Como você vai até Deus?

Viviane Freitas

  • 1
  • Abr
  • 2019

Como você vai até Deus?

  • 1
  • Abr
  • 2019

Você vai à igreja todas as semanas, cumpre os seus votos, dízimos e ofertas. É assídua na casa de Deus, ou pelo menos procura ir nos dias que você precisa.

E quando você observa tudo o que vem fazendo, acha que está arrebentando. Isso porque, atentando para as suas obras, você é eficiente, obediente, ativa…

Mas, como você se apresenta a Deus?

Quando você está focada no que faz, no que acha de si mesma, não consegue enxergar as necessidades da sua própria alma. Você sempre diz aos outros que a sua salvação é a coisa mais importante que tem, no entanto, não demonstra precisar do Salvador, não se vê necessitada dEle, pelo contrário, você só se enxerga como a pessoa que pode ser útil para a Obra de Deus; aquela que, caso deixe de fazer algo, é a Obra de Deus que vai sentir falta dos seus serviços.

A pergunta que não quer calar é: como você chega a Deus, então? Como se apresenta a Ele?

Você fala com Deus, mas as suas palavras mais parecem um discurso repetitivo do que aquilo que você quer dizer de verdade. Parece que você fala somente aquilo que já está decorado, ou usa de uma oração sistemática – e ora bem rápido, sem raciocinar e sem prestar atenção ao que tem dito para Deus.

Você entra na igreja, sente aquela emoção, chora ao falar com Deus… E se sente melhor por alguns momentos. Mas o resultado definitivo, que é bom, não está ali.

Como você está tratando a Deus dessa forma?

Devagarinho, você vai permitindo que a incredulidade faça parte do seu ser, e vai deixando de ter cuidado com aquilo que é mais importante na sua vida – a sua alma.

No próximo post, vou falar a quem Jesus convida para vir até Ele.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

14 comentários

  1. Olá dona Vivi, é verdade, eu era essa pessoa que está nessa mensagem, eu sempre acreditei que tudo o que fazia na obra, era o suficiente para ter um relacionamento com Deus, puro engano, fui enfraquecendo por exigir de mim mesma e de outras pessoas, perfeição em tudo, até que veio a descoberta, eu não era de Deus. Agora entendi que Deus, não quer apenas os nossos 10% e sim a nossa vida completa e todos os dias descubro algo que necessito mudar, necessito sacrificar, necessito entregar , todos os dias aprendo a me conhecer e reconhecer a minha necessidade de conhecê-lO e tê-lO cada instante de minha vida. Deus abençoe grandemente a sua vida!?

    Ver mais
1 2 3