Atenção que nos faz admirar

Viviane Freitas

  • 15
  • Jun
  • 2015

Atenção que nos faz admirar

  • 15
  • Jun
  • 2015

Você já viu algo que cativou a sua atenção. E ao mesmo tempo admirou.

E o que fez diante daquela admiração?

“Você levou para casa.”

Como assim?
Aquela admiração acompanhou os seus pensamentos e certamente “falou” algo para você agir e fazer.

E aquela cena, ou ato, ficou na sua memória. Pode até passar o tempo, mas aquilo permanece… porque evidenciou algo que lhe deu uma lição de vida.

Assim acontece comigo. Eu levo cenas, atitudes de pessoas que eu admiro e ficam reservadas na minha memória como algo que eu tenho que atingir ou que eu apenas aprecio.

E todas as coisas que não fazem parte da nossa vida ou do nosso quotidiano, são as coisas que nos chamam a atenção.

Já lhe dei entrada do que acontece quando algo nos chama a atenção. Agora imagina quando é uma pessoa.

E no artigo “Meu Gosto” de hoje, quero falar de uma pessoa que me chamou a atenção e me ensinou o que Deus procura em nós.

joselaine_small

Joselaine Ribeiro é uma esposa de pastor, que quando cheguei aqui em Portugal, estava fraca espiritualmente. Estava caminhando rumo ao inferno sem saber.

E participando nas reuniões de esposas de pastor em Portugal, ela veio a dar-se conta da sua triste realidade.

Ela tinha uma “melhor amiga” que compreendia os seus dramas. E a apoiava.

Normalmente, a Joselaine sentava nas últimas cadeiras, na reunião de esposas, pois ela sabia que a reunião “afrontava” e a colocava na “parede” para agir em conformidade com a Palavra de Deus e a fé que ela dizia ter.

Mas chegou um tempo, não muito tempo (foi logo no inicio quando cheguei aqui a Portugal), que ela reconheceu toda a podridão que estava contaminando a sua fé. E quando foi falar com a sua outra amiga, da sua descoberta, tentando também ajudá-la a sair desse rumo ao inferno, a amiga não a compreendeu.

Essa amizade era carnal. Falava mal dos outros. Elas eram as vítimas de sempre e etc. …

Joselaine começou a dar passos radicais devido à sua fé. Ela abandonou aquela amizade, ficou “”, e ao mesmo tempo também quis aproximar-se de mim.

Eu vi, e lembro-me inclusive desse dia, no qual estávamos num passeio com todas as esposas de Lisboa, no Parque Aquático, e ela veio de uma forma diferente de todas as outras que chegavam até mim.

Não sei dizer o quê, mas algo me chamou a atenção nessa primeira vez que vi a Joselaine.

Depois de algum tempo, ela veio a contar acerca da trajetória de fé que estava tomando. Contou-me do estado em que se encontrava e etc. …

A partir de então, Joselaine foi desenvolvendo a sua salvação. Passou a ultrapassar os seus problemas, à medida que os foi encontrando.

Hoje posso dizer que ela é uma esposa que descobriu o segredo, de estar sempre atenta à sua própria fé.

Não tenho preocupação quanto à forma que ela está, porque ela descobriu o segredo da vitória.

Desculpe hoje o texto ser um pouco mais comprido, mas tenho que falar acerca da minha admiração por Joselaine, como também de todas as esposas que deixaram o seu “orgulho” de lado e desenvolveram.

A parte que gostaria de chamar a atenção dos internautas é o seguinte:

Diante de tantas pessoas à sua volta na reunião, que escutam as mesmas palavras que você escuta, qual tem sido a sua reação em relação a tudo aquilo que tem visto a seu respeito: Consciência ou Frutos dignos de arrependimento?

Se produz frutos dignos de arrependimento, então a sua luz brilhará aonde quer que você esteja: família, colegas de trabalho e até pessoas que estão distantes verão a sua luz.

Chamou-me a atenção o caso da Joselaine, porque ao mesmo tempo que queimava a Palavra de Deus em seu ser, ela fez-se escolhida porque reconheceu e aceitou obedecer à voz de Deus. E isso foi sozinha.

Eu não sabia do seu estado.
Eu não a atendi para revelar o seu estado.
Mas ela, por si própria, aceitou a Palavra de Deus.
Isto é, ela aceitou Jesus.
Ela aceitou a Luz. E negou as trevas, que escondiam o seu estado.

Admiro quando alguém reconhece e tem frutos dignos de arrependimento que duram para a vida.

E se você é uma internauta que apenas fala do que enfrentou no passado, na sua vida, não entendeu nada do que está escrito.

Porque o que é admirável, é reconhecer o estado espiritual e assumir diante de Deus e diante dos homens. Esses seus frutos não produzem apenas para aquele ano, mas produzem nos anos a seguir. Sempre acrescentando algo.

Admiro todos quanto recebem o meu Pai Senhor Jesus.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

99 Comments

  1. D. Vivi, amo seus posts, e esse caiu como uma luva, sobre a palavra que estou meditando por esses dias ” A humildade precede a honra”, e é quando nós reconhecemos que precisamos de ajuda, Deus honra nos salvando de dias piores.

    Ver mais
1 15 16 17