A Grande Lição

Silvia Alvarenga

  • 7
  • Dez
  • 2009

A Grande Lição

  • 7
  • Dez
  • 2009

A situação daquelas mulheres marcou-me!

Fiquei pensando na minha própria vida, e quão egoísta era. Estava constantemente ajudando algumas pessoas, mas não como deveria. Eu aprendi várias lições indo até elas.

Enquanto estamos ocupados com algumas coisas, que outros podem fazer, perdemos tempo! Podemos ajudar aqueles que não tiveram a oportunidade de ouvir ou até mesmo de reconhecer que existem pessoas que se importam com elas.

No caso dessas meninas de programa, quem vai até elas? Quem vai arriscar a vida, para falar de esperança? Será que realmente nós queremos salvar, ou queremos benefícios, para que os demais vejam?

Nenhum dos meus familiares sabia o que estava fazendo, até que um dia meu pai, que quase nunca liga, ligou-me e perguntou-me onde eu estava. Eu disse, toda feliz, que havia chegado neste local para conversar com elas.
Meu pai ficou surpreso, pediu-me que não entrasse e nem falasse porque estaria colocando a minha vida em risco, pois ele tinha conhecimento de que na Espanha existem muitas máfias de tráfico de mulheres.

Na verdade, nem eu e nem a minha amiga Patrícia sabíamos o quanto era perigoso e, por obediência, ficámos no carro esperando, enquanto o rapaz distribuía as cartas que tínhamos preparado.

Na realidade, não aceitei ouvir aquilo, pois as experiências pessoais que estava tendo eram maravilhosas.

  • Aprendi a vencer o medo, mesmo correndo risco de vida.
  • Aprendi a falar, mesmo quando não venham palavras na minha cabeça.
  • Aprendi a pensar mais nas pessoas que estão no “lado avesso da vida” e ver o quanto precisam da nossa atenção.
  • Aprendi a dar a vida em prol de pessoas que não tem nada.
  • Aprendi que enquanto outros estão se esforçando por um lado, existem outros que não recebem nenhuma atenção e acompanhamento.
  • Aprendi a arriscar, por um desejo de ajudar aquelas que são discriminadas pela sociedade.

Conto mais no próximo blog.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

13 Comments

  1. Obrigada, mais uma vez, dona Vivi! Estava sem jeito de convidar uns meninos do tráfico para a igreja: Tem o grupo de esportes e eles amam futebol, é uma oportunidade de salvá-los. Apesar de toda a euforia deles, dá para ver a tristeza em seus olhos. O pedido de socorro! Combinei com meu líder de grupo para virmos convidá-los. Tomara que dê certo, e EM O NOME DE JESUS dará.

    Ver mais
1 2 3