O que eu acolho

Viviane Freitas

  • 14
  • Ago
  • 2015

O que eu acolho

  • 14
  • Ago
  • 2015

Olá a todos os internautas!

É um prazer estar aqui convosco.

Se possível, abra a sua Bíblia no livro de Hebreus 11:31

“Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias.”

Raabe era uma prostituta. Assim sendo, qual era o sentido de ela acolher os espias com paz? Que sentido faz esta frase?

Quando acolhe e protege alguém desconhecido, que ameaça a sua própria vida… O que a leva a fazer isso? Existe uma fé! Alguma fé há aí dentro…

E Raabe, quando acolheu os espias com paz, com certeza esperava um momento, uma oportunidade. Não foi por acaso que eles se encontraram… Tanto Raabe como os espias, não se encontraram por casualidade. Foi porque Deus sabia o que havia dentro de Raabe! Ele sabia o que se passava no seu interior.

A Bíblia não relata nada sobre Raabe antes dela acolher os espias. Sobre quem seria, se cria no povo Hebreu ou não… Mas todas as pessoas, naquela altura, tinham conhecimento sobre o povo de Israel. Eles fizeram história na humanidade naquela época, porque Deus tirou o povo do Egito. Imagine você saber que milhões de pessoas foram “arrancadas” daquela cidade… certamente você saberia! Na Bíblia podemos verificar que haviam pessoas que sempre fugiam de uma determinada guerra, de uma luta, e contavam ao rei ou ao “fulano e ciclano” o que havia acontecido.

Então esta meretriz, Raabe, certamente sabia acerca do povo Hebreu, do que Deus havia feito com o povo de Israel. E quando ela acolheu os espias com paz, foi porque ela cria nesse Deus! Só queria uma oportunidade, e com certeza só esperava por essa oportunidade. E quando foi destruída aquela cidade, as muralhas de Jericó, Raabe e a sua família não foram destruídos, por causa da fé que ela tinha.

Internauta, você sabe que a Fé é a certeza de coisas que se esperam e convicção de factos que não se veem. Quando ela acolheu com paz aos espias, tinha a certeza absoluta que o que estava a fazer não era um risco, mas uma oportunidade para aquele Deus dos espias! Que eram, no caso, os Hebreus, os Judeus que haviam saído do Egito e que tinham feito história na humanidade. Raabe não foi destruída com os desobedientes e era uma meretriz, uma prostituta… Veja que quando existe uma fé em que os seus olhos estão voltados para Deus, para quem Ele é, há uma oportunidade de se entregar por inteiro, porque quando ela acolheu os espias, sabia que estava a colocar em risco a sua própria vida como a de toda a sua família, mas ela fez isso por uma só causa: Pela sua crença nesse Deus de Israel! Ainda que vivesse uma vida errada…

Ainda que você, minha amiga internauta, seja uma meretriz, uma prostituta, ainda que seja alguém cheia de erros e que tem encontrado várias falhas… Inclusive há muitas pessoas que estão a ler este post e que têm medo de ouvir verdades, de “vasculhar” a sua própria vida, de resolver os seus problemas, porque pensam que é um risco… Ainda que saibam sobre o que Deus é capaz, já ouviram falar da Sua grandiosidade: que perdoa o pecador e que os chama para Si. Mesmo assim retêm, têm medo de ameaçar a sua própria convicção, de enxergar os seus erros, porque quando se fala dos mesmos sempre dão alguma desculpa… é tocar numa ferida, é uma humilhação, um problema.

Mas quando você acolhe com paz, e pensa: “Eu tenho este problema, sou uma pessoa cheia de pecados, estou cheia de imperfeições, mas eu aceito esta oportunidade! Eu quero resolver o problema!”

Então nada mais faz que acolher com paz a verdade, o que tem ouvido nas reuniões, nos áudios, nos podcasts, nos Blogs. Porque tem acolhido a verdade, não será destruída, vai ser salva por causa dessa fé! Ainda que o seu passado tenha sido horroroso… Quando olha para o Deus que pode fazer o impossível na sua vida, então não tem medo de resolver e defender os preceitos de Deus na sua vida.

Minha amiga internauta, eu gostaria que refletisse. Não tenha medo! Seja sincera consigo, para que então não seja destruída com os desobedientes.

Várias pessoas estão a ler este post neste momento, mas são desobedientes, não querem aceitar a verdade, não querem ouvir verdades a seu respeito, não procuram entender quando são criticados, orientados ou aconselhados e quando são expostos os seus erros. Não conferem, mas vêm os seus erros como algo “normal”.

Quando lê e ouve falar do reino de Deus, da proposta do reino de Deus, que é maravilhosa, que faz tudo novo, que transforma da água para o vinho… Tem a convicção ou a oportunidade de mudar a sua história e querer tomar posse daquela promessa, daquela realidade que está escrita! E não apenas ouvir e achar que tem que conviver com as suas imperfeições.

Sabe, eu nunca mudei quando achava que era “normal” o que eu sentia, o que vivia… Quando eu achei que realmente tinha que considerar o que me falavam, pois não aceitava ouvir que alguém falasse “mal” a meu respeito, apontasse os meus erros. Dizia: “Ah… Ela não me entende!” Na verdade, eu queria dar uma desculpa, dizendo que “ela não me entende…”, porque não queria ter motivos para ter aquela imagem, de dar aquele testemunho que estavam a ter ao meu respeito.

