Respondo o Porquê da Carta

Silvia Alvarenga

  • 21
  • Ago
  • 2009

Respondo o Porquê da Carta

  • 21
  • Ago
  • 2009

Meninas, quando eu ia começar escrevendo o meu artigo desta semana, o título já tinha sido publicado “o porquê desta carta”!

Então aqui vai a explicação…

Quando cheguei a Londres, fiquei sabendo, que tinha acontecido recentemente, um problema com a menina que me escreveu, como ela tinha agido incorretamente, várias vezes diante dos demais.

A sua fama era, a de ser uma pessoa completamente desagradável. Mas mesmo assim aquilo, não seria um obstáculo para mim. De maneira nenhuma!!! Muito pelo contrário, eu queria conhecer ela de perto.

Infelizmente, não era fácil, pois ela mesmo se distanciava cada vez mais das pessoas,até da própria mãe, o que fazia com que esta, não entendesse a sua filha. Toda a vez que eu me encontrava com a mãe daquela menina, perguntava por ela. Até que um dia…

A sua mãe (creio eu), foi buscá-la e me apresentou. Ela imediatamente, ficou super sem graça, eu também. Não tínhamos o que falar, mas eu a amei, antes mesmo de conhecê-la de perto. O amor a que eu me refiro, não é o amor que tem os seus próprios interesses, mas sim, que vai muito além.

Ah! Quer saber? Vou falar logo! Um amor compassivo. Não compassivo de pena, mas sim de entender, o que ela enfrentava, mesmo sem saber a sua história ou o seu passado.

Para mim realmente, não importava. Eu sei que muitos pensavam que ela deixava passar as oportunidades e não queria se consertar. Mas para mim, havia sempre uma esperança, que tudo aquilo ia mudar.

Também sabía, que não iria depender somente dela, mas especialmente de mim. O meu dever era ser um salva-vidas, porque eu via que ela mesma não tinha forças para lutar, ela estava se afogando cada vez mais… O pior era, que quando lguém criticava ou a entendia e isso para ela, era um peso a mais, para ela se afundar profundamente e assim levá-la ao abismo.

Todos talvez viam-na com descaso. MAS EU A VI COMO UMA OPORTUNIDADE…

Mas vou deixar vocês, analizarem o quanto é importante, acreditar em alguém que não tem nada para te oferecer.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

26 Comments

  1. “Todas viam-na com descaso, mas eu a via como uma oportunidade”
    Grandiosas pérolas de sabedoria. Com certeza vai acrescentar e muito em minha vida. Sabe aquele azeite reserva das virgens? É tudo o que fazemos para Deus e bebemos de Deus. Uma gota de água para um sedento.

    Ver mais
  2. Sempre devemos acreditar nas pessoas. Um dia alguém acreditou em mim, e hoje estou salva. Um dia alguém acreditou no bp. Macedo, e hoje milhares de almas estão salvas. Um dia o Deus acreditou em nós e deu Seu Filho para nos salvar.

    Ver mais
1 3 4 5