noiva, quando esta passa pelo deserto.

Falar de deserto não é algo incomum para quem vive a fé. Pelo contrário – há ciência absoluta do que o deserto é capaz de produzir na vida daquele que se dispõe a palmilhá-lo com humildade e sem murmuração, apesar de haver, igualmente, a consciência de que o deserto é um lugar duro, seco, solitário, e que adentrar nele não é para todos.

Não são poucos os que são “engolidos” e dele saem sem vida.

Veja que, nesse versículo, a noiva, a verdadeira serva de Deus (ou seja, aquela que se guarda para o Seu noivo e que vive pura para Ele), sobe o deserto como colunas de fumaça. Costumamos dizer que onde há fumaça, há fogo, não é verdade? O que nos leva a entender que, no deserto, o fogo do Espírito Santo surge para queimar todas as nossas impurezas, concupiscências, vaidades, orgulho e tudo o que nos distancia de Deus.

No entanto, vale frisar que esse processo só acontece na vida de quem deixa o fogo queimar a “palha” que abafa o perfume do Senhor Jesus em seu interior.

Ah! E quando permitimos que esse trabalho seja efetivado em nós, somos como a mirra perfumada… aroma suave ao nosso Deus! E também exalamos o cheiro perfumado do amor às almas que nos rodeiam.

Vamos analisar nossa vida e como temos encarado o deserto, para que não venhamos sair dele com o cheiro desagradável do pecado, que nos acompanha quando rejeitamos a correção, os “cortes”, a castração de tudo o que nos contamina. Até se o deserto for provocado por uma suposta injustiça, podemos tirar proveito dele, nos conhecendo melhor e revelando se somos servas ou não!

Profundo, não é mesmo? Deixe o seu comentário para sabermos a sua opinião sobre esta reflexão.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

20 comentários

  1. Achei essa mensagem muito forte pois pude avaliar que os desertos em que eu passei me fez ser uma serva mais humilde e pude ser moldada pelas mãos do criador que é o Senhor Jesus. Cada experiência foi muito importante pois já houve casos que eu pude ajudar alguma jovem da minha igreja porque eu sabia como vencer determinado problema por conta de já haver passado pelo que ela estava passando. Lembro que quando passei não entendia mas hoje eu consigo entender que tudo havia um propósito por Deus. Os desertos não são nada fáceis mas é a forma que Deus usa para nos moldar para a sua linda obra.?

    Ver mais
  2. Boa Tarde dna Luisa e boa tarde dna Viviane!!
    Assim como o fogo purifica o ouro, o deserto purifica o nascido de Deus.
    Se for verdadeiro, torna-se mais precioso para o seu dono.
    Graças á Deus pelos desertos que tenho passado, e que ainda ei de passar, pois é neles que me aperfeiçoo.
    Sempre saio melhor.

    Ver mais
  3. Bom dia ! Quando as coisas estão muito calma eu falo ,tem alguma coisa estranha, e pesso a Deus pra mostra . Quem é da fé não gosta da sensação de bem estar.

    Ver mais
  4. Muito forte, muitas das vezes em meio ao deserto deixamos a confiança e murmuramos e questionamos a Deus perguntando o pq? E o que Ele quer é que simplesmente tenhamos tirar proveito e aprendizado de tudo que enfrentamos no deserto.

    Ver mais
  5. Estou passando por deserto dentro da igreja pois a minha vida foi exportar diante de todos que vergonha, mas eu tirei um grande aprendizado não devemos falar das nossas coisas a ninguém apenas Deus e ao pastor pois eles podem ajudar e não sair divulgando a sua vida.

    Ver mais
  6. Para mim, o deserto é um presente de Deus as suas servas. É a hora que somos forjadas a buscar, se aperfeiçoar mais. E quando vem as guerras nos sentimos armadas para as lutas com certeza da vitória.

    Ver mais
1 2 3 4