9º Dia – Quem é Deus?

Viviane Freitas

  • 6
  • Fev
  • 2015

9º Dia – Quem é Deus?

  • 6
  • Fev
  • 2015


Olá a todos os internautas. Hoje já é o 9ºDia do Jejum, e se tem perseguido o seu objetivo, você é a mais forte!

Tem colocado as coisas em 3º plano, fazendo de tudo para obter o seu objetivo, seja você, que já é batizada com o Espírito Santo, como você que está em busca do mesmo.

Hoje quero falar acerca de quem é Deus.

“Eu sei, respondeu a mulher, que há de vir o Messias, chamado Cristo; quando ele vier, nos anunciará todas as coisas.

Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo.

Neste ponto, chegaram os seus discípulos e se admiraram de que estivesse falando com uma mulher; todavia, nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela?

Quanto à mulher, deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens: Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo?!

Saíram, pois, da cidade e vieram ter com ele.” (Jo.4:25-30)

A grande observação que fiz aqui, é o que muitos, eventualmente, estão a dizer: “Eu sei que Deus está à procura de adoradores que O adorem em espírito e em verdade; eu sei disso e daquilo…”, e muitos perdem a sua oportunidade porque pensam que sabem, mas na prática, pouco fazem. Para conhecer a Deus, não é apenas ter a sensação de que sabe ou ter o conhecimento. Muitos crentes “conhecem” a Deus, sabem vários versículos bíblicos, no entanto, na sua vida, é como se não O conhecessem. E Jesus disse: “Eu o sou…”, porque ela não identificava que era Jesus.

Veja algo interessante que ressaltou aos meus olhos: “Quanto à mulher, deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens: Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito.”

Aquela mulher que já tinha tido cinco maridos e o sexto já nem era dela, ao invés de ficar preocupada aos pés de Jesus, querendo adorá-Lo, deixou o seu cântaro, representando o seu sustento e futuro, foi à cidade e dirigiu-se aos homens… Foi precisamente ao encontro do seu “trauma”, que era a vida sentimental.

Quando temos um encontro com Deus; quando Ele nos revela quem é, e nos mostra do que falta “abrir mão”, imediatamente tomamos atitude, como aquela mulher. Jesus não lhe disse nada ou a orientou a fazê-lo, mas ela tomou uma atitude que jamais tomaria anteriormente.

Aqueles homens significavam os traumas dela. Imagine ter tido cinco homens… uma mulher divorciada, traída, já reparou como reage? Normalmente carrega isso para os próximos relacionamentos. Se foi abusada, por exemplo na sua infância, também o leva quando casa, pois aquele trauma está presente dentro dela.

Aquela mulher deixou o seu cântaro e foi à cidade falar, não com as mulheres, mas com os homens, justamente encarando a sua fragilidade. E chamou-os: “Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito.”

Veja que quando nos relacionamos, buscamos, nos interessamos pelas coisas de Deus, encontramos respostas. Ele faz-nos enxergar aquilo que nunca conseguimos ver!

Li um comentário aqui no Blog de uma mulher com quarenta anos, que sempre esteve preocupada com a sua vida sentimental e ela entendeu que não deveria ficar “à caça” disso, pois voltaria a ter sede dessa “água”, e no momento certo Deus traria a pessoa certa.

Até porque quando é ansiosa as bênçãos afastam-se, pois fica com medo, e este anula a manifestação da fé.

Mas quando está ativa, enxerga o que ninguém teve capacidade de lhe dizer e vê aquilo que ninguém lhe mostrou, e assim muda as suas atitudes, não “forçando a barra”, pois os frutos da árvore não surgem com dificuldade: surge um “brotinho”, que vai crescendo e se torna numa fruta. Assim também é quando você se relaciona com Deus…

Mas o que percebo é que muitas pessoas que dizem ser batizadas com o Espírito Santo, deixam a desejar. Permitem que as necessidades, as coisas que lhes faltam, que programam ou projetam ter, são colocadas como prioridade e esquecem-se de estarem atentas à voz de Deus. Assim, ficam sedentas, ansiosas, cheias de dúvidas, medrosas e não descobrem nada…

Estão dentro da Igreja, não têm nada para dizer a Deus porque não manifestam a fé, tornam-se pessoas religiosas que fazem tudo aparentemente “certinho” – aos seus olhos – mas com muitas coisas ocultas no seu interior.

