21 dias de Jejum – 6º Dia

Viviane Freitas

  • 28
  • Set
  • 2013

21 dias de Jejum – 6º Dia

  • 28
  • Set
  • 2013

Permanecer na Palavra

Olá a todas as que têm acompanhado o Jejum de Daniel através do Blog Vivi Freitas.

Porque é que a pessoa ainda não foi batizada com o Espírito Santo?

Nós temos referido esta semana, que ela não se enquadra no perfil de Deus. E uma das caraterísticas do Seu perfil, é a humildade.

Esta semana, ao lermos sobre João, no capítulo 8, referíamos os judeus que haviam crido n’Ele.

Muitas pessoas que crêem no Senhor Jesus estão auto-confiantes, pensando que estão a fazer tudo ao seu alcance, julgando mal a Deus. Como aconteceu com os judeus, que diziam conhecer Jesus, mas quando confrontados com a verdade, não a aceitaram, pois acharam uma ofensa ouvir que deveriam passar por uma libertação.

E você pensa: “Mas como é que uma pessoa que crê no Senhor Jesus, que já se converteu, tem que conhecer a verdade e se libertar?!”

A pessoa chegou à Igreja e passou pelo processo de libertação espirititual, tendo sido livre dos demónios, mas e a libertação do seu próprio “eu”? De que forma me explica isto?

Isto acontece quando permanece nas Palavras do Senhor Jesus e as guarda.

E muitas pessoas estão dentro da Igreja, crendo no Senhor Jesus, a participar no Jejum de Daniel, mas, na realidade, não permanecem na Palavra de Deus. Pensam que isto é ser “crente” e o encaram como religiosidade. Que podem permanecer, crendo em Deus à sua maneira.

NÃO!

Se realmente crê em Deus e quer entregar-se e mudar de vida, pois não aguenta mais as suas reações e atitudes; deseja ultrapassar tudo aquilo que não tem conseguido vencer, então este Jejum é para si! Para quem está indignada com a sua própria atitude, e não apenas para as que se dignam a seguir a “multidão”.

Nestes casos, a oração não é igual; a busca não é igual; não fica calada… É impossível! Expõe tudo o que esconde há anos, esvazia-se das fraquezas, até daquilo que tem vergonha de pronunciar. Fala diretamente com Deus, reconhece, assume a sua condição. Assim, está no caminho certo! Está na fase em que se propõe a humilhar para Deus, não com interesse de obter algum retorno, mas porque reconhece, sem religiosidade, que precisa expor-se a Deus, sem reservas!

“Bem sei que sois descendência de Abraão; contudo, procurais matar-me, porque a minha palavra não está em vós.”
(Jo.8:37)

Se está a participar neste Jejum de Daniel, porque tem ouvido muitas mensagens, mas não assume que precisa, realmente, de ajuda; concorda, em relação à mudança dos demais, mas não para si, pessoalmente. Você, como obreira, membro de anos, e até esposa de pastor, de repente alega: “Ah não! Começar do nada, reconhecer… e a minha condição perante os demais? E o que os outros pensarão de mim?”

Se está a pensar no comentário dos outros, a sua preocupação não está em guardar as palavras do Senhor Jesus! A sua intenção não é boa… Por isso busca e não encontra, porque não procura com sede, com entrega; de corpo, alma e espírito. Tudo aquilo a que está apegada, deve entregar a Deus, dispor para Ele, colocando tudo no Altar.

“Eu falo das coisas que vi junto de meu Pai; vós, porém, fazeis o que vistes em vosso pai.

Então, lhe responderam: Nosso pai é Abraão. Disse-lhes Jesus: Se sois filhos de Abraão, praticai as obras de Abraão.

Mas agora procurais matar-me, a mim que vos tenho falado a verdade que ouvi de Deus; assim não procedeu Abraão.” (Jo.8:38-40)

Talvez você, que agora nos acompanha, diz-se filha de Deus e assume-se como batizada no Espírito Santo. Até fala para os outros, mas não conhece ou permanece nas Palavras do Senhor Jesus; não as guarda ou vive. Desculpe! Você não é filha de Deus, mas escrava, como afirma o Senhor Jesus!

Amiga, é a sua oportunidade. O Senhor Jesus diz que o amigo verdadeiro faz as coisas que Ele pede. Será que realmente está a ser amiga de Deus?

Seja sincera, percebendo se tem sido, ou não, amiga, aceitando as Palavras do Senhor Jesus e assumido, ao invés de retrucar!

