Audio: Quando é que surge um homem de Deus, que faz a diferença?

Viviane Freitas

  • 26
  • Nov
  • 2014

Audio : Quando é que surge um homem de Deus, que faz a diferença?

  • 26
  • Nov
  • 2014

Hoje vamos começar a falar sobre Elias, já que estamos na fé do Monte Carmelo, na fé do sacrifício.

Pense comigo: Como surge o Homem de Deus? Como é que ele surge do “nada”, tendo a ousadia de desafiar o rei?!

“Fez Acabe, filho de Onri, o que era mau perante o SENHOR, mais do que todos os que foram antes dele.

Como se fora coisa de somenos andar ele nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi, e serviu a Baal, e o adorou.

Levantou um altar a Baal, na casa de Baal que edificara em Samaria.

Também Acabe fez um poste-ídolo, de maneira que cometeu mais abominações para irritar ao SENHOR, Deus de Israel, do que todos os reis de Israel que foram antes dele.” (I Reis 16:30-33)

Para que surja um homem de Deus, antes existem factos! Obviamente o homem de Deus não surge em virtude de terceiros, mas por si mesmo, por querer ser justo para com Ele.

O rei Acabe fez tudo o que era errado e mau perante o Senhor, mas Deus, mesmo com todo o Seu poder e magnitude, não fez nada que o impedisse de cometer as suas abominações. Para irritar a Deus, com certeza ele sabia que estava errado.

Não irritamos Deus com algo que não temos consciência ou quando desconhecemos a verdade; quando não sabemos a diferença entre o certo e o errado. Mas o próprio rei cometeu abominações para irritar a Deus.

Perceba através deste exemplo, que Deus a respeita! Nem com todo o Seu poder e a Sua magnitude, Ele lhe impõe a Sua vontade. Jamais! Mas Ele não faz nada sem a participação do Homem. E quem seria este? Onde ele estaria?

Pode acompanhar na sexta-feira de que forma surgiu Elias…

Hoje abordamos a situação que teve lugar antes de Elias aparecer.

Veja que uma situação irritável para Deus não poderia ser indiferente àquele que O serve. Não há como ficar indiferente a algo que é mau perante Deus e nada fazer!

Para ter a fé sacrificial de entregar toda a sua vida no altar de Deus, tem que ter consciência, não apenas da manifestação da fé de sacrificar os seus pertences, como também você, por si própria, odiar o que é injusto e a faz separar de Deus. Não pode aceitar ser indiferente ao que é injusto. Perante esta situação há revolta!

Sobre este assunto vou falar no próximo audio.

Um grande abraço e até sexta-feira.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

27 Comments

  1. Buenas tardes sra. Vivi
    Ese es el deseo de mi corazón, ser una mujer de Dios que marca la diferencia.
    Elegir seguir a Dios y obedecer su palabra, es el camino cierto pero con mucho sacrificio.
    Son muy pocos los que escogen ese camino, pero la recompensa merece la pena.
    Gracias por el mensaje sra.

    Ver mais
  2. fazer a diferença e asim que deve ser

    Ver mais
  3. Para mim nao irritar a DEUS TENHO QUE ESTA SEMPRE Vigilante nas minhas atitudes e ser vigilate para nao vir intrisrecer a DEUS, Vigiar os meus pensamentos, o que falo. me ajudou muito este audio.

    Ver mais
1 3 4 5