Minha Amiga: Nº2 – Conhecer

Viviane Freitas

  • 21
  • Out
  • 2015

Minha Amiga : Nº2 – Conhecer

  • 21
  • Out
  • 2015

Acompanhe a continuação deste tema na próxima quarta-feira…

Veja também: Como é a amiga?

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

299 comentários

  1. Foi muito bom escrever sobre minha infância, descobri muitas coisas sobre mim, parece que foi libertador, como se voltasse às causas de todos os meus comportamentos atuais, foi bem difícil no começo, confesso que relutei a começar a escrever, vieram até lágrimas nos olhos enquanto escrevia e revivia cada acontecimento, quando terminei e reli o que escrevi minha visão sobre mim mudou de alguma forma…
    Me ajudou muito mesmo!
    Na Fé!

    Ver mais
  2. Estou me dando oportunidade de me conhecer e já vi que tenho muito ainda pra mudar esses áudios já estão me abrindo os olhos….

    Ver mais
  3. Dona vivi ,me chamo Mylena ,sou de são paulo
    Eu escrevi sobre minha infancia
    E confesso que não foi nada fácil ,ver quem eu era ,e o porque sou assim hoje
    Mas ao escrever ,percebi que pude me conhecer melhor
    Isso me ajudou muito .
    Obrigada

    Ver mais
  4. Sou uma pessoa reservada e tenho um comportamento que precisa ser mudado pois sempre percebo algo para trabalhar em mim

    Ver mais
  5. Cleide- O que coloquei na semana anterior, diz respeito aos medos de me expor, e agora ouvindo este áudio, consegui compreender da onde vem estes medos. Não digo que esteja totalmente claro e resolvido, mas que comecei a compreender me um pouco melhor. Quando minha mãe foi embora de casa quando pequena, me senti rejeitada por quem mais amava, e crescemos com o medo de meu pai fazer a mesma coisa, inclusive familiares próximos diziam que não poderíamos desobedecer porque senão nosso pai, não ia suportar e iria embora. Esta era uma carga muito grande pra crianças suportarem. Lembro do sentimento dentro de mim, o medo de meu pai nos abandonar, de me separar dos meus irmãos, de ser criada por pessoas que não eram a minha família.
    Acredito que isto tem norteado minha vida adulta também, esta insegurança, os medos que tem sido tão difíceis de vencer. Mas creio estar mais perto hoje de vencer tudo isto.

    Ver mais
  6. Olá dn Viviane,
    Estou fazendo novamente, me ajudou. Escrevi sobre a minha infância, estou me analisando e muitas atitudes tem refletido minha infância.
    Preciso ter paciência comigo mesma.

    Abraços, Deus a abençoe

    Ver mais
1 47 48 49