8º dia – Quando é que alguém não é confiável para Deus?

Viviane Freitas

  • 17
  • Jun
  • 2014

8º dia – Quando é que alguém não é confiável para Deus?

  • 17
  • Jun
  • 2014


Quando é que alguém não é confiável para Deus?

Hoje já é o 8ºDia da nossa Quarentena Ser Um com Ele, e o tema de hoje: Quando é que alguém não é confiável para Deus?

Está curiosa?! Quer dizer que Deus não confia em certas pessoas? Sim! Vamos saber quem são?

“Estando ele em Jerusalém, durante a Festa da Páscoa, muitos, vendo os sinais que ele fazia, creram no seu nome; mas o próprio Jesus não se confiava a eles, porque os conhecia a todos. E não precisava de que alguém lhe desse testemunho a respeito do homem, porque ele mesmo sabia o que era a natureza humana.” (Jo.2:23-25)

Afinal, onde está o segredo do Senhor Jesus não confiar nas pessoas?

Cá está a resposta: Quando se crê n’Ele pelos sinais. Pelas maravilhas.

Quando passa a crer em Jesus pelas maravilhas que sucederam na sua vida ou por algo extraordinário que aconteceu, na realidade, é porque Ele lhe provou que existe, mas não tiramos tanto proveito da nossa crença, quando apenas nos baseamos nisso.

Quando chegamos à Igreja, normalmente precisamos ver sinais. Isso é uma realidade. Mas quando já estamos há um tempo na Igreja e apenas cremos nos Seus sinais, a nossa fé torna-se fraca, porque não desenvolvemos. Procuramos circunstâncias para crer, estar felizes e nos relacionarmos com Deus. E não é por aí!

Crer em Deus apenas pelas maravilhas, não nos permite desenvolver a fé. Ficamos estagnadas. E é por isso que muitas pessoas estão na igreja há muitos anos, se tornam um mau testemunho, porque até crêem em Jesus e tornam-se gratas pelos sinais que Ele fez nas suas vidas, mas não têm mais experiências, porque não crêem n’Ele pela Palavra. Pois, quando assim é, nos submetemos, obedecemos, mudamos os nossos pensamentos, permitindo que os pensamentos d’Ele nos guiem, mostrem como devemos agir; passamos a priorizar Deus.

Quando eu creio no Senhor Jesus pela Palavra, o Espírito de Deus, que a sustenta, traz à existência o que não existe, da mesma forma que aconteceu na criação do mundo.

Deus criou o mundo apenas com as Suas Palavras. Ele disse: “Haja luz!” e houve luz!

Quando eu obedeço à Palavra que eu creio, então isso trará à existência o que não existe, e não apenas superficialmente, mas no interior, algo de glorioso, magnífico, que nos impede de ser a mesma pessoa. Temos experiências diferentes com Deus.

Quando eu vou perguntar, às vezes, à pessoa cristã sobre a sua experiência, ela diz: “Ah, quando eu entrei na igreja…”; Quer dizer, tantos anos se passaram, e apenas no início teve uma experiência com Deus. E mais nada existiu, até ao dia de hoje.

Isso é prova de que está a crer n’Ele pelas Suas maravilhas, e não pela Palavra. Não está a permitir que a Palavra de Deus lhe dê a direção; mude o seu comportamento. Não está apta a obedecer da forma que deve ser feito.

Talvez não roube, não mate, não pratique nada de grotesco, mas lê a Bíblia como um religiosa, cumpre o seu dever de ler a Palavra de Deus, mas, no seu dia-a-dia, não persiste, não busca, porque não tem o cuidado, o temor de ouvir a voz de Deus através da Palavra. Antes, pensa: “Já li, já ouvi o pastor falar sobre isso…” Não se interessa em ir mais além.

Lemos apenas dois versículos, acima, e veja como fala connosco, como nos lava, minha amiga…

É para isso que quero chamar a sua atenção: Para tirar o benefício da Palavra de Deus. Porque tem a Bíblia nas suas mãos e a oportunidade que muitas não tiveram, de meditar, como você tem hoje.

Até diz: “Que palavra tão forte, que chegou a mim!” Mas, se você buscar, terá exatamente o que eu tenho para lhe oferecer, porque eu busquei, cri no que estava escrito, e “cacei” esta palavra, para que se tornasse realidade na minha vida.