Quando existe desejo de justiça, de ser justa para com Deus, não é que as pessoas sejam justas para si… É ser justa para com Ele. As coisas tornam-se diferentes, a forma como vê a Deus, como encara as verdades… você acolhe certamente com paz a oportunidade que está a vir até si!

Aproveite as suas oportunidades! As suas dificuldades são uma grande oportunidade de lhe revelar a quem você acolhe… A Deus? Ou aos seus próprios preceitos, opiniões, pensamentos? Você decide!

Mas pense a respeito e se possível participe aqui no Blog, escrevendo o que me tem a dizer agora que leu este post… Diga-me: O que é que tem reparado sobre si mesma? Quando começa a escrever sobre si, isso ajuda-a a descobrir-se. E tem essa oportunidade de escrever aqui no blog. Caso não queira identificar-se pode apenas escrever o seu primeiro nome e a cidade onde mora.

Ficamos por aqui. Aguardo o seu comentário!

Um grande abraço! Até para a semana.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

108 Comments

  1. Bom dia Dona Vivi, achei muito bacana este áudio. E o que me chamou a atenção foi quando a senhora falou sobre a repreensão, porque reconheço que muitas vezes quando fui repreendida dentro de mim ouve um conflito, no momento doeu, às vezes na hora não gostei, creio que isso realmente é a nossa natureza humana e temos que vencê-la dia após dia, mas com o passar do tempo quando meditei na situação a qual passei, vi o quanto realmente era necessário passar por aquilo, o quanto foi bom e me ajudou crescer. Muitas vezes ouvindo os áudios da senhora, sou cobrada em uma falha ou outra e vejo o próprio Espírito Santo falando comigo, para que eu possa me corrigir. Obrigada por ser esta amiga, que mesmo longe sempre está presente, me ajudando e ajudando milhares de mulheres a sermos melhores para Deus. Beijinhos com carinho.

    Ver mais
  2. Olá dona Viviane, eu li esse post com muita sede pois eu tenho tolerado meus erros, adiando de enfrentá-los, para ser sincera fazia um tempo que apenas lia no seu blog o que me “interessava”, não o que me cortava para arrancar o que devia ser tirado de mim. Lembro que através deste blog eu já cresci muito espiritualmente, mas confesso que estava estagnada. E saio dessa meditação como uma leoa contra essas série de assuntos mau resolvidos com minha vida espiritual, propósitos com Deus inacabados, correntes por conta de má administração do tempo quebradas, a cada vez menos jejuns, e orações religiosas, me perdoa me prolongar, e também tanta franqueza, mas realmente é como a senhora disse no final do post, escrever sobre mim mesma ajuda, e posso conferir que é verdade. Agradeço muito por este blog, e pelo repost eu o vi no facebook e cheguei até aqui. Como disse no início eu tinha virado uma turista desse blog, hábito que acaba agora. Grande abraço dona Viviane.

    Ver mais
  3. A mi respeto, segun lo que he oido, no he confrontado ciertas parted de mi Vida que son dolorosas, y por mas que he querido ayudar y hacer la obra de Dios, me ha hecho falta tener la cura interior y dejar el Espiritu de Dios fluir en. Ya que he malinterpretado much as cosas que me han oprimido mucho y no he oido do conocer quiet es Dios. Yo Oro, mas ahora voy indicator… Y pido para que me ayuden orando por mi para que sea apta recibir el Espiritu Santo.

    Ver mais
  4. Bom Dia D Viviane,sempre acompanho os Áudio da Sr tenho perguntado para Senhor sobre, se tenho acolhido eu mesma dentro de mim,principalmente .tenho 7 anos de IURD, sendo 3 de conversação, pois me entreguei de verdade quando passei por momentos em só Deus me ajudou digo no lado Espiritual, Nesse período me lancei para me envolver com os Grupos da Igreja .Mas eu pensava que ajudando nos Grupos teria Paz intetior, pois travo uma guerra comigo mesma,pois a oito anos,tive um filho que nessa cirurgia por complicações foram retirados útero e ovário,sendo que sinto muitos sintomas de menopausa,pois cheguei a tomar por um mês reposição hormonal mas parei pois não me sentia bem pois estou fazendo a corrente de Terça no Templo pois estou cansada, muita das vezes o diabo vem me por dúvidas,mas amarro na hora, sou Obreira tbb, quero que Sr me esclareça como poço ajudar a mim mesma,pois estou desempregada e sem um convênio médico ,pois tem um ano que fiz um checape onde constou uns problemas nos ossos
    D Viviane quero saber realmente,como lidar com essa situação pois quero ser mais usada por Deus em minha caminhada Fé Desde Já Agradeço…

    Ver mais
  5. Boa noite Dona viviane tudo bem? e eu sempre vejo os post Da senhora e gosto muito e eu aprendo bastante com os post da senhora que Deus venha usá lá mas e mas

    Ver mais
  6. Tenho aprendido muito com os áudio e seus ensinamentos dn Viviane. Obrigada

    Ver mais
1 16 17 18