81º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 24
  • Abr
  • 2017

81º Dia | Ser O Testemunho

  • 24
  • Abr
  • 2017

24 de Abril | Segunda | João 17.22-23

E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas, é um prazer estar aqui e principalmente ouvindo a voz de Deus.

Eu estou aqui sorrindo, muito alegre, muito feliz pela Palavra de Deus.

Acompanhe comigo no livro de João 17:22-23

“E eu dei-lhes a glória que para mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.”

Vou explicar pedacinho por pedacinho para você:

Normalmente, eu leio e paro nas vírgulas que chamaram a minha atenção…

“E eu dei-lhes a glória que a mim me deste…”
Que glória é essa que Jesus deu àqueles a quem o Pai Lhe havia entregado?
Lembra-se que o significado da glória é honra, é aquela fama que se alcança pelas virtudes, pelas qualidades, aquele excesso de grandeza, de magnitude, de beleza…

Como é que Jesus deu a glória para aqueles que Deus Lhe deu?

A glória de você ter virtudes, por conta da obediência da prática à Palavra de Deus!

Você que tem acompanhado aqui o blog, passámos pela fase do capitulo 11/12, que fala sobre Lázaro, da sua ressurreição, e veja que essa glória aconteceu na vida de Maria, quando diz: “…a glória que a mim me deste…”, veja que Deus Pai deu ao Senhor Jesus essa glória, e a glória não era “eu sou esposa do bispo”, isso não é glória, “eu sou a filha do bispo Macedo”, isso também não é glória, “eu estou aqui no Brasil”, também não é a minha glória, “as pessoas amam o meu blog”, não é a minha glória…

A glória que Deus Pai quer dar, a mim e a você, é aquela que se constrói no nosso interior, aquelas virtudes que passam a existir dentro de nós e que transformam, que trazem essa paz, essa alegria, e alegria ainda é muito pequena para referir, mas que trás esse gozo, esse regozijo na minha alma, muda a minha cabeça, muda aquele génio que só me trazia desgosto, decepção, vergonha, tristeza, inferno, enfim… Deus muda isso para paz, alegria, regozijo, certeza, segurança. Essa é a glória!!

Quando se fala de glória, é relacionado a algo extremamente grandioso dentro de nós; o Senhor Jesus passou essa glória a quem Deus Pai lhe deu, e Ele diz: “…para que sejam um…” Ah! Então essa alegria, esse trabalho, essa Obra de Deus dentro de mim, que vai acontecendo, esse exercício da fé, com a vigilância, com aquele temor em você estar atenta, isso vai-nos fazer ficar “um com o meu Pai ”, à semelhança do Senhor Jesus: “…como nós somos um…”.

Veja, vou repetir: Não aprendemos a ser “um com Deus “, simplesmente pelo poder de Deus através da cura, pela resposta, como: “eu tenho agora a minha empresa”, mas por aquilo que está acontecendo dentro de mim, pela obediência, principalmente pela necessidade da nossa alma. Nós vamos nos aproximando, nos fazendo “um com Deus”, quando nós repararmos as nossas falhas, aí nós passamos a ficar mais atentos, o quanto nós dependemos Dele e temos que estar continuamente exercendo a fé.

“Eu neles, e tu em mim…”

Veja que Jesus não larga o Pai; mesmo que nós estejamos com Jesus, Ele não deixa de ter necessidade do Pai. Não poderia Jesus Se achar suficiente porque tem a nós, que nos sujeitamos a Ele, que obedecemos e nos submetemos? Não seria isso um refúgio? Jesus não estaria sozinho, é ou não é verdade?

Mas para o Senhor Jesus, isso não é a glória Dele, pois a Sua glória é aquilo que está vivendo com o Pai, essa alegria!
Jesus não larga o Pai e nem o Pai larga o Filho, tal é a ligação entre os dois.

Veja o que é ser “um com Ele”, “para que que Eles sejam perfeitos em unidade…”.

Entenda como é importante que nós sejamos perfeitos, cada um de nós, quer dizer, que nos aperfeiçoemos; como é importante estarmos exercitando a fé.
Para nos aperfeiçoarmos, temos que estar exercitando, e não basta o exercício de fé que eu pratiquei ontem, mas tem de ser hoje e amanhã! E assim continuamente… Para que nós sejamos perfeitos em unidade, nós precisamos ser “um com Ele”.

“E para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim…”

Repare que por mais perfeito que Ele seja, por mais que Ele seja Filho de Deus, pois Ele era o único na altura, está pedindo ao Pai, está intercedendo, está rogando, e veja que nem o Pai convence o mundo e não usa do seu poder de Deus, para convencer o mundo que Jesus foi enviado por Ele.

Olhe só! Repare que exige até mesmo do Senhor Jesus, um exercício de fé.

