Por detrás dos panos

Viviane Freitas

  • 21
  • Mar
  • 2011

Por detrás dos panos

  • 21
  • Mar
  • 2011

O que pode estar em oculto?

Será que eu tenho nutrido algo dentro de mim que faz mal à minha personalidade?

Cada um deve avaliar suas atitudes e pesar, pois sabemos que nossos instintos nos conduzem para lugares ou atitudes que podem nos frustrar futuramente.
Vou provar para você que temos instintos enganosos.

Lembra daquele ciúmes que você sentiu? Quando que esse sentimento, trouxe uma solução para o seu problema? Ao contrário, acabou ficando obcecada por uma coisa, que a afastou ainda mais da pessoa e causou brigas e desentendimentos.
Me responda: Construiu ou desuniu?

E essa obsessão pode ser referente aos relacionamentos, como também por trabalho e até comida. É algo que a domina e não a deixa ver ou pensar na gravidade do problema. Quanto mais tempo passa nutrindo isso, mais a deprime e a incapacita, para tomar uma atitude que traz o resultado positivo. Você não consegue nem avaliar e nem raciocinar. O problema se torna invencível!

A inveja, que nunca se contenta com o que tem. Ama e odeia ao mesmo tempo. Uma confusão de sentimentos direccionando a vida de muitos.
A fofoca, que nunca traz a verdade e sim mais intriga. Não resolve nenhum problema, mas cria mais problemas.
O engano, que muitos desconhecem, mas que caminham de mãos dadas com ele.

A amizade que não consegue ser sincera, prefere agradar do que ser “do contra” e assim, trazer um falso e harmonioso relacionamento. Não se opõe e nem arrisca seu lado confortável e seguro, para passar uma boa impressão.

Sabe aquelas coisas que acontecem e que te contrariam? Te deixam ainda mais para baixo e ao mesmo tempo sentindo-se injustiçada e incompreendida?
E o que normalmente você faz? Você se recusa olhar para si e avaliar o seu eu, a sua atitude, atitudes baseadas em emoções fúteis, isso porque você não quer parecer “a fraca” ou “a errada da história”.
E aonde você tem chegado com atitudes assim?

Fica muito difícil, para alguém lidar directamente com seu problema; as pessoas se afastam, porque vê que você é fechada para o desafio da verdade. E o tempo vai passando, vai se enganando, sempre pensando que está fazendo a melhor escolha.

Você confia demais em sua capacidade de julgar.

Só que você esquece que muitas vezes julgou, sentiu e tomou decisões baseadas nessa auto confiança, e se frustrou. Ainda assim, não quer encarar esta realidade.

Tantos exemplos que existem, que faz você e eu avaliarmos o que pode estar por detrás dos panos – uma pessoa infeliz.

Coisas que a sociedade e os amigos até encaram como algo normal, mas que no fundo não soma e nem multiplica na sua vida.

E como pode-se mudar essas atitudes erradas?

Encarando a verdade como um aliado, sendo sincera e ousada para mudar!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

9 Comments

  1. nossa profundo, me vi nessas atitudes idiotas, estou passando por isso neste momento, e entreguei nas maos do unico que pode resolver meu problema que e DEUS, e eu creio na minha melhora.

    Ver mais
  2. Boa tarde D. Viviane. O primeiro exemplo que a senhora deu sobre os ciúmes fez-me recordar como eu era. Conheci um rapaz (que hoje é meu esposo) e começámos a namorar. Ele já estava na presença de Deus e convidou-me para participar de uma reunião e eu fui. Eu era muito ciumenta. Esses ciúmes originavam brigas e depois vinha a indiferença, a vontade de nem ficar perto. Era horrível. Mesmo dentro da igreja vivíamos assim. Era um sufoco. Como a senhora disse isso só nos foi afastando até que o óbvio viria a acontecer, a separação. Foi nesse momento que pude focar-me 100% em Deus, pois até então estava dentro da igreja mas longe de Dele. Deus limpou o meu coração, arrancou esse pano que me cobria e hoje estamos casados e felizes. Só consegui mudar porque reconheci o meu estado e paguei o preço por essa mudança.Valeu a pena.Beijinho.

    Ver mais
  3. Olá Dona Vivi !

    REALMENTE GUARDARMOS ESSE SENTIMENTO DE EGOISMO DENTRO DE NÓS NÃO NOS AJUDA EM NADA. POIS DEIXAMOS DE OUVIR A VÓS DE DEUS E AGIRMOS PELOS NOSSOS IMPUSSOS, E ISSO NOS TRÁS PESSIMAS CONSEQUENCIAS. POIS DEIXAMOS O NOSSO EU AGIR SEM PENSAR NO NOSSO PROXIMO. PEÇO A DEUS TODOS OS DIAS PARA QUE EU TENHA UM CORAÇÃO PURO. POR ISSO ENTREGO A ELE TODOS OS MEUS ATOS, MEUS SENTIMENTOS, MINHA VIDA, PARA QUE DEUS A CADA DIA CRESÇA MAIS e que eu dimininua.

    Deus abençoe.

    Ver mais
1 2