Seja uma lider

Viviane Freitas

  • 25
  • Nov
  • 2010

Seja uma lider

  • 25
  • Nov
  • 2010

Saiba Ser Líder

Acção: – Seja uma líder ética.

– Tenha uma postura executiva: misture uma personalidade forte com uma boa aparência e comportamento confiante.

– Tenha confiança em si mesmo para não perder inspiração e nem transmitir desanimo aos liderados.

– Acredite naquilo que faz. Se você não gostar do seu trabalho, não vai conseguir motivar a sua equipe.

– Faça planos. Não tem que cumprir o plano rigorosamente, mas delinear objectivos, pensar neles, visualizá-los e escrevê-los, ajuda a pessoa a focar-se no que realmente quer fazer.

– Saiba negociar refinadamente.

– Obtenha conhecimento através da acção.

– Seja firme e tenha atitude.

– Diga sempre a verdade. Não adianta dourar a pílula se o desinteresse do seu subordinado está atrapalhar o desempenho da equipa ou até mesmo o andamento do trabalho.

– Exija sempre obediência, respeito e cooperação leal.

– Seja estratégica nas suas acções e nos seus discursos.

– Seja uma pessoa positiva.

– Tenha novas ideias.

– Liderar também significa atribuir responsabilidades as outras pessoas, criteriosamente, e acompanhar seu trabalho e os resultados. Delegar correctamente inclui um conhecimento profundo sobre o trabalho a ser realizado, bem como a capacitação e os talentos pessoais de cada membro da equipe.

– Veja sempre o todo, e não as partes como uma soma.

– Tenha a capacidade de gerir mudanças.

– Seja ousada e corra riscos.

– Seja aberta para as possibilidades das novas tecnologias.

– Mantenha os olhos abertos. Observe, olhe e escute. Aprenda tanto das pessoas que respeita como das pessoas que não são as suas favoritas.

– Procure um bom conselheiro.

– Focalize o seu objectivo.

– Aproveite todas as ocasiões para estabelecer contactos.

– Saia do seu gabinete e não se esconda atrás da sua secretária.

– Desenvolva as suas capacidades.

– Aposte em cursos tanto para si como para os seus subordinados.

– Motive os seus profissionais.

– Não se esqueça que para se ser bom numa coisa é preciso ter prática.

– Inclua os seus profissionais nas estratégias, nas reuniões mais importantes, nas discussões de ideias, etc.

– Atenção ao que virá: identifique o próximo projecto ou desafio, da forma mais concreta possível, e envolva a equipe nele, tão cedo quanto possível. Não faça promessas falsas, especialmente não prometa a vitória. Ao invés disso, construa um plano de acção concreto, atingível, e que possa conquistar a confiança de todos, dando uma razão para seguir em frente.

– Aprenda com os seus erros. Identifique e registe as lições aprendidas. Descubra o que a fez perder. Se algum adversário saiu a ganhar, tente descobrir o que lhes deu a vantagem. Descubra o que a equipa poderia ou deveria ter feito melhor. Divulgue estas informações internamente, e aplique-as ao próximo projecto.

– Dê atenção à sua família. Encontrar um bom equilíbrio entre o trabalho e a vida privada é um desafio.

– Liderar não se resume só a motivar: é preciso resolver!

– Se não puder resolver algum problema, encontre uma forma de contorná-lo.

– Reforce e renove: Se os recursos disponíveis não eram os melhores, encontre mais e melhores recursos, e integre-os.

– Comunique bem os objectivos. Reveja a comunicação dos mesmos. Muitas vezes o desinteresse é resultado directo da falta de comunicação clara dos objectivos da empresa ou da equipa. Em muitos casos, além dos objectivos não estarem claros, os incentivos também não estão, ou seja, os desinteressados não fazem além do mínimo necessário porque não percebem a razão de fazer mais, e nem o incentivo para que o façam, as duas chaves para o interesse.

– Tome decisões após serem bem analisadas e ter perseverança nos projectos actuais e ou futuros.