O exercício de fé demanda de mim uma transparência, uma comunicação entre mim e Deus, uma defesa daquilo que eu quero, não da minha vontade, mas daquilo que eu quero para agradar a Deus; uma fé que demanda sacrifício.
Até mesmo Jesus teve que exercitar a fé: Ele está implorando, está intercedendo por nós para que sejamos “um”, para que sejamos perfeitos em unidade, quer dizer, para que cada um, individualmente, seja perfeito. Não é que vamos ser “perfeitos”, mas só podemos nos aperfeiçoar com o exercício de fé.

Veja que Deus não facilita o problema para Deus, repare que Jesus está intercedendo para que o mundo saiba que Ele foi enviado por Deus, veja o processo, a luta, a intercessão do Senhor Jesus, o pedido, o sacrifício que Ele tem que fazer, Se santificando para que nós venhamos a nos santificar!!

Minha amiga internauta, tem um preço, que até mesmo o Senhor Jesus teve que pagar quando Ele esteve aqui entre nós!

“E que os tens amado a eles como me tens amado a mim.”

O mundo tem que ver e reconhecer que realmente somos amados por Deus, e porquê?

Porque eles têm que ver na nossa vida algo magnífico, algo que é impossível acontecer no meio de uma geração perversa, pervertida, como: Aonde não existe amor, ver você amando, tendo um casamento feliz, prosperando, mudando dentro de você, etc.
O principal é isso: Você ter vida, e a sua vida fazer as pessoas raciocinarem: “Que vida é esta que estou levando? Que Deus é esse que eu creio? Olha a vida dessa mulher!”

Quer dizer, a minha vida tem que mostrar a outras pessoas como eu sou amado do meu Pai. Há uma diferença, minha amiga internauta! Pense sobre isso.

Eu estava até há pouco tempo falando com uma pessoa, daquilo que Deus tem feito na minha vida; eu estava dando testemunho da fé, e disse-lhe: Quando eu fui no Altar e dei o meu futuro, eu tirei o chão da minha vida, e não era simplesmente um mês de trabalho, eu dei o meu futuro por inteiro, coloquei ali no Altar!
Quando eu disse para Deus: “Olha Deus, eu não vou pedir mais para ter um filho, eu vou Te servir no altar.” E eu entreguei aquela necessidade, as saudades dos meus filhos… eu via outras m?es tendo os seus filhos, cuidando deles, tudo direitinho, quanto eu não tinha, mas dizia: “Não tem problema, eu vou-Te servir no Altar, eu sei quem é o Senhor, eu considero o Senhor, eu creio no Senhor e eu vou tirar o meu sustento daqui do Altar, eu vou viver para o Senhor, ainda que eu viva internamente triste, por conta de não ter os meus filhos de volta, não vou satisfazer os meus desejos,vou-Te servir no Altar!”

Eu coloquei ali o meu mundo, o meu tudo, o meu futuro! E Deus me honrou, trouxe os meus filhos, em pouco tempo eles se libertaram, se batizaram nas águas e até foram batizados com o Espirito Santo.
Eu vejo tantas pessoas na igreja, e de repente você é uma, minha amiga internauta, talvez você tem até familiares, e diz assim: “Poxa vida, eu faço isso, eu faço aquilo, eu estou há anos na igreja, etc…” Sabe porquê? Porque você não tem tirado o seu sustento do altar, não têm vivido, não tem colocado o seu futuro nas mãos de Deus, não têm dado prioridade Ele, mas depende das circunstâncias para você O glorificar!
Quando eu disse: “Eu não vou depender das circunstâncias para glorificar o teu nome, não! Eu vou-Te servir!”, sabe o que aconteceu? Deus trouxe os meus filhos, e eu fui poupada de tantos sofrimentos que eu ía viver, em relação aos meus filhos, até à conversão deles, você sabia ?

Deus me poupou, Deus trouxe-mos no momento em que eles já estavam insatisfeitos com o mundo, e eles quando vieram para a igreja se renderam, participaram, se entregaram, tanto ele, quanto ela. E eu vi Deus aqui, minha amiga internauta! Eu vi a resposta de Deus! Vi Deus honrando, não porque eu mereço ou porque eu fui perfeita, não! Mas porque eu tive de colocar a minha vida no Altar e deixar o Altar sustentar-me, e assim foi, eu deixei de ficar nutrindo e deixando de pensar nas minhas necessidades para olhar para o Altar, para servir a Ele e Ele me serviu, minha amiga internauta, Ele me serviu! Os meus filhos estão hoje servindo a Deus, e sabe de uma coisa? Eu vejo Deus no caráter deles. Eu vejo Deus! Vejo coisas que há anos tantas pessoas não entendem, eles começam a entender; eles não são perfeitos, não! Eu chamo a atenção dos dois, mas eu vejo Deus cuidando, eles se sujeitam, se submetem, reconhecem… Sabe o que é que eu vejo? Deus!!

