Obreira que espera recompensa…

Luisa Teixeira

  • 12
  • Nov
  • 2015

Obreira que espera recompensa…

  • 12
  • Nov
  • 2015

Em conversa com a Sra.Viviane Freitas falámos de um assunto muito sério e real que existe no meio do “corpo” de obreiras.

Comentávamos sobre a intenção, e de como podemos, de uma forma bem subtil, desviar-nos do verdadeiro foco, que é servir para agradar a Deus e não a nós mesmas.

A prova de que necessitamos vigiar, e que de fato isso é comum acontecer, é o que o Senhor Jesus nos deixou um alerta.
Vamos observar juntas as palavras com que Ele nos adverte para que não caiamos nesse pecado, de nos glorificarmos a nós mesmas, através de alguns exemplos do dia-a-dia:

Mateus Capítulo 6

1 “Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles; doutra sorte, não tereis galardão junto de vosso Pai celeste.”

Exemplo: Muitas obreiras querem mostrar ao pastor uma santidade de que é mais justa, mais temente, mais serva, mais disposta do que as outras. Têm uma necessidade desmedida de provarem quem são para os homens, a fim de serem aprovadas e aceites. Querem ser mais consideradas e reconhecidas!

2 “Quando, pois, deres esmola, não toques trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas, nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.”

Exemplo: Quando trazem uma pessoa à igreja, não descansam enquanto o pastor não sabe, como se de um trofeu se tratasse. Não quer dizer que não devam apresentar o seu convidado, mas que isso não encha o seu interior de glória pessoal.
Quando limpam a casa de Deus, só se sentem bem quando são contadas para lugares de destaque e ainda fazem questão de mostrar que estão a ser “usadas”

3 “Tu, porém, ao dares a esmola, ignore a tua mão esquerda o que faz a tua mão direita…”

Exemplo: Quando a obreira faz alguma coisa para Deus, por mais simples ou complexa que seja, não se deve enaltecer ou mostrar para SI MESMA que foi escolhida ou capaz de realizar tal obra. Mas deve sim, ignorar a força do seu braço, como se não fosse a autora do feito.

4 “…para que a tua esmola fique em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”

5 “E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.”

Muitas obreiras caem no erro de orar como “religiosas”, querendo mostrar uma fé, aparentando ser muito “poderosas”. Mas quando estão nos bastidores da sua casa, ou em outro lugar, essa fé é como uma “palha” que se apaga pelo fogo da rotina diária.

Muitas pensam que não está acontecer com elas, mas se analisarmos profundamente, isso surge dentro de nós em várias situações do dia-a-dia, de forma silenciosa. Os exemplos que foram mencionados acima, são apenas a ponta do iceberg.

Perceba a sua necessidade e resolva a sua questão, pois veja como finalizam as frases descritas:

“Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.”

Gostaria de saber o que tem a dizer do post de hoje. Registe o seu comentário, pois este é muito importante.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

126 Comments

  1. Não nos esqueçamos, o grande “Eu Sou é Deus”.

    Ver mais
  2. Devemos vigiar cada detalhe, sempre olhando pra Deus, pois pra cair basta estar de pé…
    Tem sido de muito proveito para mim, estes posts estao me ensinando a blindar a minha fé contra o meu maior inimigo, “eu”.

    Ver mais
  3. Aquela obreira que faz a Obra de Deus, com o intuito de ser reconhecida, receber algo em troca, querendo ser mais do que as outras, querendo mostra serviço ao homem.

    Ver mais
  4. Não temos e nem podemos fazer nada com o intuito, de nos encher de glória, toda glória é para Deus e não para nós.

    Ver mais
  5. Glorificar à DEUS!essa é a glória que devemos querer sempre.

    Ver mais
  6. Não temos que fazer nada esperando a recompensa do homem, mais a de Deus, temos que fazer a obra para ele. Não temos que querer ser reconhecidas por ninguém, mais a nossa gloria tem que ser fazer com que as pessoas conheçam a Deus.

    Ver mais
1 19 20 21