17º – Entregar o quê?

Viviane Freitas

  • 21
  • Jun
  • 2016

17º – Entregar o quê?

  • 21
  • Jun
  • 2016

17º dia – 21 de Junho | Terça | Mateus 3:5-6

Então ia ter com ele Jerusalém, e toda a Judéia, e toda a província adjacente ao Jordão; e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

280 comentários

  1. Quando a pessoa ouve a voz de Deus no deserto ela tem experiências com Ele e a maior experiência é o batismo com o Espirito Santo.

    Da mesma forma que quando ela ouve a voz de Deus, não fica indiferente e toma realmente uma atitude. Por isso é que quando eu estou definida em resolver o meu problema, eu saio do meu lugar e não tenho medo de deixar nada para trás!!

    “Quanto mais eu admito o meu erro, mais livre e segura eu me torno.” Me abençoou muito!!

    Ver mais
  2. Confessar é algo que muitas situações, e preciso para que aconteça uma limpeza e em seguida Deus faça a sua obra

    Ver mais
  3. É verdade, antes eu guardava tudo para mim e me sentia presa aquilo que se passava comigo. Desde o dia que eu decidi falar sobre meus erros minhas falhas quando o faço fico mais leve e isso me ajudou e facilitou em eu me explorar mais e me descobrir.

    Ver mais
  4. Quando vc decide entregar sua vida e decide se batizar seus pecado e passado não faz mais parte da sua vida então ao confessar vc fica leve.

    Ver mais
  5. Nos não podemos esperar que a solução dos nossos problemas caia do céu ou que ela venha ao nosso encontro nós é que temos que estar dispostos a fazer o que for necessário para encontra-la, ir onde temos de ir , fazer o que tem que ser feito para o alcançar mesmo que isso exige de nós sacrifício.

    Ver mais
  6. Olá dona Vivi, olhe muito forte o que eu pensei, quando eu me arrependo eu mudo, e tomo atitudes que me fazem ir contra o meu antigo proceder. Quando eu quero e decido mudar e logo logo eu tomo decisões contrárias.
    Quando o povo assumia o seu erro e queriam mudar eles ouviam o que João pregava e criam naquela palavra. Eles assumiam o seu erro. E isso acabava por ter como consequência uma mudança neles, uma certa revolta, e o resultado era agir diferente.
    Isso é assim para comigo, quando eu reconheço o meu erro, eu peço ajuda, eu busco uma solução, eu vou atrás.
    Eu faço por onde.
    Muitos beijinhos e abraços! Na fé!

    Ver mais
1 43 44 45 46