7º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 10
  • Jan
  • 2017

7º Dia | Ser O Testemunho

  • 10
  • Jan
  • 2017

10 de Janeiro | Terça | João 11.20-24

Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.
Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.
Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas.

É com prazer que dedicamos este momento tão especial para o nosso Deus. E não porque Ele precisa, mas porque nós precisamos de ouvi-Lo e de reparar a nossa própria vida.

Estamos no Livro de João, capítulo 11, versículo 20:

“Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.
Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.
Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.” (Jo.11:20-24)

Antes de seguirmos, gostaria de frisar algo acerca do que referimos ontem, sobre o consolo do mundo… Queria deixar bem claro, que várias pessoas se cobram muito após a morte de alguém. E normalmente isso não acontece antes da pessoa morrer.

Quem fica inconsolável após a morte de alguém, é justamente porque não fez o que deveria ter feito.

A Bíblia ensina-nos a viver pela fé, justamente para que possamos aproveitar as oportunidades que nos são dadas, todos os dias; para fazer o bem às pessoas que estão próximas e aproveitar para exercitar a nossa própria fé em relação às mesmas. Porque depois que a pessoa parte, já nada mais há a ser feito! E quando vem o desespero, a tristeza, a angústia, normalmente é por causa da cobrança: “Deveria ter feito isto ou aquilo, etc.”

Os judeus tentavam dar consolo a Marta e Maria, mas nenhum consolo era suficiente. E a realidade é que quando alguém morre e as pessoas vêm consolar, dizendo: “Sinto muito…”, isso não resolve coisa alguma; nada do que a pessoa possa dizer, resolve, porque a agitação, a tristeza e angústia, não saem com palavras de pena, mas com a fé! A fé é o que nos permite sentir paz, e não o consolo. Porque o consolo serve para tentar amenizar a dor, mas a paz traduz-se por uma consciência limpa de que você fez a sua parte, de que foi a filha, a mãe, a esposa que você deveria ter sido, porque usou a fé.

Muitas pessoas estão tentando consolar umas às outras, devido aos seus próprios sentimentos de fracasso, às suas “dívidas”.
Quando temos uma “dívida”, apontada pela própria consciência, esta nos mostra o nosso erro… o que deveríamos fazer. Mas quando alguém próximo a si ou alguém da sua família, morre, porque a morte pode chegar para qualquer um de nós, você tem que ficar com a consciência limpa de que fez tudo o que estava ao seu alcance: Falou de Jesus, alimentou a fé, dedicou a sua vida, etc. Quer dizer, não tem qualquer “dívida” para com ela.
E para além disso, se a pessoa era de Deus, há a certeza de que estará em um lugar muito melhor do que nós.

Mas se você olha para o seu “umbigo”, preferia que ela estivesse aqui… Quando, talvez enquanto era viva, você não tenha aproveitado a sua companhia da melhor forma. E agora, depois de morta, deseja estar com ela a todo o momento.
A fé emotiva é assim… Só pensa quando perde e sente!

E depois deste aparte, sobre o tema de ontem, vamos falar sobre os versículos de hoje:

Marta e Maria estavam com os judeus ao seu lado, para as consolar. E repare como Marta reagiu, quando soube que Jesus estava próximo:
Ela foi imediatamente ao Seu encontro.
Não é interessante? Sim! Porque quando precisamos, vamos ao encontro do Senhor Jesus. Mas repare na forma como Marta foi ao encontro de Jesus:

“Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.”

Maria também ouviu o mesmo, mas permaneceu onde estava.

“Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.”

Toda a pessoa agitada dentro de si, que tem dúvidas e “dívidas” em relação ao que faltou fazer, fica muito agitada. E não só agitada, mas também reclama. Pode reparar: Todas as vezes que estamos agitadas, costumamos fazer algo: Reclamar!

Mas a fé inteligente não reclama! A fé inteligente repara que está agitada e acalma a si própria… corrige o seu erro.

E não foi isso que Marta fez. Ela foi “correndo” só para cobrar o Senhor Jesus, como dizendo: “O meu irmão morreu por tua causa…”

“Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.”

Ela falou isto, na realidade, por falar! Todas as pessoas que estão agitadas, que reclamam antes, e depois vêm falar de uma forma mais natural, estão querendo se justificar por aquilo que estão cobrando, mas na realidade, ela não cria que Jesus poderia fazer algo… Já se haviam passado quatro dias do sepultamento, avaliando as circunstâncias.

E será que você e eu não estaríamos na mesma condição de Marta? Será que você também não acharia uma ofensa?

Veja o que aconteceu:

“Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar. Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.”

Ela sabia a “teoria”, de que Jesus o ressuscitaria no último dia, e pensava que isso seria suficiente para cobrar e achar que tinha direitos… Mas não tinha qualquer direito!

Quando você está ansiosa e agitada, você perde os seus direitos!

