Pais Separados

Viviane Freitas

  • 22
  • Mar
  • 2011

Pais Separados

  • 22
  • Mar
  • 2011

O que acontece geralmente com as famílias depois da separação?

Geralmente, eu tenho visto um caos dentro dos lares, tanto para o filho, como para os pais.

Aquele sonho de constituir um lar, se desmorona. É claro que não é de uma hora para outra que isso acontece, vai ocorrendo gradativamente.?Para chegar a esse ponto, é porque a situação entre o casal ficou insuportável, e ambos não puderam mas continuar persistindo.

Aquele tempo, que foi investido naquela relação, foi aparentemente um desperdício de tempo porque, ao final, foi como rasgar-se em dois em pedaços.

Por quê? O amor, ou a paixão, foram se desfazendo com os erros que não foram superados, ou reparados? E os filhos, vendo todo esse processo, sentem-se sós, tristes, desamparados, e uma insegurança insuportável, capaz de refletir tanto na sua personalidade, como nas suas decisões futuras.

Como achar um apoio em casa, se lá tudo desabou? Em quem vou confiar e achar segurança? Essas e outras questões, bombardeiam a cabeça dos filhos.

E os pais, como é que ficam? Eles também estão em meio a um turbilhão de pensamentos e sentimentos. Acredito que mais do que propriamente os filhos.?Neste exato momento, se culpam por fracassarem na vida sentimental e nas responsabilidade de um lar destruído, e o péssimo exemplo que são para seus filhos.

Seu parceiro, seu filho e o seu eu, são os seus próprios “inimigos”.?Todos se decepcionam um com o outro, e ninguém é capaz de trazer alívio.?O eu decepcionou-se, pensando que era capaz, que esse relacionamento iria dar certo. O filho mudou sua maneira de ser, devido aos traumas no seu lar.?O parceiro não foi capaz de mudar só pelo amor da sua companheira. Enfim, tudo desmoronou encima de si!

E qual é a moral que você tem em sua casa? A vida passa a ser pesada para todos nesse lar. O medo do amanhã, a saudade, a solidão, a dúvida sobre o relacionamento parecem ser os únicos “amigos e companheiros” da pessoa.

Quem pode reconstruir essa vida e essa família? Quem pode lidar com os seus problemas íntimos? Será um novo pai, mãe, filho ou parceiro?

O interior só pode ser reconstruído por alguém que tenha armaduras, ou instrumento para lidar com o coração – alma (intocável por um ser humano).

—- É Ele, Deus! O único capaz de reparar tudo e todos! —-

Para isso, você tem que ir até Ele.?Ele disse: “Vinde a mim todos os que estais cansados, e eu vos aliviarei.” Também disse: “Vinde como estais.” Não há nada que Ele requer mais neste momento.
O que está esperando? Tenho o prazer de lhe dar assistência, não importa o quanto tens sido rejeitada pelo mundo e pela sociedade.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

17 Comments

  1. Meus pais se separaram quando eu tinha 8 anos de idade. Pela primeira vez da minha vida, percebi o que era a dor de conviver só com minha mãe ou só com meu pai. Sabe de uma coisa ? Achei que foi melhor assim… eles estavam muito infelizes, e principalmente, eu e minha irmã sofríamos. Hoje, são bons amigos .

    Ver mais
  2. . Boa tarde .

    Esta publicação que a senhora fez chamo-me muito há atenção porque há pais que abandonam os seus filhos no meio do seu crescimento .

    E esses adolecentes ficam nervosos , com problemas etc por causa do pai ou da mae dele ou dela devido a separaçao . Bem eu acho que nao faz mal os pais se separarem desque que aja sempre aquele carinho ,e aquela uniao .

    ———————————————————————————–

    As vezes os pais pensam que só por causa da separaçao tem que fazer tudo o que o seu filho ou a sua filha quer por causa que passam pouco tempo juntos isso ta errado porque isso nao tem nada a ver porque esse adolecente , essa adolescente nao tem o direito de julgar o pai , mae so porque passam pouco tempo juntos e com a desculpa de estarem separados (errado) .

    Ela tem que aceitar e fazer a sua vida normalmente .

    Ver mais
  3. Bom Vivi, situação pior que a minha ainda não vi… Tenho 18 anos e confesso que 5 anos da minha vida foi de muita decepção quando se trata dos meus pais!

