Saiba escolher um perfume estival

Viviane Freitas

  • 19
  • Ago
  • 2010

Saiba escolher um perfume estival

  • 19
  • Ago
  • 2010

A questão que me é posta com mais frequência tem a ver com a compra de fragrâncias.[/

O local certo? O momento ideal? Como escolher? Que opções fazer?

Confesso que, para mim, a compra – raramente o faço! – de uma fragrância é um verdadeiro ritual. Afinal, o aroma escolhido vai servir de “acessório” durante um período mais ou menos alargado da minha vida.

Não compro por “ ser moda” ou “ estar na moda”. Procuro algo que tenha a ver com a minha personalidade. Que a sublinhe.

Tenho três fragrâncias a que sou fiel há muito, muito tempo, apesar de, por motivos profissionais, ter de “descobrir” as novidades do mercado. Como o faço?

Sigo regras precisas:
– Procuro que a descoberta do aroma seja feita pela manhã. Após uma noite de repouso os sentidos estão mais despertos, a temperatura do corpo “normal” e o ambiente menos poluído em termos de olfacto.

– No dia em que testo uma fragrância, não aplico body lotion com aroma. Assim, evito as misturas olfactivas.

– Depois da vaporização sobre a pele, deixo que a fragrância evolua sem pressas. Só assim, as notas de saída, coração e base assumem a sua verdadeira dimensão.

– Não testo mais do que uma fragrância por dia. In extremis, testo uma de manhã e outra de tarde, tendo cuidado de eliminar o “ rasto” da primeira. Assim, os conselhos que poderei dar são idênticos: faça a escolha pela manhã…ao abrir da perfumaria. O ambiente estará mais inócuo, a sua mente mais disponível para “saborear” o aroma.

Aplique a fragrância na parte interior do pulso e deixe que o aroma se vá libertando. Vai reparar que ele vai mudando. Ao fim de uma hora, o aroma estabiliza. Não se surpreenda que seja bem diferente do que pensou ou sentiu numa amiga. O ph da pele – mais ou menos ácido – tem um papel fundamental na evolução do perfume. A cor da pele influencia, igualmente, essa evolução. Daí que o que é bom para mim…nem sempre seja aconselhável para outra pessoa… e vice-versa.

Caso tenha de experimentar mais do que uma fragrância, nunca a aplique no mesmo local do corpo. Só assim poderá evitar as sobreposições aromáticas que “mascaram” ou “destroem” um perfume. Tenha em conta, no momento da escolha, se a fragrância é para usar durante o dia ou à noite. O dia convida a aromas suaves, a noite a aromas mais envolventes e sensuais… Disso falarei em breve.

Fonte: http://mulher.sapo.pt/moda-beleza/perfumes/perfumes-no-feminino-1075937.html

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

3 Comments

  1. Eu gosto de escolher o perfume que combine com mina personalidade acho muito pessoal
    a escolha do perfume

    Mis seu criterios são bem validos

    Ver mais
  2. Ai, ai, eu devo esperar 1 hora para ver se o perfume combina comigo? Ai, que trabalheira. Mas para encontrar a fragrância ideal é assim mesmo, eu sei. Também quando encontrá-la, dificilmente procurarei outra. Afe…
    Bjs.

    Ver mais
  3. gostei muito.concordo que a escolha deve de acordo com a personalidade ,

    Ver mais