Audio: Como honrar a Deus

Viviane Freitas

  • 8
  • Set
  • 2014

Audio : Como honrar a Deus

  • 8
  • Set
  • 2014

Temos falado sobre os judeus, os quais têm feito algumas perguntas, sem entender o que o Senhor diz. Vamos dar continuidade a este assunto:

“Responderam, pois, os judeus e lhe disseram: Porventura, não temos razão em dizer que és samaritano e tens demónio?
Replicou Jesus: Eu não tenho demônio, pelo contrário, honro a meu Pai, e vós me desonrais.
Eu não procuro a minha própria glória; há quem a busque e julgue.
Em verdade, em verdade vos digo: se alguém guardar a minha palavra, não verá a morte, eternamente.” (Jo.8:48-51)

Os judeus tinham as suas dúvidas. E existem pessoas neste exato momento, que têm as suas dúvidas, e pensam: Será que eu me justifico?

“Eu fui atacada; disseram coisas a meu respeito, feriram-me, mentiram, julgaram-me e proferiram o que não era certo, ou coisas que não encaro dessa forma…”

Por vezes, há esse conflito dentro de si: Se fala, parece que se está a justificar e não confia em Deus; se não fala, aparenta estar errada. Então, qual a resposta e como deve proceder?

Quando está perante uma situação idêntica à do Senhor Jesus, há questões que Lhe estavam a ser colocadas. Neste caso, pelos fariseus, religiosos, que O julgavam e não O aceitavam, de forma alguma. E quando eles perguntavam, o Senhor Jesus respondia. Era “direto ao ponto”, sem rodeios.

“Replicou Jesus: Eu não tenho demônio, pelo contrário, honro a meu Pai, e vós me desonrais.”

Aqueles judeus tinham todo o exemplo do Senhor Jesus. Perguntavam-Lhe, precisamente, porque Ele tinha o que responder; tinha o que dar. E eles não! Estavam cheios de sentimentos. Quando vê as respostas do Senhor Jesus, percebe a realidade e não uma justificação. Percebe um “nível alto”, sem sentimento.

Os judeus estavam em dúvida, a atacá-Lo, e o Senhor Jesus disse-lhes a verdade. Tudo o que ele queria para aqueles judeus, era despertá-los para a realidade, que eles mesmos não conseguiam enxergar. E tudo o que eles queriam era brigar, impor a sua vontade.

Quando existe uma imposição de vontade, de afirmação, ou de procurar a afirmação de terceiros, então destaca-se a glória que quer receber, pela sua própria vontade, e não pela vontade de Deus, porque, se assim fosse, confiaria n’Ele. Foi o que o Senhor Jesus fez, falando a verdade sem impor nada.

Não disse em meias palavras, com um jeitinho doce, mas diretamente, como: “Vocês estão a desonrar-me e a atacar-me, quando vocês precisam é de Deus, e eu O tenho, para lhes dar. Vejam o meu procedimento, que não procuro a própria glória. Mas vocês procuram afirmação, e impor a vossa vontade em mim. E eu não estou a desonrar o meu Pai, mas vivo para O servir.”

Quando vive para servir a Deus, então a sua consciência está limpa. Não há necessidade de procurar afirmação. Mas quando a procuramos em terceiros, então é sinal que a intenção e os sentimentos estão à flor da pele e que está a agir da forma errada. Não está a glorificar a Deus com a sua vida, mas procurando glorificar a si mesma, por imposição das suas ideias e pensamentos.

Aqui está a resposta.

Talvez fique em “cima do muro”, sem saber para onde ir… se responde ou não. Deve responder, quando o faz racionalmente, sem sentimentos, mas baseada na verdade. A partir do momento que envolve o sentimento, já vai errar! Vai atrapalhar-se e criar, por conseguinte, outros problemas. Quando se baseia em uma fé inteligente, preserva a sua alma. Está no mesmo nível que o Senhor Jesus, procurando glorificar a Deus e não buscando a sua própria glória.

Um grande abraço para vocês e até quarta-feira.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

41 Comments

  1. Olá dna Viviane.
    Foi justamente o que eu necessitava ouvir, foi uma resposta.
    Tenho que ser mais racional e viver apenas para Deus.

    Ver mais
  2. Me ajudou muiitooo!!

    Ver mais
  3. Devemos confiar em Deus, confiar na Sua Palavra e sempre fazer a Vontade d’Ele… As vezes surgem situações, questionamentos de pessoas que não são da mesma Fé que nós querendo nos fazer duvidar, mais não podemos nos deixar levar por sentimentos… Mas agir conforme o Senhor Jesus fez usou a sabedoria vinda do Pai deixando todo sentimento de lado e disse o que agrada a Deus.

    Ver mais
  4. quando vivemos para servir a Deus,a nossa consciência esta limpa.não a necessidade de procura afirmação mas quando procuramos já e sinal que a nossa intenção e errada não estamos glorificado a Deus com nossa vida mas a si mesma.

    Ver mais
  5. quando vivemos para servir a Deus,a nossa consciência esta limpa.não a necessidade de procura afirmação mas quando procuramos já e sinal que a nossa intenção e errada não estamos glorificado a Deus com nossa vida mas a si mesma.

    Ver mais
1 5 6 7