40º Dia – Porque meu testemunho é verdadeiro

Viviane Freitas

  • 19
  • Jul
  • 2014

40º Dia – Porque meu testemunho é verdadeiro

  • 19
  • Jul
  • 2014

Olá a todos os internautas.

Tendo chegado ao 40º Dia da nossa Quarentena, diga-me: Tirou proveito? Agarrou a oportunidade, obtendo transformação, mudança de pensamentos a respeito de Deus e em relação a si mesma? Diga-me… dê-me a conhecer a seu respeito!

Igualmente gostaria de saber a vossa opinião, pois não queria terminar por aqui a nossa Quarentena. Quero continuar a falar acerca do Livro de João, dando continuidade à nossa leitura no mês de Agosto, próximo.

Quero realmente acompanhá-los, aqui no Blog, através da leitura da Palavra de Deus. Pretendo que tire bastante proveito da mesma, para que esta não chegue apenas até si, mas também a outras pessoas.

Pode testemunhar, falando sobre o que sucedeu consigo, durante os dias que nos acompanhou no Blog. Alcançará pessoas que se encontram numa “crise” espiritual, que estão há muito, ou há pouco tempo na Igreja, mas que precisam de respostas. Peça-as para acompanhar os posts da leitura de João, aos quais daremos continuidade no mês de Agosto.

“De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida. Então, lhe objetaram os fariseus: Tu dás testemunho de ti mesmo; logo, o teu testemunho não é verdadeiro. Respondeu Jesus e disse-lhes: Posto que eu testifico de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro, porque sei donde vim e para onde vou; mas vós não sabeis donde venho, nem para onde vou. Vós julgais segundo a carne, eu a ninguém julgo. Se eu julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, porém eu e aquele que me enviou.” (Jo.8:12-16)

O testemunho é verdadeiro, justamente quando sabemos de onde viemos e para onde nós vamos. Talvez diga: “Eu vim de uma família destruída, onde os meus pais discutiam em casa, onde existiam vícios, traições, mentiras, engano, etc.” Conhece a parte física da sua vida, mas desconhece o que há dentro de si. Tem a informação de Deus, sabe que Ele é a Luz do mundo, que Ele é a resposta, porque quando está na Igreja e ouve a Palavra de Deus, vê uma direção. Percebe que ali existe paz, pureza, santidade, através do Espírito transmitido nas próprias palavras. Então, sabe que Deus existe. Mas talvez esteja de longe, a participar, a ouvir as coisas de Deus, mas ainda não sabe de onde veio e quem é! Talvez saiba algumas coisas, mas não profundamente.

Só há uma maneira de nos conhecermos bem a fundo: Quando nos aproximamos da Luz! Assim, conseguimos enxergar os nossos “podres”, imperfeições e fraquezas. E, quando nos “enxergamos”, sem dúvida, não vamos buscar a Deus, baseadas numa religião, mas porque há um “grito”, que clama por “socorro”, por uma resposta imediata! Não quer mais viver nessa escuridão, nesses tormentos da alma.

“…porque sei donde vim e para onde vou…”

O Senhor Jesus era perfeito; veio de Deus. Mas, se perceber o Seu trajeto, até então, verá que sempre participou ao Pai, a Sua vida! Não fez a Sua própria vontade, mas a do Pai. Não julgou por Ele mesmo, mas por intermédio d’Aquele que O enviou.

Sabe quem é o Pai, o que o Pai pretende que Ele faça, porque O ouve!

Existe uma conexão com Deus.

E há forma de se conhecer: Quando ouve o Senhor Jesus!

Ele diz: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.”

Jesus não diz para que venha “perfeito”, mas do jeito que está, cheio de erros, pecados, frustrações… Onde todas as pessoas o rejeitam, Deus estende as mãos em sua direção, mostrando o poder d’Ele na sua vida. Mas precisa crer, reconhecer como está a sua própria situação. Pois, de outra forma, não há como Ele o ajudar, se não reconhecer as próprias falhas.

“Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.”

Deus diz: “Eu tenho a luz, a direção, a segurança, o equilíbrio que está à procura na sua vida.” Mas, se você quer seguir em meio às trevas, permanecendo nos seus erros, e diz que é muito difícil buscar Jesus porque tem que renunciar muita coisa, é porque pensa que as trevas são um aconchego e lhe dão segurança. Quando, na verdade, não lhe dão segurança nenhuma, e por isso é que está dessa maneira! Fica amargurada, possui um vazio, uma necessidade de resposta… parece que precisa de um namorado, de um marido, de uma amizade, relacionamento, e mesmo quando estes existem, nunca a saciam. Justamente porque não tem luz, direção, paz!

Independentemente de onde está agora, e ainda que viaje para qualquer outro lugar do mundo, mesmo o mais lindo e maravilhoso, não lhe trará paz, porque o vazio está dentro de si!

Quem segue o Senhor Jesus – a Luz do mundo – aceita as Suas Palavras e obedece aos Seus mandamentos, não tem como andar nas trevas e perdido, sem saber onde ir, angustiado, triste, deprimido, inseguro, só e fraco… Porque estas são caraterísticas das trevas. Mas, quando existe a Luz, mesmo que enfrente momentos difíceis, pelos quais o próprio Senhor Jesus passou, como situações de tristeza e angústia, estes não são mais do que instantes passageiros. Para os que andam em trevas, no entanto, estes momentos são contínuos, em forma de tristeza, de depressão, fragilidade, fraqueza, um mal que constantemente os acompanha. Vivem nesse tormento.

Para os que estão na luz, tudo é passageiro, porque fazem uso da Palavra e tiram benefício da mesma; têm direção através da Palavra de Deus, e alcançam o que procuram.