Então, amiga internauta, para que encontre Jesus tem que se relacionar com Ele, como essa mulher que, mesmo do seu jeito, procurou e estava sedenta. E quando ela achou, percebeu que Ele era Messias, pois falara algo que nenhum outro tinha capacidade de falar e enxergou-a… E é assim que passamos a amar Deus, como foi o meu caso, que passei a participar mais Deus da minha vida, quando tive um Encontro com Ele e percebi que Ele me viu por dentro e sabia de tudo o que acontecia comigo, como as minhas reações. Sabia de tudo, mais do que propriamente eu! E disse-me diretamente: “Viviane, você é assim…”, e quando ouvi da parte d’Ele, tomei uma atitude imediatamente, como aquela mulher, que foi e fez o que anteriormente não fazia.

As amarguras, aquilo que a fazia estagnada, resultaram numa atitude forte na vida dela. Não temeu o que os homens pensariam, pois naquela altura, uma mulher chegar perto de um homem era algo fora do comum, e o que ela fez foi fora do comum, não para tirar vantagem, mas para falar acerca do que Deus falou com ela e viu no seu interior. E quando isto acontece consigo, quer transmitir-lo às pessoas… essa alegria, a verdade, que doeu, mas que a libertou e a fez resolver o que não resolvia antes.

Espero que tenha entendido e que participe, não apenas seja uma ouvinte, mas que pratique aquilo que tem aprendido. Que tenha temor na forma como fala e que honre a sua palavra com Deus e os homens, e vá além… Que dê e entregue tudo por inteiro a Deus. Não tenha receio ou medo de falar do seu passado, pois quanto mais falar e se relacionar com Deus, mais livre e feliz será.

Não tem nada a perder… só tem a ganhar!

Um grande abraço e até amanhã.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

131 Comments

  1. Bom dia dona Viviane , estes áudios tem cido muito bom , para me ajudar a ser cada vez mais segura na minha fé porque eu sou essa mulher , que vivi amargurada triste cansado com este tormento na minha vida sentimental , e cada vez que eu oiço esse versículo eu recebo forças e serteza que Deus vai sustentar a minha fé, deixar tudo e obidecer , tomar atitudes para vencer a voz da dúvida , que hoje eu eu sou outra mulher o meu passado ficou para traz , porque eu tenho buscado a água viva , e a cada dia Deus tem renovado a minha vida neste momento tenho 46 anos e a 4 anos que não tenho nenhum relacionamento sinto -me jovem apesar de todos os problemas e sei que a água que eu bebi matou toda cede de ilusão e o faz de conta em ter um homem , o meu casamento com o senhor Jesus é a melhor escolha que eu já fiz. Muito obrigada Deus abençoe muito mais.

    Ver mais
  2. D.vivi eu tinha tanto medo de falar o que Deus me mostrava no meu intetior.receio.
    O que eu tinha de abrir Mao,era a imagem que eu passava.
    E realmente eu tentava mas pelo meu braço,nao ouvia a Deus e nem o priorizava.
    Quando comecei a fazer isso comecei a descobrir a mim mesma
    E apesar de na maioria das vezes nao gostar do que descobria,tenho sido sincera ,e doi…mesmo.Mas a cada vez mais me sinto lève.e estou a conseguir resolver coisas que antes nao conseguia de jeito nenhum.nao foi rapido mas também nao é inconstante.
    E estou feliz.mesmo quando algo nao é Bom,nao me desencorajo porque sei que vou conseguir como como as outras.

    Ver mais
  3. Logo após eu terminar de ouvir o áudio, eu fui no banheiro do meu serviço e falei para Deus do meu passado, desde que eu me entendo por gente…
    E eu encontrei a raíz de uma mágoa a respeito de uma ex amiga minha, não conseguia entender o porquê de eu sentir essa mágoa contra ela, eu sabia que tinha, mas não entendia… e então eu pude ver, algo que eu sempre pensei que já estava resolvido, durante esses dias que eu tenho ouvido os seus áudios eu enxerguei… mas agora preciso saber o quê fazer com esse sentimento, como eu vou saber que ele foi embora? que saiu de mim? Digo, como vou tirá-lo de mim? É o suficiente eu entender a raíz desse problema? Creio que a resposta seja não, mas preciso de esclarecimentos! rsrs

    Sei que provavelmente a senhora nem lê mais esses comentários, mas se um dia ler, quero que saiba que sou eternamente grata, pois tem me ajudado muito mas muito mesmo!

    Ver mais
  4. obrigada !veio ao encontro da minha necessidade

    Ver mais
1 19 20 21