E repare na reação do Senhor Jesus, mesmo lidando com uma pessoa agitada…

Porque quando lidamos com uma pessoa agitada, que reclama, normalmente o que acontece? Também temos a tendência de sermos levados pela mesma situação.

Mas Jesus profetizou!

E quem profetiza? Não são aqueles que você ouve dizer que fulano ou beltrano deve casar com esta ou aquela; profecia não é adivinhação. Profecia é uma certeza absoluta que vem de Deus! A certeza que nasce dentro do indivíduo e não aquela que é provocada por terceiros. Você profetiza quando há certeza, e é esta que lhe diz o que fazer. Não há opção para dúvida, porque a certeza parte de dentro de si.

E isto é o que acompanhava o Senhor Jesus, desde o início!

A fé definida não depende de terceiros para a aprovarem, ou não. Está decidida desde o interior e sabe o que vai acontecer, e é isso que vai provocar a diferença no lado de fora.

Eu espero que você esteja, não olhando para Marta, Maria ou para a “personagem” do Senhor Jesus, como se fosse uma história, mas que repare na sua própria vida, porque esta é a forma certa de meditar. Talvez você era assim: Contava uma história da Bíblia mas não reparava nos detalhes, trazendo-os para a sua própria vida. Como Marta… que guardava a teoria, mas não o viver pela fé.

E aqui a questão é viver pela fé, porque quem vive pela fé está seguro e tem essa certeza!

Um grande abraço para vocês e até amanhã.

Série: Ser o Testemunho

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

79 Comments

  1. Hoje a meditação é muito forte, onde a gente tem total consciencia de uma certeza que é a morte e que ela pode chegar a qualquer momento tanto para mim quanto para alguém que amo ou conheço e temos que aproveitar cada segundo ao lado dessas pessoas, mas o principal não só aproveitar o que ela pode me proporcionar, mas aproveitar e falar da fé e de Jesus para ela, para que ela tenha consciência da importância de se ter fé. Analisando a atitude de cada personagem da história, buscando trazer para minha vida, eu penso que a teoria é algo que todo mundo sabe, mas basta para mim que eu possa viver cada palavra que é registrada na Bíblia. DEUS não é homem para que minta, ele mesmo fala, passa terra, passa céu mas a palavra dEle não passará, e viver pela fé é se basear em cada mandamento, ser justo, fiel e obediente a eles, cumprir a nossa parte para que Deus cumpra com a Palavra dEle na nossa vida. Esse capitulo me fez refletir muito do que eu to fazendo, de que forma estou vivendo para mostrar esse Deus em que tenho crido, e como posso ser um testemunho se eu não estiver fazendo a minha parte.

    Ver mais
  2. Olá, bom dia! Essas palavras, com certeza me faz refletir em mim mesma e o quanto ainda preciso mudar. Estou meditando e reparando no meu dia à dia todas as minhas ações e reações e colocando em prática tudo que estou aprendendo com o exemplo do Senhor Jesus. Obrigada!

    Ver mais
  3. Eu vejo que O Senhor veio até mim com essa palavra para transformar a mimha vida, para que Ele seja glorificado nessa situação e eu tenho que fazer Ele ser glorificado me esforçando ao máximo para fazer a Sua vontade e viver uma fé definida por que é isso que Ele quer. Eu preciso aprender a ter certeza de tudo que Deus me prometeu que foi me livrar e ser glorificado na minha vida. Se Ele disse vai acontecer, tenho que aprender a viver por essa fé praticando tudo que ouço aqui.

    Ver mais
  4. Temos que ter a certeza que Deus é conosco e vai acontecer na minha vida, não podemos ter dúvidas na fé ser insegura.
    A fé nos traz segurança então não podemos nos agitar e sim crer pois quando estamos agitados mostramos que no fundo não cremos no que foi dito, ficando inconstante entre o intendimento e a Duvida assim mostramos a nossa própria ingredulidade quando algo vem a nós para mudar a situação em que estamos vivendo a verdadeira fé traz a existência aquilo aparentemente é impossível

    Ver mais
  5. Quando lemos a Bíblia temos que está no Espírito para que possamos extrair o máximo da palavra de Deus em comparação a atitude da nossa fé! Saber a teoria até o ateu sabe, mas cabe a nós que vivemos pela fé observar, mesmo que naquele momento não entendemos o que lemos uma hora aquela palavra vai servir pra nossa vida!

    Ver mais
  6. Meu Senhor obrigado por cuidar de mim, não posso agir dessa forma como Marta agiu diante daquela situação que aos olhos humanos era impossível, Jesus não foi até elas para trazer palavras de conforto como os judeus , não Jesus veio pra resolver aquela situação. E Deus foi glorificado quantas situações são oportunidades para que Deus seja glorificado em nós.

    Ver mais
1 11 12 13