De mãe para mãe: Quando nasce um filho, também nasce uma mãe
josiane

Josiane Boccoli

  • 23
  • Jan
  • 2015

De mãe para mãe : Quando nasce um filho, também nasce uma mãe

  • 23
  • Jan
  • 2015

Devería ter sido assim, mas isso não aconteceu comigo.

Eu gerei o meu filho, tive-o por meio de um parto traumático, amamentei, cuidei… Ao meu ver, ser uma boa mãe significava não deixar que nada faltasse ao meu filho.

Ele estando bem alimentado, limpo e arrumado era o sinal de que eu era uma boa mãe, e isso sempre acontecia. Logo após o seu nascimento, eu já estava no mesmo rítmo de compromissos e trabalho; a vida corrida condicionava-me a fazer tudo automaticamente. Mas como eu poderia agora ter uma criança que dependeria de mim, e não mudar em nada?

Sabe o que aconteceu? Aos 4 anos o meu filho falava pouquíssimas palavras, não me atendia, não me obedecia, tinha pavor de banheiro e não fazia cocó. Então eu tive que parar! Ele precisava de mim, ele precisava de uma mãe que sacrificasse a sua vida e o colocasse como prioridade, que tivesse olhos especiais para ele, que lhe desse atenção e que o respeitasse como uma pessoa; amiga, isso é ser mãe e eu não sabia!

Para aprender a ser mãe, tive que me submeter à vontade e à Voz de Deus.

E foi assim, uma longa e linda jornada, onde ainda permaneço e que estarei dividindo com vocês. Convido-a a colocar-se junto comigo na posição de aprendiz e juntas aprendermos a ser mães melhores para os nossos filhos e acima de tudo para Glorificar ao nosso Deus.
E então, vamos nessa?

Creio que Deus espera muito mais de nós e os nossos filhos também.

Com carinho,

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

20 Comments

  1. Vamos sim! Aprender sempre é bom e nunca é demais!

    Ver mais
  2. Vamos nessa! Preciso aprender mais sobre esse assunto.

    Ver mais
  3. bom dia dona Josi,quero sim junto com as experiências da senhora me tornar uma mãe usada por DEUS para ajudar as minhas filhas,tenho duas meninas uma com 8 anos e uma com 5,elas não me obedecem e isso tem me deixado muito preocupada,preciso de ajuda.

    Ver mais
    1. ola querida, espero que esteja acompanhando nossos posts e crescendo como mae. Deixe sempre suas experiências. beijos

      Ver mais
  4. Uma atitude louváveL, um exemplo.

    Ver mais
  5. Com certeza ser mãe é um aprendizado constante, a cada fase que nossos filhos passam temos que aprender com novos desafios, e somente colocando Deus a frente é que conseguimos ajudá-los. D. Josiane, acredito que as experiências vividas pela senhora, ajudará muitas mães

    Ver mais
  6. Muito bom o post. Não sou mãe, mas amo crianças e como aprender nunca é demais, estarei aqui acompanhando toda sexta.
    Beeijinhos!

    Ver mais
1 2 3