A quem ouvir?

Elaine Rocha

  • 16
  • Jun
  • 2015

A quem ouvir?

  • 16
  • Jun
  • 2015

Já parou para pensar quantas são as vozes que todos os dias ouvimos?

São muitas… entre elas as vozes dos familiares, de amigos, de desconhecidos, de famosos, dos que ditam a moda e também do nosso próprio “Eu”.

Sabe aquela voz que sempre quer opinar dentro de si, que parece a voz da serpente que tentou
Eva no jardim do Éden? Sempre tem algo negativo para acrescentar, do tipo… “Você não pode, não precisa, para quê tanto esforço, não é bem assim…” ou seja, sempre tentando diminui-lo(a). Ou aquela voz: “É só hoje! Não vai acontecer nada se fizer só uma vez, Deus entende que a carne é fraca!” ou “Deus entende que precisa mentir. A situação não dá outra escolha!

É isso que a voz do nosso “Eu” faz. Quer sempre prevalecer sem pensar nas consequências. E claro, o diabo não perde tempo, sabendo o que enche os seus olhos, encarrega-se de preparar uma armadilha!

Mas como ouvir a voz de Deus, a voz da fé?

Pense comigo… Quando você conhece muito bem uma pessoa, seja familiar, amiga, reconhece a sua voz, às vezes até pelos passos sabe que é ela a chegar, ou pelo bater da porta ou a forma como toca à campainha, já sabe quem é! A sua convivência com essa pessoa permitiu-lhe ser tão próxima, que reconhece quando ela está por perto.

Assim é a voz de Deus! Quanto mais se interessar em ouvi-Lo, tiver prazer em buscá-Lo, conversar com Ele, fazer Dele o seu amigo, mais claro será para distinguir quando é a Sua orientação e mais fácil será saber o que Ele espera de si!

Para reconhecer a voz de Deus, precisa conhecê-Lo!

Quando Deus fala não deixa dúvida!

Um abraço e até para a semana!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

61 Comments

  1. Quanto mais perto de Deus estivermos, ficamos bem com nós mesmas e automaticamente com os outros. Temos paz no nosso interior que é o principal!

    Ver mais
1 9 10 11