A vida de Jacó – 19º Dia

Viviane Freitas

  • 13
  • Jul
  • 2013

A vida de Jacó – 19º Dia

  • 13
  • Jul
  • 2013

 

Olá a todos. Hoje, Sábado, estamos aqui novamente a falar sobre a vida de Jacó.

“Então, Esaú correu-lhe ao encontro e o abraçou; arrojou-se-lhe ao pescoço e o beijou; e choraram.

Daí, levantando os olhos, viu as mulheres e os meninos e disse: Quem são estes contigo? Respondeu-lhe Jacó: Os filhos com que Deus agraciou a teu servo.

Então, se aproximaram as servas, elas e seus filhos, e se prostraram.

Chegaram também Lia e seus filhos e se prostraram; por último chegaram José e Raquel e se prostraram.” (Gn.33:4-7)

Perceba o que aconteceu com Esaú…

Mas antes disso, pergunto: Quem fez o sacrifício? Não foi Jacó?!

A oferta e o sacrifício falam por nós. São vida! Falam publicamente, sem palavras.

Lembra-se quando Abel e Caim apresentaram os seus sacrifícios a Deus? Ele aborreceu-se de Caim, o qual matou o seu irmão, mas até hoje o sacrifício de Abel, clama, da terra, a Deus.

Você até pode estar vivo, mas a sua oferta não “dizer” nada. E isto, porque não existe, de fato, sacrifício. Talvez haja à sua maneira, mas não é o “tudo”.

Toda a família de Jacó estava reunida, mas quem se prostrou 7 vezes? Não foi Jacó?! Veja a característica de alguém que sacrifica para Deus… É humilde!

Quando Jacó se encontrou com o seu irmão, então Esaú, correu-lhe – não andou – mas correu ao seu encontro e o abraçou, “…arrojou-se-lhe ao pescoço e o beijou; e choraram.”

Agora, existia um verdadeiro amor. Com dores, com erros de ambos, mas quando um sacrificou, deu lugar ao perdão, à harmonia que lhes faltava. A consciência ficou limpa, da parte de Jacó, pois foi ele que chamou a atenção de Deus.

A nossa vida pode tornar-se, tanto uma história positiva, quanto negativa. Ainda que alguém apresente o sacrifício e eu faça parte da sua vida, quem plantou e sacrificou é que receberá a recompensa pela sua audácia, pela forma como enfrentou o problema e obteve a conquista.

Jacó lutou com Deus e com os homens e perseverou em lutar.

O fato de você sacrificar a Deus e ter o seu nome transformado, não significa que deva parar, mas perseverar, adiantando-se ao problema e negando tornar-se um acomodado.

Outrora Jacó tinha medo, inclusive do irmão, mas após ter lutado com Deus e sacrificado, tornou-se destemido.

O sacrifício transmite certeza e paz, pois cobre a nossa “dívida”. Quando não se sacrifica, tem-se medo, porque se reconhece que está em falta. E isto impede de se adiantar…

“Então, se aproximaram as servas, elas e seus filhos, e se prostraram.

Chegaram também Lia e seus filhos e se prostraram; por último chegaram José e Raquel e se prostraram.”

A família viu no pai, Jacó, a referência!

Há muitas pessoas ao seu lado que não se “prostram”, por não verem esta referência em si; porque não sacrificou por inteiro. Mas agora, se tem consciência e está disposto… Se está realmente revoltado e sozinho com Deus e não teme encarar o problema, tem energia para o fazer.

Todos eles se prostraram porque tiveram a referência, e esta referência revoluciona!

Ultimamente, os meus dias têm sido a “sós”… e tenho aproveitado cada dia como uma oportunidade para estar perceptiva ao que necessito fazer. Assim, estou grata a Deus, por juntamente consigo, estarmos a viver no mesmo espírito.

 

Não se esqueça, amanhã estaremos aqui novamente. Até lá!

 

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

28 Comments

  1. olá querida pois quando meu sacrificio é tudo de mim por tudo de Deus só me resta agradecer a Deus a resposta na minha vida.

    Deus abençoe.

    Ver mais
  2. Bom dia! Quem luta com Deus, ela nao para, nao se acomoda! Mas vai em frente e foi o que jaco fez , enfrentou o seu irmão , foi destemido! E sua família prostrou se junto com ele, quer dizer viu a referencia que jaco era para eles! Quando a pessoa sacrifica torna se uma referencia paradas demais pessoas!

    Ver mais
  3. Boa noite,
    Agora o sacrifico fala por mim, o poder do sacrifício clama pela transformação da minha vida. E naturalmente todos os que me rodeiam poderão presenciar a acção do próprio Deus. A dor do sacrifício é substituída pela paz da certeza que vem de Deus. Pela mudança, por uma nova atitude, pela conquista, pela coragem.
    Deus abençoe!

    Ver mais
  4. Rsrs Muito forte, quando ha sacrificio, primeiramente para DEUS, ha uma transformacao, todo aquele odio que Esau tinha por Jaco, Deus mudou o coracao dele…Mas eu tenho a certeza se Jaco tivesse ido na forca do braco, concerteza nao teria esse resultado.Assim somos nos quando oramos pela igreja, pelo povo, pelos jovens, DEUS pode mudar tudo, ate os coracoes mais duros, mas tem que haver sacrificio entrega total.
    O sacrificio nos da uma conciencia limpa, coragem , intrepidez…A familia de Jaco viu um referencial nele, eu quero ser esse referencial.

    Ver mais
1 3 4 5