– Bons líderes preocupados com o curto prazo recorrem a instrumentos adicionais, como oferecer prémios, estimular a competição dentro da equipa, ou simplesmente ameaçar com demissões ou perda de benefícios, que não são eficientes numa organização a curto prazo, empurrando o problema para a frente.

Dê o exemplo:
– Trabalhe no duro e empenhe-se.

– Predisponha-se a sacrifícios pessoais.

– Seja pontual.

– Seja uma líder íntegra.

– Tente fazer mais do que supostamente lhe compete.

– Mantenha-se motivada: tire da sua própria cabeça os pensamentos negativos. É impossível fazer o seu trabalho com efectividade máxima se estiver desmotivada.

– Não fuja das suas responsabilidades.

– Tenha sempre uma boa apresentação.

– Mantenha o seu local de trabalho limpo e organizado.

Informe-se:
– Esteja sempre actualizada.

– Passe a estar online. Não subestime o poder da Internet. É um meio para entrar em contacto com outros gestores e para trocarem experiências. Através da Internet pode aumentar a sua lista de contactos consideravelmente. Lembre-se que a Web é também uma fonte ilimitada de informação.

– Entenda a instituição, a sua política e conheça os princípios básicos da organização.

– Seja rápida a aprender.

– Saiba sobre técnicas e tácticas da liderança de outros líderes.

– Pesquise informações e teoria sobre comportamento do ser humano.

– É necessário ter uma visão do mundo em geral, e principalmente do mundo do seu negócio.

– Aperceba-se também das tendências económicas e dos movimentos no seu sector.

 

Contacto com os outros
– Aprenda a administrar conflitos. Procure agir com serenidade.

– É necessário ter habilidades humanas refinadas e uma postura cidadã.

– Precisa de ter habilidade para inspirar os outros à sua volta.

– Seja amistosa e firme.

– Reconheça a contribuição das pessoas.

– Desenvolva uma preocupação sincera com o bem estar das pessoas.

– Estabeleça um clima de cooperação.

– Aprenda a ter tacto.

– Saiba aconselhar.

– Saiba convencer.

– Saiba elogiar e reconhecer o potencial dos seus subordinados.

– Incentive as pessoas para o auto desenvolvimento.

– Seja diplomática.

– Seja coerente.

– Saiba ouvir e ensinar.

– Aceite a diversidade de pessoas. Ajuda a fortalecer o grupo e a enriquecer os trabalhos.

– Não se limite à sua própria análise.

– Peça sempre conselhos, sem parecer insegura. Seja atencioso e aperceba-se da importância dos seus subordinados, pois também eles podem influenciar a sua carreira.

– Fale com os seus profissionais, saiba o que eles gostam, o que acham que está errado, oiça as novas ideias deles,…

– Organize momentos de convívio (como por exemplo: um jantar, um churrasco ou uma happy hour) com todo o grupo em épocas festivas.

– Se quiser chegar a extremos, informe-se do aniversário dos seus subordinados e lembre-se de lhes desejar os parabéns no seu dia.

– Oiça o que desmotiva os seus profissionais e não se limite a fazer um discurso motivador. Aja sobre as causas.

– Seja transparente na comunicação. É fundamental para evitar boatos.

– Seja humilde. Faça auto-análises e tenha abertura para admitir que não sabe tudo.

– Use o pronome pessoal “nós” e evite o “eu”.

– Transforme as reuniões em acontecimentos produtivos.

Fonte: Truques da Mulher

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

5 Comments

  1. Favor enviar todas as mensagens de trabalho não consigo copiar. Obrigado

    Silvania

    Ver mais
  2. LEITURA DIÁRIA

    Ver mais
  3. Hummm!
    Preciosas dicas para serem colocadas em prática para o sucesso.

    Ver mais
  4. BOM ESTAS DICAS

    Ver mais
  5. Eu precisava dessa orientação.
    Vou encaminhá-la para meus familiares e amigos.
    Creio que será muito útil para eles também.
    Obrigada

    Ver mais