Um amor capaz de calar a própria dor, este é o amor de mãe!

Josiane Boccoli

  • 6
  • Nov
  • 2015

Um amor capaz de calar a própria dor, este é o amor de mãe!

  • 6
  • Nov
  • 2015

Já ouvi dizer que uma mãe tem vários corações, pois se tivesse somente um, não conseguiria deixar de sentir certas emoções.

Porém, após enfrentar um dia onde tive que, através dos meus olhos, enxergar uma tragédia, e ao mesmo tempo sorrir para o meu filho não se desesperar ainda mais, digo-lhe que isso vai muito mais além!

Sabia que se eu chorasse, ele choraria ainda mais, então, sacrifiquei o meu desespero e dor, fazendo como se nada estivesse acontecendo, para que o Gabi pudesse deixar de se sentir culpado e se acalmasse.

Quantas não são as mães que não choram diante dos seus filhos quando são abandonadas? Mesmo sofrendo, passando por dificuldades, talvez sem trabalho, sem dinheiro, enferma, aprendemos que tudo vale pelo bem-estar deles e exatamente por isso, deixamos de sentir e agir pelos nossos sentimentos, escolhemos negar-nos e fazer o que tem que ser feito para estarem bem. Sim ou não?
Se conseguimos controlar-nos pelos nossos filhos, porque motivo então nos dizemos incapazes de nos controlarmos diante dos nossos maridos? Ou quando as pessoas nos decepcionam ou nos agridem com palavras?

Porque nos deixamos levar pelos nossos sentimentos em outras áreas das nossas vidas, mesmo sabendo que por causa deste descontrole sofremos tanto?

Aonde está este “ponto forte de controle” que somente funciona para o meu filho?

Explico-lhe que tudo se origina na “razão” que nos leva ao controle, pelo simples facto de que nós, mães, nos sentimos responsáveis pelos nossos filhos e pelo que vier a acontecer com eles… um amor tão grande que é capaz de calar a nossa própria dor; este é o amor de mãe. O que já não acontece com relação às demais pessoas e até em relação a nós mesmas.

Porém, tudo o que passei hoje foi tão forte, que me levou a meditar e até a tomar novas atitudes que quero compartilhar com vocês:

  • Da mesma forma que eu me consigo controlar diante dos meus sentimentos por amor ao meu filho, eu também conseguirei em outras situações por amor a mim mesma, para o meu bem, afinal, eu tenho que me amar antes de todos;
  • Se eu me sinto responsável pelo meu filho e por isso me controlo, eu também me controlarei por amor ame mim mesma, pois sou responsável por todas as minhas ações e palavras. Ou seja, acabou aquela “desculpinha” de: “Não me consegui controlar…”, ou “foi sem pensar”, ” foi mais forte do que eu”;
  • Eu sim, posso e me controlarei diante de todo e qualquer problema, por amor à minha pessoa e para servir melhor ao meu Senhor, aonde quer que eu vá, pois sou a Sua Referência.

Querida mamãe, somente quem ama a si mesma e investe nisso buscando este equilíbrio, pode de fato e de verdade amar aos demais como Jesus amou.

Uma mãe que se ama e se valoriza, é equilibrada nas suas ações e reações.
Nesta Fé!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

15 Comments

  1. Muito forte! Esclarecedor.

    Ver mais
  2. As vezes nos se fechamos para não da de entender aos nossos entes queridos,principalmente aos nossos filhos e ai aonde onde esta o nosso sentimento.

    Ver mais
  3. É assim mesmo meus filhos me chamam até de orgulhosa por muitas vezes não por eles apar dos meus problemas. Faço isso para não preocupa-los, só estou totalmente bem quando vejo meus filhos bem. Estou trabalhando muito para ser assim com o Sr Jesus depois que comecei a participar do rush já consegui mudar muitoooo. Sei que confiando em Deus não preciso me preocupar com nada porque ele sempre honrará minha fé e confiança.

    Ver mais
1 2 3