O Orgulho que me Humilhava

  • 20
  • Mai
  • 2011

O Orgulho que me Humilhava

  • 20
  • Mai
  • 2011

O Programa Coisas de Mulher fez a gente se “esticar”, justamente onde nós pensávamos que não éramos capazes. Foi uma luta enorme do início ao fim.

Esposas de pastores fazendo o que nunca havíamos pensado em fazer. Aprendemos no “fogo”, com uma única finalidade…. Ganhar almas para o Senhor Jesus.

Eu havia chegado da Espanha, onde havia morado por 4 anos. O meu português já estava misturado com o espanhol, e mais… eu quase nunca freqüentei o ensino Brasileiro, pois vivi durante anos nos EUA, quando criança.

Agora voltar a falar publicamente o português certamente era loucura. Ninguém entendia o verdadeiro sentido de se lançar daquela forma. Na verdade, só me lancei devido aos inúmeros e-mails que o programa recebia. Existiam e-mails de pedido de ajuda, e foi por essa única causa que me entreguei.

O único direito que eu tinha de me esconder por detrás de várias desculpas foi lançado ao lixo, porque parti para o desafio. Aprendi a fazer o programa, mesmo ao vivo. Não tinha treinamento nenhum, nem alguém para instruir-nos, exceto Deus ao meu lado.

Vou dizer para vocês, foram muitas lágrimas. Aprender sozinha, sem que alguém nos ensine, é verdadeiramente uma loucura. A vergonha era evidente, porque mal conseguia entender por onde começar no programa. As falhas na mistura dos idiomas era constante. A humilhação era real.

Ninguém me humilhava, era meu orgulho. O fato de errar várias vezes na gravação, era uma facada dentro do meu ego. Era eu quem tinha que conduzir o programa, e todos tinham que ficar a minha espera para poderem prosseguir. Era humilhante.

Às vezes encontrava gente na minha equipe com um pouco de impaciência. A princípio, as esposas que estavam presentes no programa tinham que me apoiar, não eu apoia-las. Era uma coisa… que contando ninguém acredita.

Mas eu não deixava de crer. Eu tinha a certeza de que tudo aquilo pelo que estava passando era para o meu bem. Então, todos os dias as 5 horas da manhã me colocava de pé para falar com Deus da minha agonia.

Eu sabia que estava protegida, por apenas ter a crença em Deus, afinal estava ali não por mim, mas verdadeiramente por aqueles que esperam apenas uma palavra.

Aprendi a pisar no orgulho e perseguir o meu alvo, apenas me lançando aos pés do Senhor Jesus. Assumi a grande responsabilidade e perdi a minha vida, mas por outro lado, ganhei experiências na minha fé, e ganhei almas!

Humilhação é o ataque ao orgulho. Quem quer evitar aprender, quer preservar seu orgulho .

 

 

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

20 Comments

  1. tenho lutado muito para vencer o orgulho,que e o meu ponto fraco,e as mensagens da sr.dona Vivi tem me ajudado muito…Deus abençoe…

    Ver mais
1 2 3 4