Audio: Oração Inteligente e Transparente

Viviane Freitas

  • 24
  • Abr
  • 2015

Audio : Oração Inteligente e Transparente

  • 24
  • Abr
  • 2015

Olá a todos os internautas!

Mais uma vez, é um prazer estar convosco e espero que estejam a exercitar a fé que temos transmitido através dos áudios.

Na sexta feira passada abordámos o tema sobre a oração inteligente e hoje vamos dar continuidade a este assunto.

A oração revela a minha comunicação com Deus. Logo, a mesma não pode direcionar-se apenas para as conquistas, se assim for certamente a minha oração ou o meu relacionamento com Deus não terá qualidade.

Eu devo orar e comunicar a Deus tudo o que está a acontecer no meu interior, tenho de expor até aquilo que tenho vergonha, que é “sujo” e fútil de pronunciar.

Entretanto, estava a observar o que Deus me revelou enquanto eu trabalhava numa das reuniões da igreja. E mostrou-me que muitas pessoas não falam com Ele e não recebem o Espírito Santo porque esperam que Deus faça tudo! Contudo, para que o Espírito Santo venha sobre a minha vida e mudar-me, eu tenho que entregar tudo o que está dentro de mim.

Minha amiga internauta, eu não sei como você é … Não sei se é do estilo de pessoa que tem a sua mãe, o seu pai, a irmã, as amigas próximas de si, mas, no fundo no fundo, você não é assim tão próxima deles. Como? Porque não fala realmente sobre aquilo que se passa no seu interior! Talvez quando falou ou tentou expor algo, de repente, foi “apedrejada”; o que disse não foi bem visto ou talvez a tenham entendido da forma errada, o que a fez ficar frustrada. E então deixou tudo dentro de si, ou seja, aquele peso, aqueles sentimentos que fazem com que exista uma “luta” interior e parece que demora a resposta de Deus, porque simplesmente não está a entender o que se passa!

Falei com os meus lindos filhos que o que eles precisarem de falar, eles podem fazê-lo comigo, porque vou fazer o possível para entender e vou aproveitar essa situação para ensinar. Porque existem algumas questões que surgem na nossa mente que nos fazem ficar com vergonha de expor para os pais ou para alguém que nos possa ajudar. E, assim, demoram anos para se resolver.

A mesma coisa acontece quando fala com Deus! Por vezes comenta coisas superficiais, apenas cita o que pretende alcançar. Por exemplo: “Quero ser uma mulher de Deus; Senhor conta comigo!” Mas não refere o motivo de querer ser uma mulher de Deus e o que está a acontecer por não se ver como uma mulher de Deus! Ou seja, não expõe realmente que tem maus olhos, inveja, pensamentos “sujos”, que deseja o que é errado …, não expressa a sua identidade. Logo, acontece que fica à espera de Deus!! Mas não se entrega totalmente para Ele.

Então, eu vou falar um pouco de mim …

Eu, Viviane, na minha infância tinha dificuldades na fala e as pessoas ao meu redor não me entendiam. Somente a minha irmã é que percebia o meu “idioma” … Então, tornámos-nos as melhores amigas, porque ela era a única que sabia tudo o que se passava e o quanto eu sofria na escola. A minha mãe nada sabia do que sucedia fora de casa e eu também nunca expus o que se passava. Assim sendo, a minha mãe só descobriu esta situação quando eu tinha cerca de 30 anos, pois a minha irmã elaborou um artigo sobre mim, onde ressaltou o que ela via, naquela altura, e o que acontecia … A minha mãe não sabia que eu sofria de “bullying” na escola, porque eu não o partilhei com ela.

Em casa, eu queria as coisas à minha maneira e quando a minha mãe não realizava o que eu desejava, logo eu esperneava no chão… Eu fazia isso! Porque havia uma revolta dentro de mim. A minha mãe falava sempre comigo, ensinava-me, mas eu quase não a ouvia, porque ela não entendia o meu “idioma”, por vezes, também não perguntava e eu não contava o que se passava.

Então foi uma complicação, porque nem eu nem a minha mãe estávamos a comunicar da melhor forma. Creio que foi devido à minha linguagem inicial, por não falar bem e os meus pais não me entenderem.

Posteriormente, em adulta, raras eram as vezes que eu conseguia conversar com a minha mãe, porque eu tinha medo que ela não me entendesse. Eu queria que ela me percebesse em primeiro lugar, para não ter que ouvir certas coisas que me dizia, e que eu não estava pronta para ouvir.

Então, amiga internauta, talvez isso aconteça consigo na igreja ou quando está a orar, a falar com Deus.

Não é batizada com o Espírito Santo, porque falta falar de si, mostrar e assumir o que realmente é, e dizer tudo a respeito de si mesma.

“Mas Viviane eu tenho vergonha!! É tão fútil, tão “sujo”, é tão vergonhoso, que apenas em pronunciar fico incomodada …”

É, amiga! Mas quando há esse medo e essa vergonha, é porque não existe fé.

Veja que quando diz:
“Ora, a fé é certeza de coisas que se esperam …” É porque quando tem certeza, não tem receio nem medo. Quando crê em Deus, mostra-Lhe essa crença, no sentido que Ele vai resolver o que não pode resolver. Mas tem de ser transparente, ou seja, tem de Lhe dizer a verdade. E aí está o segredo! É o segredo de conhecer a Deus, quando não tem esse medo.

“Fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de factos que se não vêem.” (Hebreus 11.1)

Não viu ainda o resultado, mas menciona o que crê, pois assim Ele fará o impossível na sua vida, o que não pôde fazer sozinha até então …

Por exemplo, não pode mudar a si mesma, arrancar essas dores, esse passado, marcas que tem tido durante este tempo todo. Mas a partir do momento em que decide expor tudo, visando o seu objetivo e não olhando para as suas fraquezas ou ficar a chorar, automaticamente visualiza o que quer alcançar.

Se assim o fizer, amiga internauta, não sairá de igual modo ao término da sua oração, não será igual e nem o resultado vai ser o mesmo. Mas estará confirmada dentro de si a resposta, a paz, a certeza, refletindo-se na sua conduta, que se tornará alegre.

Não tem que ver, tocar ou sentir nada … Apenas ter a CERTEZA dentro de si. Assim é quando usa a fé e ora de forma inteligente.

Sempre disse ao meu filho que quando eu choro durante a oração, não é por estar a sentir algo ou porque tenha necessidade de chorar quando falo com Deus, mas eu choro porque me dói quando não sou aquilo que quero alcançar, de não apresentar o que quero ser para Deus.

Todavia, olho para o meu objetivo e por isso choro, expresso para Ele o que vai dentro de mim sem vergonha. E sabe que quando choro, não acontece como é normal nas pessoas, porque as minhas lágrimas ficam presas, fico toda manchada, vermelha e demora cerca de 30 minutos a desaparecerem as manchas do meu rosto … Mas eu não estou preocupada com isso, porque sou original! Amo ser quem eu sou e expressar quem eu quero ser, não estou condicionada ao que os outros pensam. Além disso, estou ligada à minha crença em Deus, que me faz ser livre, independente de todos, que me torna convicta; e é essa certeza que me faz ser alegre, ser a Viviane que eu sempre sou, espontânea, feliz … É essa a Viviane que agrada a Deus!

E você amiga, está a ser espontânea?

Está a esvaziar-se de si mesma para Deus?

Porque pode ser uma pessoa que está só à espera que as coisas aconteçam e, enquanto isso, não expõe para Deus.

Vou fazer 23 anos de casada e já estou com Jesus há cerca de 25 anos e nestes, amiga internauta, a minha oração e comunicação com Deus é TUDO!

Então, eu não perco tempo quando vou à igreja, porque participo, falo com Deus de forma a expor tudo. Não para que os outros ouçam, pois não vou sentir-me à vontade ao fazê-lo, mas converso com Deus de forma a ouvir-me, então, sento-me ou ajoelho-me e falo. Eu tenho de ser original, em casa e em qualquer momento que me dirijo a Deus, vou ser sempre real … É o que também deve fazer, internauta. Tem de se valorizar, seja o que é, transparente e diga o que tem a dizer.

Esta ligação com Deus fará com que tenha força, que aconteça o mesmo quando me diz:

“Viviane você é tão forte!” Porque é este tipo de relação, crença e desabafo que me permite ter o que tenho com Deus, que me faz ser quem eu sou, feliz e não frustrada.

Um grande abraço querida amiga internauta e deixe aqui o seu comentário!

Escute o áudio, chame as pessoas que estão ao seu redor, partilhe nas suas redes sociais e vamos envolver outros que precisam.

E quando comentar seja transparente, isto é, passe para os outros o que está a acontecer consigo, o que Deus está a criar dentro de si para que outros possam também desfrutar do mesmo benefício.

Até à próxima semana!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

288 Comments

  1. Bom dia, Dn. Viviane. Esse post me ajudou muito, a me entender. Tive uma criação muito difícil, pois não tinha o livre arbítrio de me expressar, os da minha casa não me deixavam falar e quando raramente eu falava as pessoas me interpretavam mal, e daí ao invés de expor o que me deixava triste ou feliz eu chorava, ou então escrevia em um papel e queimava ou guardava. E cresci assim, nunca fui de me expressar, de falar o que me incomodava e com o passar do tempo acabei aceitando as coisas. E até pra falar com Deus eu pensava que estava sendo sincera, mais sempre chorava, ao invés de jogar pra fora a sujeira… Porém já fazia um tempo que toda vez que eu orava parecia que ainda tinha algo dentro de mim…. E sempre esperando em Deus de me vê, de vê o que eu estava passando e Ele fazer alguma coisa. Mais graças a Deus eu tive a oportunidade de ler essa mensagem, era algo tão simples mais que fazia uma barreira enorme entre eu e Deus. E através dessa mensagem eu entendi o que é ser sincera para Deus. Eu sempre acompanho o seu blog, e louvo a Deus, por Ele lhe usar de maneira que fica tão fácil da gente entende o que é ser de Deus.

    Ver mais
  2. Isso é uma grande verdade, é o que estava precisando ouvi ,gostei muito ?agora vou mudar minha forma de falar com Deus …

    Ver mais
  3. Muito forte dona Viviane, esse áudio abriu meus olhos a respeito do que é uma verdadeira oração transparente, devemos falar com Deus com sinceridade essa é a diferença !!

    Ver mais
  4. Esse áudio, me ajudou muito .

    Ver mais
1 46 47 48