21 dias de Jejum – 7º Dia

Viviane Freitas

  • 29
  • Set
  • 2013

21 dias de Jejum – 7º Dia

  • 29
  • Set
  • 2013

A voz do Pai

Olá minhas amigas do Blog Vivi Freitas, estamos no 7º Dia. Hoje, Domingo, um dia todo especial, em que espero que participe, ou que tenha participado na reunião pela manhã, ou à tarde, para que realmente receba o batismo com o Espírito Santo ou seja renovada.

Não há como Deus fazer o milagre na sua vida, quando você não faz a sua parte. Deus tem o poder para fazer o que quiser, mas devemos, primeiramente, fazer o que nos compete.
Então, é importante que participe, se ainda não o fez, em uma das reuniões de hoje, domingo. Mas faça-o em consciência, não conversando à toa, mas tendo um objetivo definido, no Espírito. Pense nas coisas do Alto, e converse exclusivamente com Deus.

Hoje vamos falar sobre o que temos referido durante a semana, desta feita a partir do versículo 41, do capítulo 8 de João.

“Vós fazeis as obras de vosso pai. Disseram-lhe eles: Nós não somos bastardos; temos um pai, que é Deus. Replicou-lhes Jesus: Se Deus fosse, de fato, vosso pai, certamente, me havíeis de amar; porque eu vim de Deus e aqui estou; pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.Qual a razão por que não compreendeis a minha linguagem? É porque sois incapazes de ouvir a minha palavra.” (Jo.8:41-43)

Quando a obra de alguém não é proveniente de Deus, mas natural do seu “pai” – seja o diabo ou a sua própria vontade – essa pessoa é incapaz de ouvir a Palavra de Deus, e sequer de O amar, pois quem ama, ouve!

Você, tendo sido criada pelos seus pais, quando os ouvia, demonstrava-lhes o seu carinho, amor e respeito. E, quando lhes obedecia, era apreciada por eles.

E é isto que acontece em relação a Deus: Quando existe essa troca, obediência e vigilância em relação à nossa fé e temor para com Ele, então, existe o verdadeiro amor. Mas quando estou distraída, levo a vida à vontade, e só me lembro no final das contas, quando já cometi os erros e as falhas, então é porque não estava vigilante. E se isto aconteceu, significa que não tive o cuidado de preservar as ordenanças que recebi do próprio Deus.

Então, pondere se ouve a Palavra de Deus, dá oferta, dízimo, participa no Jejum de Daniel, mas fá-lo porque todos o fazem. Se assim é, não existe, em si, o amor verdadeiro.

Tenha em conta que, a partir deste Jejum, deve iniciar um novo relacionamento com Deus. Não pode voltar atrás!

Cometer erros, sempre os cometerá, mas deixar de vigiar e ficar como néscia, não pode! Porque isto revela falta de consideração e respeito para com Deus.

Quando se valoriza algo, existe cuidado e zelo. Os objetos de muito valor, são colocados no banco ou cofre, porque se crê que, desta forma, estarão seguros. Se considera o que Deus quer de si, guarde-o bem no seu interior e vigie as suas atitudes!

Você que está neste jejum, saiba que não deve apenas abster-se de comida ou bebida, mas da sua própria vontade. Inclusive, sugiro que firme um propósito dentro de si: “A partir de hoje deixarei de me permitir dominar, pelas fascinações e distrações.”

Atente para a falta de equilíbrio, pois tudo o que é em demasia, está errado!

Destaque o seguinte: Se O ama, deve ser capaz de ouvir a Sua Palavra. Mesmo nos momentos difíceis, em que a sua vontade quer predominar, se considera Deus o primeiro e o principal – acima da sua vontade – então ouvirá a Palavra d’Ele e a guardará dentro de si.

Você que está neste Jejum, e tem um propósito, então vá nessa força! Ouça a voz do seu Pai, dia a dia, sem depender de ninguém, e sequer deste audio dos 21 Dias. Deve ser sensível ao ponto de reparar as suas ações. Ouça e fale com Ele… Diga-lhe: “Mostra-me o que devo fazer; as minhas falhas. Talvez eu não esteja a ver os meus erros, pois para mim está tudo bem, mas sei que está a faltar alguma coisa.” Seja sincera…

E ainda que tenha cometido erros gravíssimos, se é humilde para expor ao invés de se justificar, será justificada por Deus!

O humilde repara e é flexivel à mudança.

A sua força não está apenas nos seus braços, mas em avaliar-se mediante uma fé racional, percebendo a verdade a seu respeito e buscando a Deus com toda a sua força e desprendimento.

Se, no final destes 21 Dias, não conquistou o Espírito Santo ou não existiu uma mudança na sua vida spiritual, foi porque não se entregou. As suas obras falam por si.

Um grande abraço e até amanhã!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

77 Comments

  1. Bom dia D. Vviviane!

    É muito forte D. Viviane! Muitas vezes pensava que amava por ” ouvir a Deus” mas na realidade não demonstrava que O amava, pois as minhas vontades estavam muito acima! E quando faço algo em cima da minha vontade não estou sensível a Ouvi-lo! Neste Jejum estou colocar a minha força para me desfazer de pequenas coisas que sei que não é da Vontade de Deus!

    Ver mais
  2. Olá dna Viviane,
    A humildade e humilhação têm falado muito comigo, neste jejum.
    Tenho visto falhos e erros, coisas que Deus está me pedindo e vou entregar.
    Definidamente, este Jejum é para um novo relacionamento!

    Ver mais
  3. Bom dia Dª Viviane.
    Esse é o objectivo desse jejum e tenho percebido realmente nestes dias, que temos é de estar sensíveis à voz de Deus é aprendermos a amá-Lo e valorizá-lo.
    No passado, Deus não precisava disso para se comunicar com os homens ou mulheres. No tempo de Jesus, cada um teve a sua oportunidade de conhecê-Lo e hoje temos o Jejum de Daniel para nos purificarmos, desintoxicarmos e estarmos mais sensíveis à voz de Deus, mais ligados a Deus.

    Muito Forte o que falou hoje. Um forte abraço….

    Ver mais
  4. Bom dia dona Viviane!

    É muito importante e profundo o que a senhora fala, que quando amamos, nós estamos atentas a voz de Deus e guardamos a sua palavra.

    Sobre o guardar, aí é que se prendeu a minha atenção. Isto porque, eu posso guardar, algo de qualquer forma, ou posso guardar com muito zelo.

    Da mesma forma que eu guardo uma moeda de um euro, não é da mesma forma que guadaria uma pérola. A forma como guardamos algo, demonstra a importância que aquilo tem para nós.

    Me ponho a pensar, como tenho guardado as palavras que Deus tem me ofertado. Como tenho guardado o meu relacionamento entre eu e ele. Quem guarda cuida, e o cuidar é manter!

    Muito bacana mesmo, eu estou aqui a escrever e me apercebo de mais coisas ainda…

    Um forte abraço! Um ótimo dia!

    Ver mais
1 11 12 13