Desafios

Viviane Freitas

  • 8
  • Jun
  • 2015

Desafios

  • 8
  • Jun
  • 2015

O programa “Coisas de Mulher” na Inglaterra fez-me conhecer de perto estas “meninas” na foto. Passámos por muita adrenalina juntas no programa. Cada uma estava a aprender a fazer o programa. E eu que estava a apresentar, mais ainda.

Não era fácil. Quantas madrugadas ia para o altar falar com Deus. Pedindo ajuda para ultrapassar os meus próprios limites.

Mas amei esse e outros desafios. Fazem-me aprender coisas novas. Permitem-me desenvolver a minha fé e dependência de Deus.

Acredite, quanto mais difícil é, mais sozinho(a) você se sente. Mas é ótimo assim, porque ai é que falo mais com Deus.

É nessas horas que descubro mais de Deus. Quem Ele quer que eu seja e também o que eu não tenho sido ainda. Elevo a minha fé e dependência Nele. E é maravilhoso!

Outras pessoas que estão consigo também acabam por aprender, porque a sua ação fala com elas, sem elas saberem realmente o que se passa com você.

E sabe, para além de estar a viver momentos difíceis, você aprende também a ser sensível à necessidade das pessoas à sua volta.

Acabamos por formar um “time”. Passa a existir amizade. Porquê? Porque você dá. Não permite que as dificuldade a deixem omitir. Claro que isso acontece com quem tem o Espírito Santo. Dar, mesmo precisando de receber.

O ambiente torna-se favorável porque a sua conduta envolve a fé.

O “Coisas de Mulher” acrescentou tanto em minha vida. Só porque o fiz para servir àqueles que precisavam de uma palavra.

Aprendi e também ganhei amigas que jamais esquecerei. Ganhei telespetadoras que se fizeram amigas também. Não as conheço, mas de alguma forma o programa acrescentou na sua vida.

E o “frio” na barriga foi indo embora.
O nervosismo foi passando.
Fui com o tempo adquirindo mais habilidade.

E quando tive que deixar de fazer o programa, senti muita falta porque me fez ser quem eu jamais poderia ser sozinha.

Só tenho a agradecer a Deus por todas as oportunidades que Ele me deu.

E você? Vê os desafios como afronta ou algo para o(a) humilhar? Ou vê como uma oportunidade de agir a fé?

Com certeza a sua conduta vai falar acerca da fé que você pronuncia.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

82 Comments

  1. Mes défis me poussent à un niveau ou je me retrouve toujours seule face à moi-même et là je cherche DIEU de toutes mes forces. Je dirai que chaque défis me rapproche de LUI.

    Ver mais
  2. Os desafios vem para crescermos com Deus.

    Ver mais
  3. Os desafios são para nós amadurecer e crescer espiritualmente.

    Ver mais
  4. Temos que ver as dificuldades como degraus para sermos melhores para Deus.

    Ver mais
1 6 7 8