Jovens: O trabalho na Obra de Deus

Viviane Freitas

  • 16
  • Mar
  • 2015

Jovens : O trabalho na Obra de Deus

  • 16
  • Mar
  • 2015

Qual o critério?

“E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.
E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor.
Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros.
Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara.” (Mateus 9:35-38)

O trabalho na Obra de Deus é imenso e existe uma grande discrepância no serviço. Uns trabalhadores dão de si exaustivamente pelo serviço na Obra de Deus: evangelizam todo o dia; ajudam em muitas reuniões; fazem o que é pedido no Força Jovem; limpam a igreja de “ponta a ponta”; dia após dia, estão sempre disponíveis mas ao mesmo tempo sempre ocupados pelo serviço…

O serviço é muito importante e é necessário, mas geralmente esse tipo de trabalhadores cometem erros fatais, pois colocam em causa tudo o que fazem.

Ora veja o que sucede:

[starlist]

  • Vivem ocupados, logo Deus não consegue falar com eles;
  • Criam maus olhos, pois veem outros que não são tão ágeis como eles como pessoas que não têm o mesmo temor que eles;
  • Desenvolvem o orgulho perigoso para a sua salvação, pois se apoiam no seu serviço para “desenvolver a sua espiritualidade”.

[/starlist]

Por outro lado, existe outro tipo de trabalhadores, o qual prioriza o espiritual: meditam diariamente na bíblia; oram; jejuam; fazem propósitos; mas diante da necessidade não colocam mãos à obra. Estes não veem a Obra de Deus avançar nas suas mãos.

Assim sendo, qual o comportamento que agrada a Deus?

Vejamos alguns exemplos:
[starlist]

  • O Senhor tinha 3 servos aos quais confiou alguns talentos. O que escondeu o talento e não multiplicou foi reprovado.
  • Marta trabalhava muito em prol do serviço da Obra de Deus, mas foi reprovada por Jesus quando reclamou que a sua irmã não a estava a ajudar.

[/starlist]

Parece um paradoxo o facto de Jesus reprovar alguém por não multiplicar e ao mesmo tempo reprovar quem estava a trabalhar… Qual o critério?

A sua intenção!
Qual é a sua intenção quando faz algo na Obra de Deus?

“Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?”

Faça um comentário sobre a sua reflexão deste tema.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

456 Comments

  1. Bom dia, verdade dona Vivi, muito forte, tem situações que não dá vontade de fazer algo, por vários motivos, ai sempre me disciplino a fazer e ao invés de fazer por fazer porque é pra um homem, fazer o melhor para Deus, ter uma oportunidade de ofertar a ELE, e com algo que vai exigir com que eu mude tudo por dentro para dar o melhor a Ele, é muito legal os resultados dessa atitude pequenininha.

    Ver mais
  2. Quando a senhora falou de cada lista, sobre o tipos de pessoas no serviço da obra de Deus foi revelador!
    Realmente a obra é grande mais Deus quer que estejamos a servi-lo com integridade.
    Não adianta fazer, fazer e terminar por estar com o coração impuro.
    Sejamos servas com a intenção de agradar a Deus.
    Foi isso que entendi do post da senhora Dn. Vivi

    Ver mais
  3. E o que acontece comigo fico preocupada em fazer as tarefas na igreja e ao mesmo tempo ter meu momento com Deus. Agrada a Deus tendo uma intenção pura e sincera faz nos crescer diante de Deus.

    Ver mais
  4. Me Despertou . Eu estava mais atenta a voz de Deus quando eu não fazia muita coisa, me atarefei de afazeres na obra de Deus . Vou concertar isso agora com Deus, e voltar a praticar o que fazia . Me preocupar em ser , não em fazer. E quando fazer será bem feito! Obrigada.

    Ver mais
1 74 75 76