Não sou nenhuma criança! (Esse é o problema)

Silvia Alvarenga

  • 7
  • Dez
  • 2015

Não sou nenhuma criança! (Esse é o problema)

  • 7
  • Dez
  • 2015

A criança acredita em tudo. Se lhe dissermos que o céu é verde, ela vai acreditar.

Ela vai pensar que existe outro nome para o azul que ela conhece, ou então que verde é azul, afinal, ou ainda que ela não está a ver bem. Mas seja qual for o pensamento dela, ela vai acreditar no que lhe dizem, ela é inocente, vulnerável, só sabe que não sabe nada, então tudo o que lhe disserem é verdade.

Mas à medida que ela cresce vai-se deparando com vozes diferentes, opiniões diferentes, “verdades” diferentes. E aí cria-se uma confusão mental. O que é certo, então? O que é a verdade, afinal?

Ela parte para a busca. E vai procurar respostas em amigos, facebook, blogueiros, opiniões alheias, etc. A pessoa sente-se sem personalidade, sem opinião e vê pessoas tão bem definidas em suas ideias, transmitem tanta confiança, parecem tão fortes e influentes. São tão influentes que te influenciam a ser uma pessoa de opinião formada, inacessível a outras ideias, fechada a outras influências.

Isso pode ser visto como personalidade forte, mas na realidade essas ideias preconcebidas, essas opiniões formadas, esse caráter forte e vincado é o que impede de entender os pensamentos de Deus. Deus “torna-Se confuso”. Porquê?

Porque Ele não pensa como nós. Deus não vai adaptar o Reino de Deus aos nossos pensamentos, somos nós que precisamos adaptar-nos, mudar, aprender, receber o Reino de Deus em nós.

“Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.” Mc. 10:15

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

67 comentários

  1. Deus nos dá a unica fonte de entendimento é a mente- Ora! Se ela esta cheia como ser preenchida com os planos de Deus! na fé

    Ver mais
1 10 11 12