31º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 13
  • Fev
  • 2017

31º Dia | Ser O Testemunho

  • 13
  • Fev
  • 2017

13 de Fevereiro | Segunda | João 12.37-41

E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele;
Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?
Por isso não podiam crer, entào Isaías disse outra vez:
Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os cure. Isaías disse isto quando viu a sua glória e falou dele.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas. É um prazer estarmos juntos aqui, pelo Blog.

É sempre prazeroso ouvir e meditar na Palavra de Deus, pois não traz uma amizade suposta, mas existe entre nós algo que vem da fé, que nos une e nos faz ser Um com Deus.

Acompanhe comigo no Livro de João, capítulo 12, versículo 37:

“E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele;
Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?
Por isso não podiam crer, então Isaías disse outra vez:
Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração,
E se convertam, E eu os cure. Isaías disse isto quando viu a sua glória e falou dele.”

Interessante, que mesmo diante de tantos sinais científicos; sinais de milagres, nos céus, na terra, na natureza, e perante tudo o que estamos presenciado nos nossos dias, incluindo vendo o amor se esfriando de quase todos… perante tudo isto, há aqueles que vão à Igreja e mesmo assim não valorizam as coisas mais importantes, como o seu relacionamento com Deus.

Nós temos uma reunião, na maioria das Igrejas Universal do Reino de Deus de todo o mundo, que é a reunião do Apocalipse, Domingo às 18:00. Eu participei, participo e continuarei participando, desde que esta exista. E porquê? Porque me faz conferir a minha fé e ter temor diante dos sinais que Deus mostra, acerca da Igreja do Senhor Jesus.

Muitos estão “brincando” na Igreja, porque querem fazer as coisas do seu jeito.

“E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele…”

O Senhor Jesus estava aqui na Terra e Ele vivia em temor, em comunhão com Deus; o Seu proceder, atitudes e manifestação de fé, de poder, de comunhão e intimidade com Deus, não falariam com as pessoas à Sua volta? É óbvio que sim!

Em continuação, você vai ver quais são as caraterísticas de uma pessoa que não crê.

“Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?”

Por mais que a pessoa ouça a Palavra de Deus e participe dos Seus milagres, isso não significa que crê, pois quem crê é aquele que tem um compromisso com Deus.

Vou dar um exemplo da minha parte: Quantas vezes eu estive aqui falando com vocês, acerca de uma mensagem que chamou a minha atenção, mas sobre a qual ainda não havia obtido uma revelação? Porque a revelação diz respeito ao que estava oculto aos meus olhos, sobre algo que eu não tinha consciência que estava praticando, e que não estava me fazendo bem e era contra a fé… E não é porque eu vou à Igreja ou leio a Bíblia e medito, que vai ser revelado… A revelação vem quando existe uma grande necessidade da minha parte, e eu insisto na mesma. É assim que Deus me mostra!

Falando sobre algo que eu já abordei aqui no Blog, que não sei se você teve a oportunidade de ouvir, mas sobre a qual já comentei… acerca do orgulho. Quando descobri que estava sendo orgulhosa, foi porque estava orando. Tinha ouvido da parte da minha mãe, o seguinte: “Você era orgulhosa.” E só o fato dela ter dito isto, eu já não gostei e falei para mim mesma: “A minha mãe não entende; ela não sabe do que está falando; não sabe o que está acontecendo dentro de mim, a fé que eu exercito, e eu não vou justificar para ela…”. Na verdade, quem estava falando era o meu “eu”! Não era o Espírito Santo, não… Eu não estava nem consciente do meu erro.
Foi então que, numa vigília, passados alguns dias depois dela ter comentado isto, eu insisti na minha oração, no meu clamor, e disse: “Oh Deus, veja esta situação, a minha mãe disse que eu era orgulhosa, e como poderia ser assim e nunca ter visto? Eu quero ver… eu quero honrar a minha mãe…”.

“Como assim, honrar a sua mãe?!” Perguntará você… Sim! Normalmente nós dizemos que queremos honrar a Deus, mas um dos Mandamentos orienta-nos a honrar pai e mãe. E eu já tinha falado sobre isso aqui no Blog, e tinha-me chamado muito a atenção, fazendo-me guardar esta Palavra como se nunca a tivesse lido antes.

