“Ele não tem prazer nas coisas de Deus que lhe ensinei…”

Viviane Freitas

  • 5
  • Set
  • 2015

“Ele não tem prazer nas coisas de Deus que lhe ensinei…”

  • 5
  • Set
  • 2015

Bom Dia D. Viviane,

O meu nome é Eloisa Ester, sou esposa de pastor aqui na Colômbia e tenho acompanhado o que a Sr.ª passou e o Bp. Júlio a respeito dos seus filhos e como Deus lhe deu a vitória. Tenho um filho de 16 anos, que adoptámos aos 3 dias, e que hoje nos tem dado muitas das vezes tristezas com as suas atitudes; ele não tem prazer nas coisas de Deus que lhe ensinei, mas depois que cresceu mudou muito… Quer ser jogador de futebol. Não recriminamos, mas o apoiamos, mostrando-lhe que ele necessita em primeiro lugar do Senhor Jesus e da sua salvação, mas confesso à Sr.ª que às vezes falta paciência. Procuro orientá-lo em relação às amizades, mas ele faz tudo ao contrário. O meu esposo também o orienta muito, e às vezes não aceita. Já furou uma orelha para usar brinco e agora quer escrever no braço uma palavra (tatuado) e falámos que não, que isso não é de Deus, mas ele diz que é só uma palavra…

D. Viviane, faço a corrente de sexta-feira pela sua libertação, participo de todos os propósitos, principalmente pela família, e fizemos o nosso sacrifício na última Fogueira Santa e creio que Deus vai transformá-lo, não tenho dúvida! Participei na oração da Sr.ª com o Bp. Júlio e os seus filhos, pela família, e deu-me vontade de escrever para que a Sr.ª com a sua família tão linda e abençoada nos ajude nas suas orações e orientação.

O nome dele é Matheus Madeira Martins. Que Deus abençoe a Sr.ª e a sua família.

– Eloisa Ester Madeira Martins

Querida Eloisa,

Filhos de pastores e de bispos têm uma grande oportunidade de buscar a Deus, pois certamente os seus pais apresentam Deus em casa, mas por questão de quererem conhecer o mundo ou viverem em “liberdade”, eles pensam estar “presos” a algo certo.

Você como mãe, tem que fazer a sua parte: Ensinar. Ouvir. Ir até ao mundo dele, no sentido de fazê-lo entender. Mas a sua primeira preocupação não deve ser o seu filho. Deve ser servir a Deus.
O papel do pai é super importante. É ele que coloca regras definidas em casa.

Vou falar acerca daquilo que vi no Júlio, nesse interim que o Luis e a Vera chegaram…

O Júlio impôs o que deveria ser em casa: Caso eles não quisessem seguir o caminho de servir a Deus, a mesma porta que estava aberta para eles serem cuidados, estava aberta para eles sairem. Pois nós vivemos na casa que pertence à igreja, a qual é sustentada por ofertas e sacrifícios. E quem deve viver nela, são aqueles que também sacrificam.

Se o seu filho é maior de idade, já pode trabalhar.

Se ele quer seguir o caminho dele, com as escolhas erradas, então que ele procure um trabalho e viva do serviço dele. E não do sacrifício de outrem ou do vosso.

É assim que eu vejo quanto à Obra de Deus.
O Luis e a Vera têm consciência que em casa temos regras, respeito por aquilo que é do Altar.

Vivemos do Altar, e por causa do Altar sacrificamos toda a nossa vida. Não é justo sacrificarmos a nossa vida, e ter um ser que não quer buscar a Deus e nos distrai daquilo para que fomos chamados.

Enquanto o seu filho era pequeno e não tinha noção, você deu, você cuidou, você renunciou. Agora não tem que conviver com os erros dele. Se ele não quer aceitar as regras que vocês dois orientam, não deveria ser bem vindo à sua casa.

Com que dinheiro ele furou a orelha e colocou o brinquinho?
O meu marido espera que não tenha sido com dinheiro vosso. Se foi, vocês têm parte da culpa no erro dele.

A fé é a certeza de coisas que se esperam e convicção de fatos que não se vêem.

Se você serve a Deus e tem convicção do que é o Altar, lugar de sacrifício, você primeiro vê isso. Respeita e zela por ser e fazer algo apresentável a Deus.

Mas se há dúvida, há medo… e não toma as rédeas da situação.
O Júlio mencionou na reunião de 4ª feira aqui no Templo Maior, que os 2 espias (Josué e Calebe) quando foram espiar a terra, viram oportunidade, mesmo perante as adversidades. E ele mencionou algo que chamou muito a minha atenção: Que os fiéis são corajosos!

