De Filhos para pais: O poder da oração

Andreia Petrucci

  • 6
  • Abr
  • 2015

De Filhos para pais : O poder da oração

  • 6
  • Abr
  • 2015

Já pediu hoje proteção para si e em favor dos seus familiares?


Intercedeu, em oração, em favor da resolução de um problema de saúde, ou para Deus dar sabedoria ao médico na hora que o consultar?

Pediu a Deus pelo seu filho, que hoje saiu para a escola de manhã cedo e que só verá à noite?

Pois é… Estas perguntas também têm estado dentro de mim nos últimos dias.

Por vezes tão envolvidos pela nossa rotina diária, nos esquecemos de submeter a Deus todos os nossos caminhos e orar, ainda que por breves segundos, em favor de quem nos rodeia.

A fé não serve apenas para grandes conquistas, mas é expressa em detalhes que, tantas vezes, acabamos por considerar demasiado pequenos para serem submetidos a oração.

Ao ouvir uma mensagem do bispo Macedo, nos alertando para esta grande realidade, não poderia deixar de compartilhar convosco, para que se torne igualmente parte do nosso dia a dia.

Se conforme já sabemos, este mundo jaz no maligno – e a tendência é piorar – de que forma nos podemos manter livres do mal e protegidos os nossos familiares?

“Orai sem cessar.” (ITs.5:17)

Muitas coisas acontecem, mesmo sendo pessoas de Deus, justamente pela falta de oração. Se a nossa fé não é exercitada no espírito, a todo o momento, acabamos por ser guiados por sentimentos, e sem proteção, estaremos expostos a todo o tipo de perigos.

E perguntará: “Mas Deus não livra?” Sim, obviamente, e tantas vezes de perigos que nunca chegaram, ou chegarão, ao nosso conhecimento. Mas imagine que era destacado pelo exército para batalhar contra um inimigo; tem uma série de armas de defesa e ataque ao seu dispor, incluindo a armadura, mas não faz uso das mesmas, e sai sem proteção… O que acha que vai acontecer?!

Deus colocou ao nosso dispor diversas “armas” (Ef.6:11-18), sendo uma das mais eficazes o uso constante da fé. Mas muitas vezes incorremos no erro de descurar a vigilância, e acabamos por tornar-nos em presas fáceis do mal.

Temos na Bíblia vários exemplos de homens de oração, cuja dependência de Deus lhes permitiu sobrepujar exércitos, serem livres dos inimigos, curados de graves enfermidades, livres de leões e obterem livramentos miraculosos. Isto é sem duvida extraordinário! Lembre-se destes, e ainda do maior Exemplo, o do nosso Senhor Jesus, que mesmo sendo Deus, não deixou de submeter tudo ao Pai, em oração. A todo o tempo vemos relatos de que Se retirava para falar com Deus. Por isso teve forças para fazer prevalecer a fé nos momentos mais difíceis e marcantes do Seu Ministério terreno.

Se Jesus precisou de orar, para manter-se constantemente no espírito, o que diremos nós?!

“Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.” (Tg.5:16)

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

17 Comments

  1. Não tenho por hábito orar pela minha família mas tive a falar com a minha madrasta para fazermos uma espécie de propósito/corrente para que o meu pai se converta.
    Tenho de começar a orar até nas mínimas coisas pois é assim que O priorizamos.

    Ver mais
  2. orai sem cessar…muito pode a oração de um justo!!!

    Ver mais
  3. A oração faz toda a diferença, e eu tenho por hábito sim, orar pela minha família, pedir a Deus que abançoe o nosso dia e pedir a Deus que desfaça todos os planos que o diabo está a arquitetar para a nossa vida. Estar em contantemente conectada com as coisas de Deus.

    Ver mais
  4. Profundo!

    Ver mais
  5. Olá Andreia!!!

    Diante do que li hoje, muitas vezes reconheço que faço as coisas com a força do meu braço, seria até mais simples somente abrir a boca e pedir ajuda, pedir uma direção que tudo seria diferente.

    Um grande abraço.

    Ver mais
1 2 3