Como tirar proveito de uma consulta médica?

Bárbara Filipe

  • 29
  • Abr
  • 2015

Como tirar proveito de uma consulta médica?

  • 29
  • Abr
  • 2015

Uma consulta médica tanto pode ser de grande proveito, como uma simples visita ao consultório para obter uma prescrição clínica.
Mas como saber a diferença? A diferença consiste na nossa preparação para a consulta.

Vamos pensar em quais os passos que devem ser dados para que tenhamos a melhor resposta médica à situação que estamos a viver.

Preparação para a consulta

1º – Devemos analisar que especialidade necessitamos, se for possível saber de imediato. Como por exemplo, se for uma dor num dente, sabemos que devemos ir ao dentista, mas se for um mal estar geral ou um sintoma que não conseguimos definir da melhor forma? É preferível ir primeiro ao médico de clínica geral para uma primeira consulta de diagnóstico;

2º – Agendar a consulta para um dia e hora que saibamos não ter diversos outros compromissos que nos “stressem” antes da consulta ou que nos fazem ir com a cabeça “em outro mundo”;

3º – Preparar os últimos exames médicos que tenhamos realizado, como análises, raio-x, electrocardiograma entre outros, para no dia apresentar ao médico;

4º – Depois da consulta de clínica geral, e caso exista a necessidade de uma consulta de especialidade, devemos procurar referências sobre médicos dessa área específica.
Podemos verificar logo junto do médico de clínica geral, ou pesquisar na internet médicos de referência e verificar o seu percurso profissional que muitas vezes está referenciado nos sites dos hospitais onde o médico exerce.

Já na consulta

– Na consulta fazer uma breve descrição do nosso historial clínico bem como das predisposições genéticas;

– Explicar detalhadamente os sintomas e referir se está a tomar algum medicamento que seja frequente tomar;

– Esclarecer todas as dúvidas que tenha sobre o que sente ou sobre a medicação e exames que possam ser prescritos pelo médico;

– Indicar qualquer tipo de alergias ou reação medicamentosa que já tenha ocorrido anteriormente para que o médico não prescreva nada que se assemelhe.

Após a consulta

– Seguir a medicação prescrita da forma que a mesma foi orientada pelo médico;

– Efetuar o mais breve possível os exames solicitados;

– Retornar ao médico para a verificação dos resultados dos exames e/ou para retificação da medicação.

Desta forma certamente aproveitaremos o tempo que estivemos na consulta e sairemos de lá com a certeza do que se passa connosco e do que necessitamos de fazer para o resolver definitivamente.

No entanto, se após a consulta, os exames, a medicação e o diagnóstico, não ficar seguro do tratamento (porque não vê resultados), procure uma segunda opinião.

Não fique inseguro ou em dúvida com o tratamento que está a seguir, porque isso é “meio caminho andado” para que o mesmo não resulte!

Até para a semana…

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

6 Comments

  1. Bom dia Barbara.

    Obrigada pelas dicas.
    Quantas vezes já fui ao médico e foi solicitado uma série de exames, até fiz, mas até hoje não retornei mais.
    O tratamento ficou imcompleto até hoje.

    Ver mais
  2. È muito interressante nos preparar bem para fazer uma visita ao Dr, se fazemos de qualquer jeito quando chegamos a consulta as vezes esquecemos de dizer ao Dr o que realmente estamos sentindo, pode acontecer de falar tudo e esquecer o dizer o principal.

    Ver mais
  3. Vivi consultei esses dias o médico me passou duas redceita diferentes joguei tudo fora.

    Ver mais
  4. temos que cuidar da nossa saude para cuidar sim do nosso corpo templo do ESPIRITO SANTO.

    Ver mais
  5. Boa tarde o que me chamou mais atenção foi.
    Uma consulta médica tanto pode ser de grande proveito, como uma simples visita ao consultório para obter uma prescrição clínica.
    Mas como saber a diferença? A diferença consiste na nossa preparação para a consulta.
    Vamos pensar em quais os passos que devem ser dados para que tenhamos a melhor resposta médica à situação que estamos a viver.
    obrigada pela dica e pelos os passos vão me ajudar muito eu nuca tinha pensado assim com tantos detalhes .

    Ver mais
    1. cuidar do nosso corpo nao so da forma física ,mas tambem no nosso sistema imunologico e como prevenção , é muito importante o saber claro para que se vai e o que se pretende, e lógico não deixarmos nenhuma dúvida por exclarecer.

      Ver mais