Agrado

Viviane Freitas

  • 2
  • Mai
  • 2011

Agrado

  • 2
  • Mai
  • 2011

Você já fez as coisas para agradar alguém? Já se perguntou por quê?

Qual é a sua intenção por detrás disso? E quanto tempo vai disfarçar esse seu jeito? Como assim? Agradar alguém não é bom? Qual é o mal nisso?

Existe mal sim, porque normalmente esse “agrado” é algo artificial, é como se colocasse uma máscara, e se apresentasse de um jeito, mas na realidade é de outro.

Quando agradamos as pessoas, “compramos” a elas, por alguma obrigação ou intenção. Mas quando é natural, o que acontece? Você não faz para agradar, e sim porque está dentro de você, o dar e o entregar. A sinceridade requer muito mais de dentro, em ser algo vivo, que bombeie, mas do que uma aparência.

É verdade! Quantas vezes enganamos a nós mesmas por simplesmente ter esse “espírito de caridade”, mas não como oferta e entrega. E é super interessante que tudo que fazemos artificialmente, não dura para sempre. Apenas dura por certo tempo, pois a máscara incomoda.

Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. João 1:13

O “dar” não nasce da força que faz o ser humano para mudar, impondo ou conquistando algo pessoal, mas para agradar a Deus. Que quer dizer: sinceridade!

Porque ela quer a verdade morando dentro dela. Ela quer algo real e aceitável, a DEUS e não ao homem.

Então amiga, esteja mais ciente do que você apresenta – se é natural ou artificial!

A sua escolha lhe dirá se é a verdade que você preza, ou a mentira. Isso dará a chave, o acesso ou para o Espírito Santo, ou para o espírito enganador.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

31 Comments

  1. Esse poster é muito forte! Realmente, se não estamos sendo sincera, com uma boa intenção, também não estaremos agradando a Deus. E não chegará a Ele como uma oferta agradável. Vã será ”todo o esforço” se ele não vir acompanhado de sinceridade!

    Ver mais
1 4 5 6