Instruído

Viviane Freitas

  • 5
  • Ago
  • 2011

Instruído

  • 5
  • Ago
  • 2011

Sabe, desde pequena, e por muitos anos, minha mãe tentou me instruir em diversas áreas da minha vida. E muitas vezes eu não ouvia.

E é claro, as consequências são devastadoras. Me amargurei, me entristeci, mas de fato ninguém pode me ajudar, somente viam uma “pobre” menina.

Porém, quando enfim atendi seus conselhos, aceitei submeter-me a uma cabeça madura, racional, e me dei muito bem. Não só me fez vencer na vida, como aprendi que existe um pouco de orgulho quando queremos insistir no que pensamos ser o melhor.

O livro mais sábio dos nossos tempos, e de todos os outros tempos, relata isso de uma forma simples e direta.

Quem é o instruído?

É aquele que ouve e cresce em prudência; e…. adquire habilidade para entender. (Provérbios 1:5)

Sabe, isso é muito importante, pois não é apenas em um determinado momento que ela é capaz de ouvir. Além disso, ela cresce. Ela desenvolve. Ela amadurece.

E quando eu amadureço?

Quando eu penso e vigio. Evito o perigo. Tenho cautela com minhas próprias ações e sentimentos.

Quando adquiro habilidade, é porque agora já faz parte de mim esta prática. Existe a capacidade e a inteligência em discernir e entender.

Está vendo como é importante você pensar? Não aceite comer das mãos de ninguém! Não temos como crescer e adquirir habilidade com alguém pensando por nós…

Na fé,

 

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

46 Comments

  1. é muito importante vigiar e pensar, pois quando deixamos de praticar isso somos levadas pelo impulso da carne e se atolando nas próprias palavras.
    Deus nos deu total liberdade por isso é preciso tomar cuidado com atitudes que se tornam desagradáveis aos olhos de Deus.

    Ver mais
  2. Olá!
    A palavra dos meus pais tem um peso muito forte sobre a minha vida.Gosto de ouvi-los.Quando criança o que eles me falavam eram lei.Depois que fiquei adulta continuo ouvindo só que agora procuro pensar mais sobre o que eles falam e gosto de dizer o que eu penso.Quando eles me falam algo que já foram experiência na vida deles eu fico mais alerta.Se eu acho que aquilo vai me fazer bem adoto como uma grande dica mas, se percebo que é algo que para mim pode ser um desafio fico com as minhas escolhas.Sempre que eu escuto eles me dou bem.E sempre que eu escuto a mim me dou bem também.O que conta para mim são os meus testes que a vida me apresenta.Eu adoro provar a todos testes e verificar como experiência própria.Algumas vezes eu acerto outras vezes eu erro mas, enfim tudo são experiências únicas e eu amo passar pelas mesmas.Se tem uma coisa que me deixa profundamente irritada é alguém querer passar no meu lugar algo que eu mesma tenha que passar e ir em frente.Isso eu não curto.Minha irmã tem o costume de me dizer que não estou sendo sábia por não ouvir as vezes a voz da experiência mas, eu sempre digo a ela a experiência dos outros é dos outros eu quero as minhas.Não necessariamente o que é maravilhoso e belo para os outros pode ser para mim.E o fato dos outros ter acertado ou errado em suas experiências não necessariamente vai fazer de mim uma pessoa que acerta ou que erra por isso, eu fico com as minhas próprias experiências de vida.Quero sentir, passar e vivenciar a cada uma.Na escola da vida serei eterna aprendiz …

    Ver mais
  3. verdade dona vivi nunca gostei de depender dos outros so de DEUS

    Ver mais
  4. Ola dona viviane temos que vigiar em tudo q falamos e não podemos deixar os outros falar por nos temos que saber se espresar.obrigada bjos fica com Deus.

    Ver mais
1 6 7 8