Silvia Alvarenga

  • 15
  • Jun
  • 2010

As Aventuras do Coraçao

  • 15
  • Jun
  • 2010

De repente seu coração começa a bater: vem o frio, depois o calor, e quando ele te responde com um olhar, seus impulsos te pressionam para que você atue mais rápido. Daí nasce uma idéia, e o que levaria a anos para acontecer, leva apenas segundos.
O coração foi feito apenas para viver de emoção, e a emoção não aceita se curvar para a consciência, o que traz consequências. Não! Ele quer sentir algo que não é comum. Quer novidades, e se encher de aventuras.
E quando o coração é atacado, ou ferido! Normalmente é quando quem está envolvido te decepcionou, magoou ou traiu.

E quando não é amado, de onde vem aquela paixão invasora?
Nós somos pegos de surpresa  a qualquer instante, seja por uma situação ou por outra. Sempre temos a sensação que temos o controle. Agimos de uma maneira, que na maioria das vezes não traz a solução. Aí vem a frustração e o desespero. Aquela ansiedade por solucionar e que não traz nenhuma resposta.
Por quê? Por que certas situações não tem solução?
Porque quem vive baseado em seus sentimentos, realmente não tem como se salvar. Os sentimentos não têm capacidade de lutar contra eles mesmos. Somente a consciência é capaz de medir o que estamos sentindo. Somente ela pode-nos fazer enxergar e avaliar as conseqüências das decisões que tomaremos.
Normalmente não se controla os sentimentos, porque ele é imbuído de uma ansiedade. Não traz nenhuma tranquilidade, porém apenas uma aventura é a “resposta imediata”.
Não é assim que surge aquela mágoa? E o ódio?

Assim também surge a paixão, que tira a sua paz e tira seus princípios.
Não é assim também que vem o orgulho, para mostrar-se como uma resposta imediata àquilo que quero impor?
Não é assim quando você é atraída pelos vícios, mesmo sabendo que não somará nada em sua vida?
Mas o prazer de uma aventura maior, esmaga aquela voz que diz: Não faça isso!
Quantas vezes esses sentimentos nos traíram e nos deixaram na mão? Várias vezes! E somente depois do sofrimento que podemos refletir, avaliar o quão agredidos fomos psicologicamente, por deixar-nos ser levados pela força do coração.
— O coração foge do problema, porque ele é muito sensível para lutar — 

Ele não quer resolver o problema, ele quer dar um jeitinho para ser atendido e deleitar-se na ilusão. Não quer que tomemos coragem, e enfrentemos o problema.
O coração engana, para isso minha amiga leitora, não se deixe influenciar por ele. Pense, avalie se a “certeza” que tens, não está sendo traída pelas suas emoções.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

27 Comments

  1. Eu estou cansada de mentir para mim mesma e agora decidi o que vou fazer agora vou mostrar que eu estou gostando dele todas as vezes que eu penso eu lembro dele as vezes choro por ter vergonha de esta amando mais eu vou seguir o meu coração não vou deixar no sonho ou na ilusão e mesmo que eu não possa mais vê-lo ou falar com ele eu saberei que eu estou fazendo a coisa certa pois eu estou agindo com o coração eu vou . Eu vou acreditar e agora não vou desistir pois um ano e dois meses que eu gosto dele e ………
    E agora se deus quiser…………

    Ver mais
  2. E verdade o coração so nos trazem muitas ciladas e se ñ vigiamos caimos nela…
    na fé

    Ver mais
  3. Eu tenho passado por uma fase na minha vida em que reconheço que só o Espírito Santo mesmo para eu não estar fazendo tais coisas que no passado eu com certeza absoluta eu já teria feito.
    Sempre fui muito ansiosa, e quando se tratava de vida sentimental eu não esperava nem duas vezes em fazer o que achava que deveria ser feito.
    Hoje percebo que o diabo tenta usar as mesmas artimanhas do passado para que eu venha desviar meu foco, colocando pessoas do passado, usando as pessoas para que venha minar minha fé, etc.
    Cada vez que leio tópicos deste tipo, só tenho a aprender e pôr em prática os meus objetivos.

    Ver mais
1 3 4 5