Fé em Ação – Ciúmes

Viviane Freitas

  • 27
  • Dez
  • 2013

Fé em Ação – Ciúmes

  • 27
  • Dez
  • 2013

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

102 Comments

  1. Esse sentimento só atrapalha a nossa fé

    Ver mais
  2. Aprendi que ciúmes e nada mais nada menos uma insegurança da pessoa e quando agimos assim deixamos o sentimento tomar conta então isso é agir na carne.

    Ver mais
  3. Parabéns por compartilhar tamanho conhecimento. Realmente os sentimentos são muito nocivos a vida do ser humano. Saudade controlada
    A saudade tem sido muita das vezes a grande causadora de problemas de relacionamentos. Acontece que, a saudade como é o sentimento, pode ser o mais forte. Pessoas relatam que sentem tanta saudade de alguém que não consegue controlar. Esse sentimento interiorizado na mente faz bater o coração numa velocidade mais acelerada o que faz a pessoa sentir o que se chama de amor. Na verdade a ansiedade e o medo são os grandes protagonistas desse sentimento; A vontade de ter alguém ou que se têm, mas não está presente no momento faz o sentimento descontrolado disparar e a mente não resolve de imediato o caso. Em alguns casos as pessoas quando se encontram com suas saudades ou ficam muito felizes ou com sentimento de raiva e repulsa por aquele alguém; a nossa mente precisa de certa lógica para funcionar. Não é bom, mas é o que geralmente ela faz: processa duas informações conflitantes ao mesmo instante. Um exemplo de informações conflitantes são o medo e a coragem. Enquanto um quer no caso a coragem, o outro duvida desse querer e isso pode paralisar a pessoa na tomada de decisão. Ciúmes é a vontade de controlar alguém. Geralmente essas pessoas que querem controlar são carentes de “amor”. Na verdade elas mesmas não se amam.

    Ver mais
  4. Quando agente manifesta uma fé racional não deixamos se enfluenciar pelo sentimento de ciumes.

    Ver mais
1 15 16 17