De mãe para mãe: Confiança, conquiste-a já!
josiane

Josiane Boccoli

  • 10
  • Abr
  • 2015

De mãe para mãe : Confiança, conquiste-a já!

  • 10
  • Abr
  • 2015

Você tem um compromisso e é algo muito importante para si, mas uma amiga que fica de a levar, não aparece.

Então, liga para ela e ouve: “Desculpe-me, mas esqueci-me!!” Como ficaria?

O seu chefe diz-lhe: “Próximo mês poderá tirar as suas tão esperadas férias” …, o que a deixa feliz e fazer planos. Contudo, alguns dias antes das mesmas ele chama-a e diz: “Tivemos uma grande perda na empresa, dispensámos funcionários e agora não posso dar-lhe as suas férias!! Terá que esperar.” Qual seria a sua reação?

Perdoaria? Por amor à sua alma e por zelar pela sua salvação. Mas certamente não confiaria neles novamente, sim ou não?

Então, porque é que os seus filhos devem confiar em si quando promete as coisas e não as cumpre?
Quando diz que os levará a algum lugar e quando chega o dia, dá uma desculpa?
Promete nas próximas férias fazerem passeios juntos e muda de planos, deixando-os sem o sonhado passeio?

Porque é que o seu filho deveria confiar em si?!

Entenda que quando diz ao seu filho: “Vamos sair amanhã”, e depois não cumpre essa promessa, transmite-lhe insegurança, isto é, que não existe firmeza nas suas palavras. E quando as mensagens não são consistentes, tornam-se imprevisíveis, dão a sensação de incerteza, vulnerabilidade e falta de organização.

Para que o seu filho confie em si, há a necessidade de cumprir com a sua palavra, custe o que custar.
Não existem filhos e nem pais perfeitos, mas é fundamental que haja o vínculo da confiança entre ambos. Os filhos necessitam confiar nos pais para que possam aprender com eles o real significado de confiança.

Honrar a palavra foi o que chamou à atenção de Deus para Abraão, será que nós, igualmente, chamamos à atenção Dele?

Então, querida mãe, se no caso vinha a cometer este erro, entenda que o problema vai muito mais além do que um simples facto de “não poder e ele têm que entender”. Seria melhor não prometer nada, não causar expectativas, ao invés de frustrá-lo e perder a sua confiança.

Na minha opinião, é impossível estabelecer um relacionamento sem confiança. Se o seu filho não confiar em si, como poderá ‘abrir-se’ e contar um segredo ou um problema que esteja a passar? Como ele aceitará os seus conselhos? … Enfim, quando a pessoa não confia noutra, ela afasta-se, desconfia, vê-a como infiel e é indiferente a tudo o que faz e fala, pois para ela deixou de ser um exemplo a seguir.

Por outro lado, a melhor coisa que tem é estar perto de quem confia, ahhh que maravilha! É como o pai que chama o filho e diz: “salta que eu seguro-te” …, e a criança sem olhar para nada, pula simplesmente porque confia.
Conquiste a confiança do seu filho por cuidar da sua palavra, pois somos à imagem e semelhança de Deus e Ele não tarda em cumprir a Sua palavra e zela por ela.
Que os nossos filhos possam saltar e encontrar os nossos braços sempre, sem temerem e por saberem que passem pelo que passarem, em nós podem confiar!


“A sua esperança fica frustrada e a sua confiança será como a teia de aranha;
Encostar-se-á à sua casa, e ela não se terá firme, ampará-la-á, e não ficará de pé;”
(Jó 8.14-15)

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

8 Comments

  1. Verdade, temos que ser de Palavra, pois é ai que mostramos nossa fidelidade para com Deus!

    Ver mais
  2. Obrigado dna Josi muito forte isso as vezes sou tão complacente a minha filha. Genho mudado muito em relação a Sophia monha filha estou aprendendo a tratar lhe como merece com respeito e carinho que merece.
    Um grande beijo dna Josi

    Ver mais
1 2