“Então, lhe objetaram os fariseus: Tu dás testemunho de ti mesmo; logo, o teu testemunho não é verdadeiro. Respondeu Jesus e disse-lhes: Posto que eu testifico de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro, porque sei donde vim e para onde vou; mas vós não sabeis donde venho, nem para onde vou.”

Você está segura da sua salvação? Se Jesus voltar agora, neste exato momento, está segura?

Se realmente sabe, então está na luz, tem direção, paz, segurança. Mas se não tem essa paz, vive atormentada, com o passado constantemente presente na sua vida, então não sabe para onde vai e certamente é uma pessoa cheia de medo e insegura.

“…eu a ninguém julgo.

Se eu julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, porém eu e aquele que me enviou.”

Por isso há segurança! Quem está com Deus, não está sozinha neste mundo, mas possui essa força, no seu interior.

Espero o seu comentário, o testemunho da sua vida, aqui no Blog, que podem fazer muita diferença na vida dos demais internautas, e é uma satisfação muito grande, pois, aqueles que aproveitaram, fizeram-se escolhidos!

E você, que ainda não aproveitou, tem a sua oportunidade!

Um grande abraço. Voltaremos com os posts, acompanhando o Livro de João, em Agosto. Prepare-se! Convide os seus familiares, amigos, pessoas que estão distantes, longe dos planos de Deus, para ouvir juntamente consigo. Chame-os para um lanche e participem juntos, em um propósito. Faça discípulos, amiga internauta, para que o Senhor Jesus seja glorificado na vida daqueles que ainda não tiveram a mesma oportunidade que você.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

132 Comments

  1. Muito bacana dna viviane, quando eu não tinha a Luz dentro de mim, era muito triste, angustiada, existia um vazio enorme dentro de mim, mas quando essa Luz entrou no meu ser trasformou a minha vida hoje posso dizer que tenho paz , a paz que esse mundo não pode dar , as trevas foram decipadas.

    Ver mais
  2. Aproveita a oportunidade de conhecer o senhor Jesus porque um dia sera tarde de mais, se o senhor voltar nesse momento devemos ter a certeza da nossa salvação.

    Ver mais
  3. Sair da nuvem é melhor coisa que existe, da um desespero e uma angústia leve, mas sabemos que passa em bem de pressa. Meche com nossa salvação, nos abala, e estremece, mas a Fé se mantém intacta li no seu cantinho.
    Vivi não deixe de escrever, sou sua amiga, e eles me ajudam muito. Bjo dn vivi.

    Ver mais
  4. Bom dia Dona Vivi, talvez a senhora nem veja mais esse posto rsrss, mas Jesus ainda usou para me iluminar.
    Conheço a universal a mais de 10 anos, ouvi fala muito de Jesus, porém, nunca o conheci de fatO. Estava afastada a 2 anos e depois de uma grande decepção na vida sentimental (era lesbica) clamei a Deus! E ele me mostrou esse blog aqui, digo Ele pqe eu nem gostava de ver o blog de vocês.
    Bom a partir do primeiro dia aprendi sobre a luz que vem da palavra de Deus, e que ali também encontraria o próprio Deus pois ele era a luz. Jesus usou a sua forma de falar, o seu testemunho, cada dia era uma revelação! Eu me tornei sensível a voz de Deus, hoje sei quem sou de fato! O tem dentro de mim, traumas e os mais íntimos sentimentos, Jesus me revelou quem sou! Eu realmente não me conhecia. Ainda não fui selada com o Espírito Santo, mas tenho certeza que serei atendida nesse Jejum de Daniel. Obrigada! Na fé!

    Ver mais
  5. Dona Viviane, em 40 dias eu vivi experiências que, em 2 anos estando na presença de Deus, eu não havia vivido ainda. A progressão espiritual que aconteceu dentro de mim foi muito grande e intensa! Interiormente eu amadureci, isso refletiu grandiosamente no meu exterior, na forma como eu sirvo ao Senhor Jesus, no tratamento para com as pessoas ao meu redor, no atendimento ao povo. Hoje eu entendo o que é verdadeiramente uma intimidade com Deus, uma fé inteligente. Desde quando cheguei na igreja tudo foi muito intenso em relação à minha vida com Deus, minha entrega, as lutas devido a decisão de seguir Jesus, o novo nascimento, Batismo com o Espírito Santo, experiências… Porém, tudo o que eu havia absorvido de experiências nesse tempo foi artificial, porque eu vivia uma vida apressada! Eu me empenhava, depositava o meu tudo em todas as coisas que fazia, me entregava sim, de corpo, alma e espírito, tanto é que eu nasci de Deus e recebi o Espírito Santo devido a minha entrega total, mas eu não desfrutava das minhas experiências por querer passar logo por outra, a senhora me entende? Eu não absorvia o melhor daquilo que eu vivia com Deus, que definitivamente não é o ter o que falar, mas ter o que passar para as demais pessoas. Então, quando eu estava atendendo, por exemplo, eu sabia o que falar, pois havia vivido, mas não sabia o que passar porque eu não tinha parado pra absorver experiência daquilo que eu passei. Eu era apressada! Porém, não há proveito algum em passar por experiências, mas sim em vivê-las! E para viver algo não podemos ser apressadas, é preciso desfrutar de cada oração, de cada busca, de cada experiência com Deus, isso sim é se fartar com o Maná da Salvação! Pois imagine sentar em uma mesa correndo, engolir rapidamente a comida que está ali, se levantar e sair… Sequer sentir o gosto da comida iríamos conseguir. Dou graças à Deus por tudo que vivi nesses 40 dias e por tudo o que viverei daqui em diante. Deus a abençoe, um grande beijo.

    Ver mais
1 20 21 22