Audio: Você‚ se apresenta ou foge da fé prática?

Viviane Freitas

  • 10
  • Dez
  • 2014

Audio : Você‚ se apresenta ou foge da fé prática?

  • 10
  • Dez
  • 2014

Olá a todos os internautas. Hoje está preparado? Gostaria de saber um pouco de vocês, que estão a participar na Campanha, como também de si, que tem ouvido os áudios, dando seguimento ao que temos falado.

Eu não posso falar pessoalmente convosco, mas vocês podem escrever aqui no Blog!

“Muito tempo depois, veio a palavra do SENHOR a Elias, no terceiro ano, dizendo: Vai, apresenta-te a Acabe, porque darei chuva sobre a terra.Partiu, pois, Elias a apresentar-se a Acabe; e a fome era extrema em Samaria.” (I Reis 18:1,2)

Você que tem acompanhado desde o princípio sobre Elias, sabe que a primeira vez que ele se apresentou a Acabe, foi para lhe dizer que não mais choveria. E agora passados três anos, após a multiplicação da farinha e do azeite, de ter trazido à vida o filho da viúva, passado tanto tempo, Deus disse-lhe para novamente se apresentar a Acabe.

E o que eu entendo com isto? Que agimos a nossa fé, afrontamos o problema e temos ódio do pecado e do mal ou do trabalho do diabo, mas talvez tenhamos medo de voltar para nos apresentarmos a quem “odiamos”. Pois aquele clima tenebroso, aquela “nuvem negra” está entre nós e o indivíduo. Mas veja que o nosso Deus, o Deus de Israel, nos incentiva e ensina, trabalha e investe em nós quando nos diz para enfrentarmos os problemas. Ele não permite que fiquemos acomodados! Ele faz com que haja em nós uma dependência d’Ele.

E assim foi… Elias partiu para apresentar-se a Acabe, e a fome era extrema. O problema que Elias provocou era enorme, agravou-se, pois a fome já se tornara extrema em Samaria.

Veja que aquilo que foi profetizado ao Rei Acabe, aconteceu! A sua palavra foi dita e feita, pois tinha Espírito. E o que me chama a atenção é que a nossa palavra tem que ser firme. Porque veja: Nós falamos e podemos profetizar, assim como podemos “brincar” e não levar a sério, não nos comprometermos; não sermos pessoas de palavra. E assim se coloca em causa a nossa “reputação”, não por orgulho, mas porque devemos resguardar e preservar aquilo que é sério.

Devemos colocar as nossas “barbas de molho”, pois nós, mulheres, normalmente falamos muito e até coisas impensadas, daquilo que o coração está cheio. Por isso há a necessidade de constante vigilância, para quando afrontarmos os problemas, os venhamos a resolver no nosso interior, sendo firmes nas nossas palavras.

Não fuja dos seus compromissos, da sua palavra; seja esta “sim, sim, não, não”. O que passar disso não vem de Deus, mas do maligno. Apresente-se, não fuja, mas resolva, pois este é o Espírito de Deus e é isto que Ele nos pede!

Um grande abraço para vocês e até sexta-feira!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

30 Comments

  1. E forte o que a sr. Falo hoje no audio aprende q naõ podemos fugit dos problemas sem resolvelos. Enfrenta sim sim, e naõ naõ. Ter um carater cerio fala menos pensar antes de falar. Que falamos muito eu mesmo tenho q. Frear sempre minha boca . Amo falar e estou me corregindo tudo isso agradesso al Goodllywood. Que me esta formando em uma mulher discreta bjs dona vivi????????

    Ver mais
  2. Es importante que siempre nuestras actitudes vayan acompañadas de una acción basada y determinada con lo que aprendemos día día porque es cierto que solo Dios es el único que nos da ese coraje esa fe y esa perseverancia para que vayamos en frente sea lo que sea y no dudemos,ni un solo iinstante porque Dios es con nosotros. Gracias Sra.Viviane.

    Ver mais
  3. Muito forte este audio, realmente nós temos que ser firmes no que falamos, não só em cumprir com a nossa palavra,como também acreditar naquilo que estamos a determinar e a falar, eu sou das que fala muito, mas eu tenho o cuidado de falar coisas positivas, boas, não perco tempo falando o que não interessa até porque levo muito a sério aquilo que falo para alguém que está a precisar de ajuda não posso brincar com a vida das pessoas logo tenho que transmitir vida a quem me ouve e não morte, e quando se transmite vida logo depois há o testemunho da pessoa que corre para nos contar, que aquilo que falei que ia acontecer de bom aconteceu;
    E é uma alegria tão grande saber, não só que Deus confirmou tudo o que falei, mas ver essa mesma palavra viva na vida da pessoa.

    Ver mais
  4. Muito forte este audio, realmente nós temos que ser firmes no que falamos, não só em cumprir com a nossa palavra,como também acreditar naquilo que estamos a determinar e a falar, eu sou das que fala muito, mas eu tenho o cuidado de falar coisas positivas, boas, não perco tempo falando o que não interessa até porque levo muito a sério aquilo que falo para alguém que está a precisar de ajuda não posso brincar com a vida das pessoas logo tenho que transmitir vida a quem me ouve e não morte, e quando se transmite vida logo depois há o testemunho da pessoa que corre para nos contar, que aquilo que falei que ia acontecer de bom aconteceu;
    E é uma alegria tão grande saber, não só que Deus confirmou tudo o que falei, mas ver essa mesma palavra viva na vida da pessoa.

    Ver mais
  5. muoto forte esse audio de hoje temos que ser reumente
    firmes no que falamos.

    Ver mais
  6. TEMOS REALMENTE QUE SER FIRMES PORQUE SENÃO A GENTE NÃO TEM FORÇAS DE LEVAR NADA ADIANTE.
    NÃO É NADA FÁCIL, TEMOS QUE SER PERSISTENTE E NÃO VACILAR OU DUVIDAR.

    Ver mais
1 3 4 5