Certas vezes você lê, medita, e fala diferente a respeito, por causa da forma como guardou aquilo… como se nunca fosse esquece-lo. Mas outra forma, é quando você tem apenas consciência daquilo que leu.

Eu havia guardado esse versículo, o qual me havia chamado muito a atenção, mas não necessariamente de forma a que pudesse descrever o que estava de errado comigo.

Mas naquela minha oração, eu expus a Deus: “Eu quero honrar a minha mãe, eu quero honrar a Tua Palavra, quero obedecer, mas para que eu obedeça, eu preciso ver! Se eu não vir que sou orgulhosa, como a minha mãe disse que eu sou, eu não vou mudar, e eu preciso mudar!” Veja a minha “briga” com Deus, porque eu queria cumprir algo que estava escrito! Quando eu falei assim, eu chorei muito nessa reunião. Creio que, inclusive, estava de uniforme, e nem “esquentei” a minha cabeça com a cara toda manchada e as pessoas me vendo, toda vermelha de chorar, mas eu sei o que fiz com Deus… e assim foi.

Passados dias, acordei pela madrugada, e Deus me mostrou como eu era!

Por isso está escrito: “E a quem foi revelado o braço do Senhor?”

A revelação da força que tem o Espírito de Deus.

Ele me revelou e eu mudei, não como: “Eu não vou fazer isso porque está errado…”, mas mudei sem fazer nenhum esforço, porque o meu sacrifício ali, para mudar, era a luta que estava tendo com Deus. Aquela forma de orar e a minha insistência em falar com Deus, olhar para a Palavra Dele e querer cumpri-la, era isso que me estava fazendo sentir dor, em virtude daquilo que tinha ouvido. Não para defesa, mas por aquilo que eu cria e queria cumprir!

Então, a revelação de Deus não vem porque você lê a Bíblia, porque vai na Igreja ou ora, etc., mas você tem que buscar, tem que colocar a sua alma nela, falar com Deus, ter necessidade, sentir dor por não cumprir aquilo que você crê. E expor isso diante de Deus, ser sincera!

Por vezes, muitas coisas que você e eu passamos, não o expressamos para Deus, não expomos essa dor… e isso mostra, inclusive, uma forma individualista de viver, como se disséssemos: “Não preciso de Deus…”.

Sempre orientei os meus filhos, desde pequenos, que tudo aquilo que tivessem de problemas e necessidades, falassem com Deus: “Se você tiver algum problema, estiver desesperado, sem ninguém por você naquele momento, clame a Jesus, diga: ‘Jesus, Jesus’…” Eles eram crianças ainda. E quando voltaram para mim, como adultos, continuei falando a mesma coisa. Porque a minha oração é o meu diálogo e a comunicação com Deus. Eu comunico apenas pensando? Não! Eu comunico falando, expressando o que sou, o que descobri, etc.

“Por isso não podiam crer, então Isaías disse outra vez:
Cegou-lhes os olhos…”

E isto não se refere a pessoas que haviam tido a “má sorte” de terem sido escolhidas para serem cegas. Não é isso.. As pessoas escolheram não crer!

“Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração…”

Está-se referindo às pessoas que escolheram ficar cegas e preferiram endurecer o coração. Porquê? Pode reparar que quando você sofre traumas, abusos, ou qualquer outro problema, o normal é isso acontecer: Fica com uma “casca dura”, resistente à mudança, porque acha que as pessoas querem tirar proveito de si, e por isso, como uma auto-proteção, você endurece. Mas Deus não criou o seu coração duro… Quando você era bebé, não tinha o coração dessa forma, mas os problemas é que fizeram com que o endurecesse.

“A fim de que não vejam com os olhos…”

Lembra-se quando dei o meu exemplo, que eu não via a minha situação? Deus até permitiu que isto acontecesse, para que eu entendesse outras pessoas e não me sentisse a “rainha da cocada”, enfim, Ele permite que descubramos os nossos erros, para que sejamos como o trigo, que é inclinado, para que estejamos inclinados a Ele e nos submetamos à Sua vontade, sabendo que o nosso jeito não é o certo e que precisamos depender de Deus.