Se eu não quero aceitar a verdade e é uma vergonha ser repreendida, ser exortada, disciplinada, então eu não sou filha de Abraão, pois Ele ouviu Deus e assumiu a crença, a ponto de dar o próprio filho.

Será que Lhe rende a sua própria vontade?

Sei que a resposta é clara, para si!

Assuma, deixe o seu comentário juntamente com o seu nome.

Até amanhã.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

195 Comments

  1. Junho 06 2016,às 11:30

    D. Viviane tenho ouvido os seus áudio tem me ajudado muito.
    posso dizer tou começando a engatinhar agora, pra me não importa dia, mês, ano que tenho de igreja. Neste jejum de Daniel.
    Quero perde o medo de me lansar de corpo alma e espirito. por mais que já fiz não teve resultado. vencer os medos, e decepções, e o que vão achar de me.

    Obrigado!

    Ver mais
  2. muito forte esse audio de hj D.viviane desde de q to ouvindo os audios da senhora Deus tem falado comigo quando vou buscar orar a Deus falo pra ele quem sou e na mensagem de hj vejo que tem coisas do meu passado no qual ainda estou apegada tenho vergonha de falar sobre isso com Deus mas hj ainda hj vou colocar td pra fora Deus abencoe a senhora na fe

    Ver mais
  3. É verdade, dona Viviane, quando permanecemos nas Palavras do Senhor Jesus e as guardamos e praticamos, nos libertamos do nosso “eu”, porque muitas das vezes vai contra as nossas vontades. E essa palavra veio de encontro as minhas necessidades, tenho que ser transparente diante de Deus, mesmo que Ele saiba de tudo o que se passa dentro de mim tenho que ser sincera com Ele, falar tudo o que tenho guardado dentro de mim… Nesses dias tenho percebido Deus cuidando de mim, é maravilhoso, não estou aceitando minhas atitudes e reações, quero mudar e sei que Deus está comigo e sei que Ele vai me ajudar!

    Ver mais
  4. Querida d, Viviane,
    só quando eu decidi começar a guardar no meu coração as palavras do Senhor Jesus, é que eu aprendi a combater as forças do inferno e o meu eu (a minha personalidade, aquilo que sempre fui). Então, quando surge uma circunstância contrária que logo desperta os meus sentimentos e pensamentos negativos, eu paro, penso e peço ao Espírito Santo para me lembrar das Suas palavras. E então, uso essas palavras para combater o ataque contra a minha alma. Falo em voz alta, repito o versículo que Jesus havia falado comigo, e então essas Palavras ganham força, muito mais força ainda do que na primeira vez que eu as li, e essas palavras, aliadas a uma revolta contra a injustiça, superam todos os pensamentos e sentimentos negativos!
    Só quando eu consegui fazer isso é que me tornei TOTALMENTE LIVRE, ENCONTREI ESSA LIBERDADE QUE A SENHORA FALA.
    Sabe uma coisa? Antes eu não entendia nada do que a senhora falava. Parecia algo tão distante de mim. E a sua forma de falar assustava-me. Eu entendia a repreensão como uma acusação.
    Mas sabe o que aconteceu?
    Agora eu entendo tudo, porque aquilo que a senhora fala, é uma realidade na minha vida. E a repreensão, em vez de me destruir, motiva-me a mudar para melhor!
    Sim, é verdade que o povo de Deus sofre por falta de conhecimento. Sim, é bem real que quando CONHECEMOS a verdade, ela nos LIBERTA por completo, enquanto nos mantemos nessa prática diária!
    Muito obrigada por tudo!
    Um beijinho com carinho,

    Ana Côrte

    Ver mais
  5. Olá dna Viviane.
    Uma das coisas que mais me chamou a atenção hoje é se enquadrar no perfil de Deus e também a libertação do meu eu.
    São duas coisas muito fortes, mas que só se tornam eficazes quando coloco em prática. Estou lutando por isso.
    Obrigado pelos áudios, estão me abençoando muito!

    Ver mais
  6. Olá D. Viviane,

    Quem ama a verdade, a disciplina ama em realidade o conhecimento, quer descobrir-se e vencer-se, isso revela prudência.

    Por isso, querida D. Viviane, eu amo a sua repreensão, pois vejo ela como um cuidado sincero, uma disciplina, uma motivação para ser melhor, não um peso, uma confrontação ou reprovação.

    A sra. tem sido mais que amiga, o único interesse da sra. sempre foi dar para que eu me valorizo e seja melhor.

    Um grande beijo!

    Ver mais
1 30 31 32