57º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 21
  • Mar
  • 2017

57º Dia | Ser O Testemunho

  • 21
  • Mar
  • 2017

21 de Março | Terça | João 15.22-25

Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas agora não têm desculpa do seu pecado.
Aquele que me odeia, odeia também a meu Pai.
Se eu entre eles não fizesse tais obras, quais nenhum outro tem feito, não teriam pecado; mas agora, viram-nas e me odiaram a mim e a meu Pai.
Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Odiaram-me sem causa.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas, é um prazer estarmos juntos.

Hoje nós vamos ler no livro de João 15.22-25

“Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas agora não têm desculpa do seu pecado.

Aquele que me odeia, odeia também a meu Pai.

Se eu entre eles não fizesse tais obras, quais nenhum outro tem feito, não teriam pecado; mas agora, viram-nas e me odiaram a mim e a meu Pai.

Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Odiaram-me sem causa.”

Como está escrito aqui: “Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado,…”, porque agora eles têm consciência do que é certo e do que é errado.

Uma vez que você está sendo cuidada, orientada, tem feito as meditações e tem feito como orientado, existe em você aquela cautela e cuidado com a sua alma, então, obviamente, você está mais perceptível a si própria, está reparando os seus sentimentos, pensamentos, reações, como é a sua oração, como é a sua ida à igreja, como é você diante de outras pessoas e em relacionamentos no trabalho, na família, na igreja, etc.

E você tem olhado e percebido muita coisa; você que está vivendo estes dias, está se tornando consciente dos seus erros, das suas falhas e daquilo que você tem que entregar, expor para Deus. Não há como você ficar de boca fechada quando for orar, porque tem muita coisa para ser retratada a Deus, para resolver com Deus.

Quer dizer, se Deus e o Espírito Santo não lhe houvera falado, você não teria esse pecado, agora que você está consciente, que você está alertada, não tem desculpa do seu pecado.

Mas, como assim Viviane? Como eu não vou ter desculpa?

Porque você não tem um meio de dizer para si própria que não foi orientada ou não sabia.

“Aquele que me odeia, odeia também a meu Pai.”

Existem muitas pessoas que não querem ceder ou se submeter à disciplina de Deus e acabam por odiar.

Você vê, por exemplo, essas pessoas que estiveram um dia na obra de Deus, e hoje estão falando mal; literalmente odeiam a Igreja Universal, odeiam o Bispo Macedo. Mas porquê? Não tem nenhuma causa.

Aquele que odiou ao Senhor Jesus, odeia ao Pai, e aquele que odeia a nós está também odiando ao Pai, Deus.


“Se eu entre eles não fizesse tais obras, quais nenhum outro tem feito, não teriam pecado; mas agora, viram-nas e me odiaram a mim e a meu Pai.”

Que tais obras são essas? Que outra pessoa tem feito o que Deus fez e mandou fazer?

Na Igreja Universal nós temos a base que é a nossa salvação, o temor a Deus.

Nós temos a parte das conquistas financeiras, da pessoa não viver doente, não viver com problemas familiares, conjugais, tem essas várias áreas que estão sendo trabalhadas também, mas tudo leva para um único fim: olhar a alma daquela pessoa.

E Deus, através dos Seus servos, do Senhor Jesus, nos faz presenciar as obras Dele, a obra da cura, da compaixão, da misericórdia, do perdão, da paciências Dele, da compreensão.

E você, que está vivendo estes dias de meditação, tem reparado o quão glorioso, carinhoso, é o nosso Senhor Jesus, o quanto Ele serviu, não buscava a honra para Si próprio.

E se está vendo tudo isso, que são as obras Dele, e continua do seu jeito, indiferente a tudo isso, então você não tem desculpa.

Nós é que fazemos essa opção, ou amamos ou odiamos, não tem desculpa!

“Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Odiaram-me sem causa.”

Viram as coisas de Deus, viram as coisas extraordinárias, que não vêm de um Homem, mas viram e odiaram a Jesus e ao Pai. Porque odiaram a Jesus e ao Pai?

Porque não aceitaram a correção, não aceitaram iniciar, não aceitam voltar ao final da fila e começar tudo de novo, sendo humildes.

Minha amiga internauta, eu espero que em toda a verdade, toda a disciplina, você se sujeite a aprender, a ser humilde, porque é na disciplina, na correção, que não é fácil, mas é através da mesma que somos moldados, que somos provados e que mostramos a quem priorizamos mais.

Porque as nossas palavras podem dizer o que quiserem, mas de fato o que vai realmente provar que eu me sujeito a Deus, é a forma como eu lido com a correção, com a verdade. Não se sinta inferiorizada com a verdade e com a disciplina, porque esta é de Deus.

Um grande abraço para vocês e até amanhã.

Série: Ser o Testemunho

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

10 Comments

  1. Toda disciplina provém de Deus. 🙂

    Ver mais
  2. Doña Vivi…
    Así es… la forma en como lidiamos con la verdad es la que hace traer resultados o no… de que sirve guardar cosas con el fin de no enfrentarlas… para poder crecer y SER, es necesario tener oídos para oír la verdad… y tomar una actitud a favor de ella.

    Ver mais
  3. Muito Forte…, e a primeira vez que estou ouvindo o audio aqui nesta pagina, e gostei muito, me fez refletir em minha vida.

    Ver mais
  4. Amém!

    Ver mais
1 2