    Quando eu tinha cerca de 10 anos, como toda criança pedia para jogar no celular do meu pai, até que vi uma mensagem de uma mulher dizendo que tinha adorado passar o dia com ele!Mas, eu muito inocente não havia me deparado com a situação…

    Até que em Julho de 2008 viajamos (Minha mãe, meu pai, meu irmão e eu) para o interior de São Paulo para a casa de um irmão da minha mãe… Chegando lá meu pai disse que tinha que voltar, pois ele estava com muito serviço e achava que não iria conseguir terminar quando voltasse! Minha mãe muito inocente, concordou na hora! E ficamos lá…
    Até que quando voltamos, olhei as mensagens dele e tinha várias mensagens da amante dele. Passei a todas as noites após a janta olhar o celular dele, mas claro sem ele descobrir… Foi fácil, pois ele sempre deixava o celular dele no banheiro carregando… Então eu fingia que estava usando o banheiro e olhava… Lembro que eram muitas mensagens… Tratando de tudo, desde da relação deles, até uma briga…
    Eu com muito medo de que ele descobrisse que havia contato para alguém preferir não contar e guardar para mim. Até que em uma viagem para Minas em 2009 ele contou para a minha mãe que havia traido ela. E ela como ”amava ele” o perdoou… Até ai tudo bem, o que ninguém imaginava era que a amante dele mora uma rua depois da nossa, tem muitos amigos em comum!
    E essa história continua até hoje (2013) e é muito dificil para mim porque eles ficaram 20 dias separados em 2012 e tudo eu tinha que resolver.. Minha mãe começou com depressão e meu irmão ficava desesperado… Até que depois de 20 duas meu pai voltou e para eles estavam mil maravilhas, menos para mim… Porque ele voltou ”deixando” a amante grávida e sem me falarem nada… Ou seja, ele continuando com o caso dele lá fora e minha mãe fingindo que estava tudo bem. Até que em novembro a amante dele perdeu o bebe…
    E sinceramente para mim é muito dificil essa história, pois não posso dizer que tenho orgulho 100% dos meus pais, também, como ter? E o pior de tudo é que sempre que eles tem problema, minha mãe sempre vem desabafar comigo e eu como filha, tenho que ouvir… Mas o pior mesmo, é que quando eles estão ” sem problemas” eles me tratam como um lixo, como se eu fosse o problema! E eu não consigo me conformar com isso, porque só eu sei o que eu passei com a separação deles e o que estou passando!
    Ontem briguei com a minha mãe porque ela está misturando o problema deles comigo, sendo que eu não tenho culpa nenhuma… Pelo contrário, tento ajuda-los! E não estou falando com ela, pois ela acha que eu sou a errada e que eu tenho culpa! Segundo ela eu nunca apoiei ela…. Como eu nunca apoiei ela?
    Estou namorando a Oito meses e já tive problemas com o meu namorado devido a isso. Pois, não consigo confiar nele 100%. Afinal, meu pai, que era para ser um exemplo, está sendo capaz disso, imagina ele… Sei que misturo as coisas também, mas, não é fácil lidar com essa situação! Tenho muito medo de tudo acabar entre eu e o meu namorado por culpa disso… E ai, posso fazer um filme com a minha história?
    Procurei esse blog porque trata-se disso, apesar da minha situação ser a pior… Mas, sei que tem haver com o assunto e que vocês poderiam ”me ouvir”

    Ver mais
  4. é muito dificil pois eu tenho 14 anos , minha irmã mais velha tem 22 anos e meu irmão do meio tem 18 anos,meus pais ficaram juntos 25 anos e a 3 meses eles estão separados , mais estão vivendo na mesma casa , tipo esta sendo muito dificil para mim pois minha mãe meio que abandono nois ela vivi saindo e agora mesmo ela esta na praia, mais eu na raiva,na solidão eu acabo descontando no meu namorado eu não sou mais a mesma com ele e eu não consigo falar com ninguem , apenas lembro dos momentos passado juntos e sento no meu canto e choro, eu ja pensei em usar drogas mais vi que não era a unica escolha , e que se eu consumise iria me torna uma dependente e não quero causar nenhum danos maior a familia que hoje ja não existe mais, eu tenho um subrinho de 2 anos e ele eu acho q esta sofrendo tambem pois minha irmã e o pai dele tambem são separados,e o meu maior sonho é minha festa de 15 anos ja começo a preparação só que eu não quero mais , pois não tera clima ver os dois no mesmo ambiente , e se eles ja estiver com outra pessoa , eu acho que eu não vou aceitar nem madrastra nem padastro, como eu vo aceitar isso , porque minha visão era ver eles juntos para o resto da vida. mais com muita fé em DEUS eu vou superar tudo isso.

    Ver mais
  5. Realmente é muito difícil viver em lugar onde o seu ponto de equilíbrio, a sua família, esta destruída, os exemplos não te ajudam. Tenho 14 anos e desde que eu nasci meus pais estão separados, apesar de minha mãe nunca falar mal do meu pai, diretamente, eu sempre tive mágoa dele, eu sempre pensei que ele havia me abandonado e que não me amava. Eu também acreditava que o fracasso no relacionamento da minha mãe era culpa dela e me afastava, ela ficava sem carinho e eu também.
    Mas em um dia que eu estava passeando pela igreja me convidaram para o TF Teen e foi la que ouvi falar de Jesus. Hoje estou livre de toda mágoa, amo os pais. Sou batizada no Espirito Santo, tenho amor…

    Mylena Carla

    Ver mais
1 2 3