13º Dia – Fé e Consciência

Viviane Freitas

  • 10
  • Fev
  • 2015

13º Dia – Fé e Consciência

  • 10
  • Fev
  • 2015

Olá a todos os internautas. Estamos em pleno Jejum dos 21 Dias. E hoje já é o 13ºDia.

Vamos abordar o tema: “Fé e Consciência”

“Fitando Paulo os olhos no Sinédrio, disse: Varões, irmãos, tenho andado diante de Deus com toda a boa consciência até ao dia de hoje.” (Atos 23:1)

Só leio este trecho, mas se você quiser ler o capítulo, vai conferir que Paulo era usado por Deus; estava forte, seguro, definido, sem temor do mal, por causa da sua boa consciência. E isto é muito importante, porque talvez esteja na Igreja, a fazer o Jejum, mas há uma consciência pesada por algo que nunca confessou, que tem escondido dos seus responsáveis. Por exemplo, eu tenho que dar satisfações do meu caráter aos meus responsáveis, como ao meu marido, ao meu pai, que têm uma responsabilidade que está acima de mim. E se eu escondo alguma coisa, certamente a minha consciência vai estar pesada, como é óbvio, e não terei força para agir a fé.

Muitas pessoas falam com Deus, repetem as suas orações, dizem muitas vezes: “Perdoa-me, perdoa-me…”, mas diante das pessoas a quem deve dar satisfações, como ao seu pastor – se é uma obreira – ou mesmo sendo uma esposa de pastor, temem assumir o que aconteceu há anos atrás ou aquilo que torna a sua consciência pesada. Como terão forças para adorar a Deus se vivem na dúvida, reflexo de uma consciência pesada?

Ainda que pense: “Mas eu já pedi perdão a Deus… e quando o fazemos, nos livramos do pecado. Não é o que diz a Bíblia?!”. Sim, mas há certas coisas que não são curadas. Como assim? Se você fala para Deus, que é invisível, e não o assume diante dos seus responsáveis, fica a aparência de que você é digna de ter aquela condição e responsabilidade no seu trabalho, na Obra de Deus, ou onde quer que seja… não honra a Deus! Fala de fidelidade e é infiel; fala de perdão e guarda mágoa; fala de um bom coração e olha com maus olhos os seus responsaveis e é maliciosa para com os demais. Desta forma, como a sua consciência estará tranquila em pleno Jejum, levantando-se de madrugada, orando a Deus, indo à Igreja talvez todos os dias?! Sabe o que lhe falta? Assumir a sua condição e honrar a sua palavra para Deus. Pedir perdão a Deus, mas igualmente assumir a sua condição diante dos Homens. Desta forma a sua consciência também está tranquila perante os seus responsáveis, não iludindo ninguém e mostrando assim que é uma pessoa de palavra.

Quando a pessoa é de palavra tem esta boa consciência, e assim é forte, definida, tem confiança, consegue usar a sua fé pura porque não há malícia, não há peso…

É momento de assumir a sua condição, amiga internauta, e não fuja, como temos falado. Não seja como a onda do mar, que vai e vem, baseada numa fé emotiva.

Olhe para as suas atitudes, quando diz: “Eu vou fazer…”, mas no momento da verdade mostra-se covarde para praticar, para dizer e assumir a sua crença em Deus. Então, a sua busca a Deus revela-se uma mentira! Desculpe amiga internauta… mas esta é a realidade. Quando diz para Deus que O ama, é mentira! Você não ama quando não assume a sua condição.

Faz jejum, deixa de comer, ora e busca a Deus de madrugada, vai à Igreja, faz a sua parte, mas a parte religiosa, pois não há atitude perante aquilo que professa.

Seja racional! Use a fé inteligente que não ilude ninguém, mas resolve o que tem que resolver: “Eu enganei, então agora vou falar a verdade; eu sou egoísta, então vou deixar de o ser; sou orgulhosa, então deixarei de agir desta forma; eu escondi, então agora vou revelar!”. Esta é uma fé que a justifica, e é assim que agrada a Deus.

Então, amiga internauta, use a sua boa consciência, para que a sua busca ao Espírito Santo seja verdadeira. E assim nunca vai chamar o espírito enganador, porque o diabo entra na pessoa para falar em línguas de forma diabólica, justamente porque ela foi mentirosa e não tem uma boa consciência.

Use a boa consciência, pois é esta que lhe dá força, segurança e tranquilidade.

Um grande abraço! Deixe aqui o seu comentário.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

179 comentários

  1. Concordo plenamente com a pessoa deixar de viver uma vida religiosa e viver uma vida de verdade e sem aparências, tirar a máscara de ser uma dentro da igreja e outra no mundo. Vergonha na cara mandou lembranças e avisou que autenticidade é tudo! Também Concordo que há erros que devem ser revelados ao esposo, como uma traição por exemplo e se ficamos chateado com alguma pessoa, independente de ser cristã ou não devemos sempre procurar a pessoa e conversar, explicar o ponto de vista e ser sinceros; acontece que muitas pessoas não fazem isso e a outra parte, a parte “ofensora” às vezes nem sabe que ofendeu, então devemos sempre procurar resolver tudo no diálogo, isso é atitude de pessoas civilizadas. Agora sobre procurar o pastor ou obreiros para falar, eu infelizmente, e digo infelizmente, não concordo! Não concordo pois, vida com Deus é algo muito íntimo e pessoal e não se tem como afirmar nunca com 100% de certeza se o pastor ou obreiro está bem com Deus e se irá ouvir de forma imparcial e sem julgar ou até levar seus casos para outras pessoas. E já peço que não julguem meu comentário, pois estou sendo bem sincera aqui. Acredito que quase ninguém tenha essa coragem de falar coisas íntimas da sua vida e que envergonham até em algum aspectos para pessoas estranhas. Eu não tenho essa coragem!
    Frequento a igreja e sei que há o joio no meio do trigo. Não estou aqui querendo desencorajar ninguém, estou apenas dando a minha opinião. Sei que a Sra Viviane deu essa orientação com a melhor das intenções, só não sei se ela sabe que existem pessoas como eu que não se sentem confortáveis em confessar coisas íntimas de sua vida.

    Ver mais
  2. Falar a verdade nunca é fácil, é preciso coragem, mas parte da minha humilde e quando acontecer algo assumir a minha posição e a minha posição o meu estado, nunca ter medo de ser criticada , mas ver cada desabafo como uma oportunidade de mudar.

    Ver mais
  3. O diabo sempre fala que nao tem nada para contar ,mas tem.e é quando temos força para faze-lo que vemos a importancia da boa consiencia.porque nao exist mais duvidas depois

    Ver mais
  4. Obrigada (; Vou fazer assim como ensinou , eu fiz uma coisa que sempre guardei em segredo e não revelei para meus responsaveis, mais sempre isso vem a tona e não falo , por medo, mais tomei corage e vou falar pois vou mim liberta disso , mesmo que ja faz tanto tempo e mim doua…

    Ver mais
1 26 27 28