9º Dia – Quem é o que não entende, não vê e não entra no reino de Deus?

Viviane Freitas

  • 18
  • Jun
  • 2014

9º Dia – Quem é o que não entende, não vê e não entra no reino de Deus?

  • 18
  • Jun
  • 2014

“Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.Este, de noite, foi ter com Jesus e lhe disse: Rabi, sabemos que és Mestre vindo da parte de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, voltar ao ventre materno e nascer segunda vez? Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo. O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito. Então, lhe perguntou Nicodemos: Como pode suceder isto? Acudiu Jesus: Tu és mestre em Israel e não compreendes estas coisas? Em verdade, em verdade te digo que nós dizemos o que sabemos e testificamos o que temos visto; contudo, não aceitais o nosso testemunho. Se, tratando de coisas terrenas, não me credes, como crereis, se vos falar das celestiais? (Jo.3:1-12)

Nicodemos, quando foi ter com Jesus, fê-lo de noite. Porquê? Repare que ele tinha uma posição como principal dos judeus.

E quantas não são as pessoas mesmo dentro da Igreja, com uma posição, que não assumem a sua fé? E o problema maior, é “esconder-se” por receio do que os outros saibam e pensam a seu respeito.

Quando não assume a sua condição, para resolver o problema, não valoriza a si mesma e não quer a verdade. Tudo o que está nas trevas, se não quer ser descoberto, jamais se aproxima da luz.

“Rabi, sabemos que és Mestre vindo da parte de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.”

Afinal, como é que a pessoa nasce de novo? Quais os passos para o novo nascimento?

Assumir a sua condição

Todos nascemos por intermédio do sangue – pai e mãe – mas isso não significa que nascemos de Deus, ainda, como no meu caso, que os meus pais fossem da fé. Mesmo assim, eu experimentei o novo nascimento. Ou não veria o Reino de Deus. Mas, para que isso aconteça, eu tive que assumir a minha posição.

Não adianta ficar envergonhada quando o pastor chama à frente e se encaixa naquele quadro; não adianta esconder-se. Neste caso, preocupa-se mais com os outros do que em resolver o seu problema. Já pensou nisso? Desta forma, não é verdadeira! Está a fingir, baseada no julgamento das pessoas.
Quando a mensagem vai ao meu encontro, tenho que assumir, e pronto! Posso ser filha do Bispo Macedo, esposa do Bispo Júlio, seja quem for.
O que importa se as pessoas me vão julgar ou ter maus olhos? Se há algo a resolver dentro de mim, não adianta ir a Jesus de “noite” (às escondidas).

Assuma a sua condição, pois, se não o fizer, será semelhante a um fariseu e não tem como nascer de novo, pois ainda aprecia o seu fingimento, a sua mentira e o seu engano.

Para Deus, o que mais se destaca é a sua sinceridade, ser verdadeira com Deus e resolver o que precisa. Preocupar-se com os outros revela orgulho! E o que esse orgulho tem feito por si há tanto tempo? Diga-me!

Saia um pouco de “dentro” de si, e veja a “figura” que tem feito, infeliz, triste, amargurada. Assuma a sua condição, sem medos e fingimentos. Você tem que se valorizar. Está à espera que outros o façam, quando, na verdade, ninguém precisa de o fazer por si!

“Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, voltar ao ventre materno e nascer segunda vez?”

A pessoa que não é verdadeira consigo mesma, não consegue entender o que é ser transparente. Pensa que queremos saber dos seus “podres”. Eu não preciso saber, mas você tem que se libertar dos mesmos, dessa mentira e engano. Eu não preciso saber de nada a seu respeito, mas você precisa arrancar esse orgulho. E, para o fazer, deve assumir a sua condição: “Eu não nasci de novo, não entendo o que o Senhor diz e quero fazer tudo do meu jeito; ir ter com o Senhor de “noite”, com vergonha do que os outros vão pensar de mim. Mas eu não aceito esta condição! A partir de hoje, vou valorizar-me da forma como o Senhor me valoriza, e não me preocupar mais com o que os outros pensam.”

Seja sincera! É tão lindo quando você é assim… O fato de, eventualmente, ser imperfeita, não significa que você seja um problema, porque eu não a vejo assim.

“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus.”

O que é nascer da água e do Espírito?

Quando permite que a Palavra de Deus a lave e decide batizar-se nas águas, porque quer sepultar a “velha” criatura.

Quem é nascido da carne, é carne, mas o nascido do Espírito, tem vida! Não é uma pessoa anulada.

E quando nascemos do Espírito, não há suposições, como convencer, a si mesma, que isso aconteceu, pois, dentro de si, ainda existem caraterísticas de fingimento, de engano, de mentira e vergonha de assumir Jesus e, no momento em que faz uma análise ao seu caráter, verifica que ainda há a mesma natureza, de como sempre foi… de Ser Humano.

“Em verdade, em verdade te digo que nós dizemos o que sabemos e testificamos o que temos visto; contudo, não aceitais o nosso testemunho.”

Até ouve os servos de Deus falar, sobre o que temos visto e vivido, mas não aceita o testemunho de caráter, de humildade, de verdade.

“Se, tratando de coisas terrenas, não me credes, como crereis, se vos falar das celestiais?”
Por isso, há pessoas que ouvem as coisas de Deus e nada entendem. Porque não nasceram de novo. Mas, amiga, você tem a sua oportunidade! Agarre-a. É agora… Você reconhece e assume?

Quando vivemos o que cremos, o que acontece dentro de nós é algo estrondoso.

Na realidade, o que Deus lhe pede, é o que está a reservar e que ainda a bloqueia, mas, se você entregar, será feliz, leve, espontânea, vai valorizar-se e ter credibilidade, dentro de si e perante os outros.

Vai tornar-se linda!

Não é o fim, mas a sua oportunidade. Já lhe dei os passos. Está nas suas mãos; agora resolva o que está dentro de si. Assuma a sua fé!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

316 Comments

  1. A cada estudo sinto-me avivada graças a Deus,e é isso crê na palavra e viver a palavra,como ja disse em outros comentário,a miha fé em Deus vai muito alem do material,das bênçãos cura milagres,marido trnsformado,filha trnsformada.eu quero aprender mais de Deus viver a palavra medita na palavra o que Deus quer pra mim.é o que eu quero,que eu não venha estar na igreja por interese material,interese sim pela minha vida Espiritual,no nome do Senhor Jesus.

    Ver mais
1 51 52 53