Saúde: Dieta Paleolítica
katia

Kátia Cardoso

  • 10
  • Dez
  • 2014

Saúde : Dieta Paleolítica

  • 10
  • Dez
  • 2014

Já ouviu falar da dieta paleolítica?


É uma dieta baseada em alimentos com pouco ou nenhum processamento e pode incluir qualquer tipo de alimento que provenha da natureza, como carnes, peixes, frutas, legumes, folhas, oleaginosas, raízes e tubérculos, pois eram esses os alimentos disponíveis na época das cavernas.

Esta dieta é baseada no conceito de que todos os alimentos disponíveis na natureza, que não dependam de cultivo, podem ser consumidos sem restrição, ficando então proibidos alimentos industrializados, como bolacha, pizza, pão ou queijo diz a nutricionista Tatiana Zanin.

Alimentos permitidos na dieta paleolítica

Alguns alimentos permitidos na dieta paleolítica podem ser:

•Carnes, peixes;
•Raízes e tubérculos, como batata, batata doce, inhame, mandioca;
•Maçã, pera, banana, laranja, abacaxi ou outras frutas;
•Tomate, cenoura, pimentão, abobrinha, abóbora, berinjela ou outros legumes;
•Acelga, rúcula, alface, espinafre ou outros vegetais folhosos;
•Oleaginosas, como amêndoa, amendoim, nozes ou avelãs.
Porém, estes alimentos devem ser consumidos principalmente crús, sendo permitido cozinhar a carne, peixe e alguns legumes com pouca água e por pouco tempo.

Cardápio da dieta paleolítica

Este cardápio da dieta paleolítica é um exemplo que permite compreender melhor como fazer a dieta paleolítica.

Café da manhã – 1 taça de salada de frutas – kiwi, banana e uvas roxas com semente de girassol e nozes.

Almoço – salada de repolho roxo, tomate e cenoura temperada com gotas de limão e bife de ave grelhado. 1 laranja para sobremesa.

Lanche – amêndoas e maçã.

Jantar – filé de peixe com batata cozida, salada de rúcula, tomate e pimentão temperada com gotas de limão. Para sobremesa 1 pêra.

A dieta paleolítica não deve ser seguida por atletas que pretendam a hipertrofia muscular porque apesar de permitir alimentos ricos em proteína, que ajudam a formar os músculos, fornece pouca energia proveniente dos carboidratos, diminuindo assim o rendimento durante os treinos prejudicando o crescimento muscular.

De acordo com este conceito, a dieta paleolítica ajuda a prevenir doenças crônicas, como colesterol alto, por exemplo, e também ajuda a emagrecer porque é rica em proteínas e fibras, que reduz e ajuda a controlar o apetite.

O meu parecer é que esta dieta é uma boa opção para se começar a desligar dos alimentos industrializados. O ideal é que não comêssemos nenhum alimento industrializado mas é difícil, e tem dias que apetece mesmo uma batata frita, então tente ir eliminando ao máximo os alimentos processados e substitua por algo natural, o bom é começar aos poucos até se tornar algo natural para si. Quando substitui o industrial pelo natural o seu paladar começa a ficar mais apurado e uma fruta lhe será doce como o mel.

Fonte: Tuasaude.com

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

2 Comments

  1. Hola boa tarede amei a sua dica,eu vivo fazendo dietas ,tenho uma facilidade enorme de engordar,obrigada por compartir esta dieta,um abrazo

    Ver mais
  2. Vou aderir esta dieta para eliminar alguns kg a mais

    Ver mais