Não pense que por eu ser a filha do Bispo Macedo, nasci perfeita! Se você soubesse o quão cheia de falhas eu fui… Tenho de estar atenta a mim mesma, para que Deus me traga coisas novas. Senão estaria a falar-vos sobre o passado, sobre quando era obreira, o quão glorioso e magnífico era… Estaria a falar acerca de muitos anos atrás, e não teria vida, porque não estaria a viver o que leio.

Ao ler a Palavra de Deus, não tem o cuidado, o temor, não guarda e fica a pensar no seu dia-a-dia. Pelo contrário, acaba de ler a Bíblia e esquece-se daquilo que aconteceu, do que o Senhor Jesus falou, e concentra-se em tudo o que tem que fazer, com as suas responsabilidades e o seu trabalho, e já está! Realiza-se e conforma-se com aquilo que faz, e não “caça” o que a Palavra de Deus pode trazer para a sua vida. E, então, perde a sua oportunidade. Não é uma pessoa confiável… Por isso não desenvolve! Se eu lhe fosse perguntar qual é a sua experiência, talvez referisse algo acerca de muitos anos atrás. Ficaria envergonhada, insegura, como se eu estivesse a confrontá-la ou ameaçá-la.

Como está apta a agradar-se da parte física, do que você faz, e delicia-se com isso, no dia a dia, e não com a Palavra de Deus, sai a perder.

Quer fazer discípulos, como eu estou aqui a fazer, através do meu Blog? Então, faça o mesmo! Não dependa de terceiros.

Pode acompanhar o Blog, ler os posts, ir à Igreja, porque isso sempre me adiciona, mas não fico à espera de ninguém; “corro” atrás da Palavra de Deus, que me dá vida, e também o privilégio de cuidar das pessoas e ter um resultado.

Quero ler o seu comentário! Deixe uma “partezinha” sua aqui no Blog. Quero saber de si. Deixe-me conhecê-la; dê-me esse privilégio.

Você, para mim, não é um caso perdido, mas uma oportunidade. E eu sou muito feliz, por essa oportunidade.

Um grande abraço para vocês. Amanhã estaremos aqui de volta!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

480 Comments

  1. Certa vez enquanto atravessava uma grande luta pela minha fé, em que tudo que ocontecia em meu redor demonstrava que Deus não estava comigo, mas quando lesse a palavra, Deus dizia que era comigo e eu so olhava para o que as circinstâncias me mostravam e pedia sinais e mais sinais, mas em todos Deus me dizia eu estou contigo. Porem, a minha mente so conseguia pensar no que não conseguia ver, até que Deus falou comigo, de maneira nua e crua, quando li na palavra o versículo ” tu tens visto muita coisa e não tens guardado nada”. A palavra doeu. … Hoje lendo o post, entendi que não sou confiável para Deus quando dependo de sinais para crer.

    Ver mais
  2. Tenho um desejo enorme de praticar a Palavra de Deus. Mas quando percebi estou Distraída com muitas coisas.
    Minha última experiência com Deus foi há alguns anos atrás quando ganhei meu pai para Jesus e nada mais.
    Tenho marido, filhos, irmãos, irmã e toda uma Parentela para ganhar. Sou preocupada com eles, mas não passa de preocupação.
    Mas vou lutar, a partir de hoje para mudar isso. Em nome de Jesus.

    Ver mais
  3. Eu muitas das vezes sou assim…a palavra é pra mim, fala muito comigo, ate guardo a palavra, mas nao a pratico, pq ja saio das reuniões preoucupada com minhas responsabilidade.
    Em fim sou essa pessoa q a sra. Falou d. Viviane

    Ver mais
  4. Esse audio falou muito forte comigo pois me vi nessa situaçao, tenho essa dificuldade de entender esse Crer em Deus pois procuro circunstancias e me deixo levar por sentimento, não desenvolvo vivo pelos sinais e nao pela Palavra.

    Ver mais
  5. Dna. Vivi, a senhora falou da minha pessoa neste audio. A senhora acabou de responder uma pergunta que eu sempre questionava. Gloria a Deus pela sua vida, como, Deus esta falando comigo aqui nestes audios, este blog foi feito p falar de mim rs. Nestes dias o Espírito esta me dizendo atraves dos audios para eu: ” Ser flexivel e obedecer a palavra, cumprir o que ela diz”.

    Ver mais
  6. O que mais se identifica comigo é quando a senhora diz sobre quando fazemos da meditação da palavra de Deus, uma simples lida, pra desencargo de consciência. Muitas vezes sem o temor e sensibilidade pra entender o que Deus quer falar comigo através daquele versículo. Logo saio perdendo.

    Ver mais
1 77 78 79