Minha amiga internauta, eu gravei várias várias vezes a minha filha buscando e o meu filho; eu abria os olhos e gravava aquela cena, e sabe o que estava gravando? Estava gravando a glória de Deus! Eu não estava gravando a minha glória não, o que eu via era a glória de Deus, Ele sendo glorificado ali.

Eu estou intensamente aqui no blog, todos os dias, de segunda a sexta-feira, e Deus sabe o sacrifício que é colocar aqui todos os dias um áudio para você, minha amiga; Deus sabe o sacrifício que isso requer da minha parte, e Deus está vendo!
E saber que Ele faz? Ele honra aqueles que O honram!

Minha amiga internauta, não seja “boba”, não se renda ao seu “prato de lentilhas”, não olhe para as lentilhas que estão faltando agora, mas para a benção que Ele quer lhe dar; Deus quer lhe dar uma coisa muito maior do que você quer, e Ele vai trazer para você algo que a surpreenda, como Ele me surpreendeu!
E eu estou falando acerca da fé que Ele refere, da glória que Ele fala, ou seja, dessa unidade, de ser “um com Ele”.

Minha amiga internauta, Ele quer fazer algo glorioso na sua vida, mas você tem que permitir que isso aconteça na sua vida!!

As minhas palavras são limitadas, mas o Espírito que está dentro de mim é que vai entrar em você agora e vai falar consigo…

Amanhã nós daremos continuidade e o Espírito Santo, o mesmo que está falando comigo, é que vai “perseguir” você, minha amiga internauta; você vai ouvir a voz Dele!

Pode estar noutro lugar do mundo, vão passar-se dias, meses, mas vai ouvir essa voz dentro do seu ser, esse Espírito que falou comigo é o que vai falar consigo, cuidar de si; vai ouvir o Espírito Santo falar consigo o que eu falei aqui, agora, porque não são minhas palavras, mas é o Espírito Dele que passa para você aí, agora!

Um grande abraço para você e participe aqui, pois aguardarei o seu comentário.

Série: Ser o Testemunho

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

36 Comments

  1. Muchas gracias sra…este audio nos ayuda mucho justo en la campaña de la hoguera santa para ser uno con Dios como agradarle y honrarlo…gracias a Dios por todo lo que aprendemos ??

    Ver mais
  2. Muito forte, Deus tem que refletir em nós, devemos transmitir o amor, a compaixão e a misericórdia que Deus teve para conosco para as pessoas do mundo, para que assim elas conheçam quem realmente Deus é, esse é dever de todo servo.

    Ver mais
  3. Gracias maravilloso mensaje

    Ver mais
  4. Bom dia, estou aprendendo muito com essas meditações dia a dia, vai de encontro com as necessidades da nossa alma.

    Ver mais
  5. Dona Viviane, tenho aprendido algo que tem me ajudado muito em seus posts e nesse a senhora falou novamente que a fé devemos usar todo dia. É diario o exercicio dela. E gracas a Deus no meu dia a dia quando me encontro nos momentos diversos e situacoes difíceis tenho percebido que me lembro disso e procuro pedir a Deus em pensamento mesmo muitas das vezes para que me oriente no que fazer e como agir no momento e isso tem me ajudado a vigiar e estar mais atenta sabendo que todo instante tenho que estar com minha fé em mãos para usar. Outra coisa que me chamou muito atenção foi quando a senhora falou sobre o altar. Me esclareceu bastante quando a senhora falou sobre entregar no altar os filhos e nossos desejos sobre eles e servir a Deus tirando do altar o nosso sustento. Esse testemunho da senhora me encheu de fé porque certamente quando confiamos em Deus e a Deus toda a nossa vida Ele nos honra e Ele ainda mostra o quanto Ele cuida o tempo todo de tudo pra aqueles que Nele confiam.

    Ver mais
  6. Dona Viviane, tenho aprendido algo que tem me ajudado muito em seus posts e nesse a senhora falou novamente que a fé devemos usar todo dia. É diario o exercicio dela. E gracas a Deus no meu dia a dia quando me encontro nos momentos diversos e situacoes ate meamo sutiã tenho percebido que me lembro disso e procuro pedir a Deus em pensamento mesmo muitas das vezes para que me oriente no que fazer e como agir no momento e isso tem me ajudado a vigiar e estar mais atenta sabendo que todo instante tenho que estar com minha fé em mãos para usar. Outra coisa que me chamou muito atenção foi quando a senhora falou sobre o altar. Me esclareceu bastante quando a senhora falou sobre entregar no altar os filhos e nossos desejos sobre eles e servir a Deus tirando do altar o nosso sustento. Esse testemunho da senhora me encheu de fé porque certamente quando confiamos em Deus é a Deus toda a nossa vida Ele nos honra e Ele ainda mostra o quanto Ele cuida o tempo todo de tudo pra aqueles que Nele confiam.

    Ver mais
1 4 5 6