Quem é fiel?  O corajoso para obedecer.

E o simples fato de você priorizar a Deus, e deixar de cuidar dele com sentimentos de pena, estará sendo corajosa e consequentemente fiel a Deus.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

24 Comments

  1. Tudo que é verdadeiro, tudo que é respeitável, tudo que é justo, tudo que é puro, tudo que é amável, tudo que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe vosso pensamento (Epístola aos Filipenses). Com a mudança de valores e o incentivo as imundícies que o mundo oferece, está cada dia mais difícil educar os filhos mesmo em lares cristãos. O maligno tem investido sem piedade nessa área! É dentro das Igrejas que ele tem trabalhado dia após dia para destruir vidas, então além de orientar com base na Palavra de Deus, devemos conscientizar os filhos desde pequenos que eles serão os únicos responsáveis pelas suas escolhas futuras, independente de sua filiação.

    Ver mais
  2. Boa Noite D. Vivi,
    sua mensagem arrebentou…eu queria deixar um recado para esta Mae, com todo o meu respeito, sabendo quem a Senhora e, uma Espoza de Pastor, olhe, eu tenho 3 filhos 15/ 13/ 8… e posso lhe garantir sao todos diferentes, e estao numa idade muito dificil, mais muito dificil de se lidar com eles, mais eu quero passar para a Sra uma coisa, por mais amor que eu tenho aos meus filhos, eu tenho Caracter e se tiver que culocar na rua porfalta de respeito ou se eu veijo que me esta afectar minha FE, eu o fasso, sabe porque porque o meu Deus e maior que tudo isso, e mais cedo o mais tarde , eles se entregarao, pois o meu sacrificio nas campanhas por meus filhos corre o meu sangue no ALTAR, e sei que Deus se responsabilisara por Eles, eu nao tenho medo de enfrentar qualquer batalha, mais eu nao deixo minha casa ir abaixo por causa de uma desicao mal tomada de um deles…e como a D.Viviane falou, Deus esta em primeiro lugar, as almas tambem, Seija guereira com Deus, pois eu entendo muito bem a Senhora…o quanto que queremos o bem dos nossos filhos, mais eles soa donos de esculher quem eles querem servir…eu tambem sai da presenca de Deus aos 13 anos , esculhi tudo errado, sofri tanto nas maos do diabo, mais houje eu estou nas maos de Deus a 5 anos e meio, e determinei ninguem me separara mais de Jesus. por isso lhe digo, o que D.Viviane falou so me fortaleceu em relasao aos meus filhos e minha FE.

    Ver mais
  3. Sabe dona Vivi, essas palavras foram muito importante para mim. Eu não sou mãe, mas como filha apliquei essas palavras para minha situação. ‘E o simples fato de você priorizar a Deus’ essas palavras marcaram muito porque eu tenho a minha fé individual, e aqui em casa não sinto que estou em um ambiente aonde minha fé esteja sendo fortalecida. Mas lhe agradeço por esse conselho, certamente irei lembrar dessas palavras quando for tomar algumas decisões.

    Ver mais
  4. Muito bom, dona viviane…..

    Ver mais
  5. Oi dona, eu vivo algo muito parecido. Não tenho filhos, mas minhas irmãs deixaram o peso da responsabilidade de seus filhos nas costas de minha mãe, então convivo diariamente com meus sobrinhos, uma única sobrinha mora aqui conosco e os outros é como se morassem, então diariamente são 5 sobrinhos em casa, uma de 14 anos, a outra de 10 anos outra de 8, um menino com 5 e uma menininha com apenas 2 anos. Meus sobrinhos são uma “benção”, são muito mal criados, eles não tem limites, não respeitam e são muito respondões. Sou a única voz a qual eles ainda temem, por isso fico muito triste pois minha mãe tem 61 anos e precisa de descanso mas minhas irmãs não entendem isso, minha mãe passa constante raiva, mas pelo fato de amar os netos submete-se a todo tipo de tratamento. Não sei como resolver isso, recentemente pedi a uma irmã que contratasse uma pessoa pra cuidar dos três filhos dela, e ela o fez, mas ainda assim eles convivem o tempo em que esperam a moça que cuida deles chegar aquí em casa e também ficam aqui todo bendito fim de semana, não sei o que fazer pois tenho 2 irmãs na igreja e outra ainda não se converteu mas essas duas que estão na casa de Deus comigo dão mal testemunho, as vezes me sinto nadando contra a maré… Só Jesus!!! ( Detalhe, sou a irmã mais nova )

    Ver mais
1 2 3 4