A vida de Jacó – 4º dia

Viviane Freitas

  • 28
  • Jun
  • 2013

A vida de Jacó – 4º dia

  • 28
  • Jun
  • 2013

Olá a todos, hoje é o 4º Dia que estamos a falar sobre a vida de Jacó.

“Ele foi, tomou-os e os trouxe a sua mãe, que fez uma saborosa comida, como o pai dele apreciava.
Depois, tomou Rebeca a melhor roupa de Esaú, seu filho mais velho, roupa que tinha consigo em casa, e vestiu a Jacó, seu filho mais novo. Com a pele dos cabritos cobriu-lhe as mãos e a lisura do pescoço.”
(Gn.27:14-16)

4º Dia – O caráter injusto de Rebeca e Jacó

Quem levou os cabritos até à sua mãe? Jacó! Justamente conforme lhe havia sido orientado, e que representaria um suposto sacrifício. Após tê-lo feito, Jacó foi vestido com a melhor roupa do seu irmão. Ora, se Isaque era cego, qual o significado da melhor roupa? Rebeca tinha consciência que aquilo que apresentassem a Isaque, deveria ser da melhor qualidade: A melhor comida, a melhor roupa, esquecendo-se, contudo, da parte fundamental: A justiça.

O que agrada a Deus é o justo, e não o injusto, e ela estava, à sua maneira, tratando de tudo para que Jacó possuísse a bênção de Isaque. Apresentando tudo da melhor forma, porém, enganosamente.

Quero enfatizar, que o sacrifício pode ser a melhor roupa, a melhor comida, algo que, para si, até tenha qualidade, mas se estiver a enganar, está a apresentar aquilo que é injusto, pois o justo de Deus vive pela fé!

E quando se vive pela fé, engana-se? Dá-se o seu “jeito”? É-se injusto?
NÃO! De forma alguma!

Muitos deixam a desejar, precisamente porque fazem algo injusto, que, mesmo tendo a aparência de perfeito, falha no seu caráter.

E isto para Deus é abominável! Ele não aceita, não responde, e não realiza de forma completa, porque se está apenas a apresentar a parte física.

Era o que Rebeca e Jacó estavam a fazer, cobrindo as mãos com pele de cabritos, para fingir que era Esaú. Que coisa terrível!

Mas sobre o sacrifício, e o que apresentar, abordaremos amanhã.
Hoje, quero deixar clara a consciência que a pessoa tem sobre o sacrifício e o ignorar a parte fundamental, que é o caráter.

Até amanhã.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

174 Comments

  1. Olá!D.Viviane .Hoje eu entende que não adianta damos o melhor sem justiça.
    Vamos está enganando a nós mesmo e não a Deus.O nosso sacrifício também expressa o nosso caráter .

    Ver mais
  2. Olá Dona Viviane,
    Sempre li a historia de Isaque e Rebeca, mas nunca percebi o caracter injusto de Rebeca e como influenciou a Jacó.
    Estamos nas vésperas da campanha de Israel estes audios têm sido para mim muito úteis para meditar sobre o sacrifício que agrada a Deus.

    Bjinhos 🙂

    Ver mais
  3. Boa noite minha amiga Viviane, as explicações de hoje foram muito claras , temos que viver na verdade , sacrificar o nosso próprio eu , e ser justos, para que possamos receber de Deus a grande bênção.

    Ver mais
  4. Boa tarde dona Viviane, Muito profundo o sacrifício vai muito além do que imaginei.

    Ver mais
  5. Boa tarde Dona Viviane.Estou á pouco na igreja.Que Deus abençoe para que possa a cada dia acompanhá-la no seu blogue.É uma benção não só ler,como o mais importante meditar na palavra do Nosso Deus.

    Ver mais
1 27 28 29