Alergias sazonais e crónicas

Bárbara Filipe

  • 6
  • Dez
  • 2015

Alergias sazonais e crónicas

  • 6
  • Dez
  • 2015

As alergias em geral são respostas exageradas do nosso sistema imunológico a substâncias estranhas ao organismo.

Ou seja, é uma hipersensibilidade a um estímulo externo específico e pode verificar-se de forma crónica ou apenas em determinadas alturas do ano.

Quando os sintomas mais comuns se tornam recorrentes é de extrema importância consultarmos um alergologista e efetuarmos os exames específicos.
Existem exames que determinam a que substâncias reagimos e também já é possível uma avaliação de intolerância alimentar.

Mas quais são os sintomas mais frequentes?

– Irritabilidade na garganta ou boca;
– Comichão nos olhos e nariz;
– Pressão nos ouvidos;
– Tosse seca;
– Espirros constantes;
– Manchas avermelhadas na pele;
– Dificuldade em respirar pelo nariz;
– Diminuição do olfato.

Caso alguns, ou todos estes sintomas sejam frequentes, em especial na primavera ou outono, existe a possibilidade de reação alérgica que, sem dúvida, deve ser observada pelo alergologista ou imunoalergologista.

Uma vez a origem da alergia ter sido devidamente identificada, será prescrito o tratamento adequado.
Em diversos casos, em especial nas alergias crónicas, o tratamento passa por vacinas específicas que combatam a substância que dá origem às reações alérgicas.

Não se automedique, não recorra ao médico apenas quando já não consegue suportar os sintomas, como por exemplo a falta de ar.
Se lhe foi diagnosticada uma alergia sazonal ou crónica, procure o especialista, siga o tratamento até ao final e elimine do seu dia a dia os possíveis focos das substâncias a que é alérgico.

Um ambiente sempre limpo, uma casa arejada, roupas sem “pelo”, o cuidado com as tintas que se aplicam no cabelo e com a alimentação que se faz, são algumas dicas comuns a qualquer tipo de alergia, no entanto, e dependendo dos resultados dos exames efetuados pelo alergologista, poderão existir outros cuidados que deve observar para evitar as crises alérgicas.

Invista em si, cuidando da sua saúde!
Até para a semana.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

9 Comments

  1. Por muito tempo eu tinha sintomas alérgicos mas nunca deu importância , nunca procurei um médico , ou qualquer outro tratamento para saber o que estava acontecendo.
    Os sintomas pioraram e recentemente tive as crises de dificuldade para respirar a ponto de parar nas emergências hospitalares.
    Desenvolvi uma sinusite crônica,rinite e alergia respiratória.
    Agora tenho que , de dos tratamentos , usar a fé inteligente para ficar curada , porque antes eu não dava importância a minha saúde.

    Ver mais
  2. Sra Vivían,
    soy una de esa persona con alergias fuertes en el cambio de estación, al polen, dusty, al grass, olor fuertes de perfume, y a sasonadores que me llevó al hospital de emergencia me brotó en todo el cuerpo , se cerró mi garganta, fue una mala experiencia,me da unos estornudar y no para, por eso voy a medico y no me medico, por mi cuenta, no es bueno. Antes yo no hacía cuidado de mi cuerpo, pero ahora sí.
    Gracias por los consejos.

    Ver mais
  3. Indicações perfeitas, estou com crise alergica, e as orientações vão me ajudar muito.

    Ver mais
1 2