“…e compreendam no coração…”

O coração é onde se nutrem os sentimentos, mas quando eu compreendi no coração, houve revelação! Consegui ver que os meus sentimentos não foram a meu favor, e que eu estava errada.

“E se convertam, E eu os cure…”

Lindo! A conversão não é feita por Deus, mas sou eu que me converto, e Ele que me cura!

“Isaías disse isto quando viu a sua glória e falou dele.”

Isaías falou disso, porque quando entendemos o que é o coração endurecido e a cegueira dos olhos, nós não vemos com os olhos físicos, mas sim com os espirituais. Existe uma crença, e esta não é palpável, não se vê, mas está no interior e vem quando buscamos a verdade e a justiça de Deus.

Amiga internauta, acho que já falei bastante, mas assim você sabe um pouco de mim, e eu o compartilho consigo sem vergonha, sem medo. Porquê? Porque aquilo que está dentro de mim ninguém tira, porque foi Deus Quem construiu, me revelando essa verdade, essa crença.

Eu louvo e agradeço a Deus, porque há tantas e tantas pessoas neste mundo, nas Igrejas, que deixam a sua oportunidade passar…

Eu espero que você possa crer e enxergar.

Observe o que significa “Não crer”:

Ter olhos cegos para não ver, para não me reparar e consertar, mas continuar fazendo do meu jeito;
É endurecer o coração, não compreendendo com o mesmo;
Não converter-se e não ser curado.

Vou deixa-la a pensar, e que desfrute deste momento com Deus e possa agarrar a sua oportunidade.

Um grande abraço para vocês. Até amanhã.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

32 Comments

  1. Boa tarde
    Muito forte, sem palavras, Deus abençoe

    Ver mais
  2. Oii dona Vivi
    Muito edificante esse áudio de hoje me fez refletir de como é necessário nós falarmos com Deus e nós reparar muitas das vezes tinha medo é vergonha do que ia achar e aquela inquietação de quem estou sendo. :)

    Ver mais
  3. Bom dia! A cada dia que passa esses posts tem falado mais e mais, exatamente o que tenho vivido.
    A senhora não pode imaginar como tem me ajudado, porque tudo isso me traz fé, a certeza que Deus está me moldando, me mostrando o que preciso mudar, para me converter de fato é verdade.
    Não quero perder mais nenhuma oportunidade de conhecer meu Senhor Jesus, participo também do Estudo do Apocalipse, para abrir os meus olhos, para eu não ser enganado, para entender a direção de Deus, ainda mais.
    Tenho aprendido muito neste jejum de Daniel, com a terapia do amor, com o curso do autoconhecimento, com o estudo do apocalipse, com os blogs que tenho acompanhado. Estou exercitando a fé inteligente nas minhas orações, tenho certeza que vai arrebentar, em nome do Senhor Jesus. Confesso que preciso exercitar mais a minha comunhão com Deus, porque tenho descoberto muitas coisas a meu respeito e só Deus para ter misericórdia.
    Deus abençoe grandemente. Um abraço.

    Ver mais
  4. Boa tarde!!!
    Muito forte esse post, já havia lido os outros, mas esse falou mais forte. Percebi que não era de hoje que eu vinha sendo egoísta comigo mesma. Pensando “ah… Já recebi O Espírito Santo!” E comecei a meditar até mesmo como se fosse rotina, não busco mais de madrugada, como se eu não precisasse mais fazer. Mas agora vejo que tenho que me sacrificar muito mais , e ir meditar como um momento mais importante do meu dia, onde entrarei na presença de Deus e ouvirei a Sua Voz. Não tem algo mais gratificante quando Deus fala no seu íntimo, te repreede e cuida de você, e aquele amor imenso não se aparta de você.

    Ver mais
  5. Oi d. Vivi.
    Hoje é o que tenho vivido, tenho gemido para que Deus revele a mim a Sua obediência, verdadeiramente não é fácil, mas busco todos os dua ardentemente essa revelação e esse áudio veio como fortalecimento, de que vai acontecer. Muito obrigada por ser deixar ser um instrumento de Deus.

    Ver mais
  6. Como é bom está revelação ” eu que me converto” . Sempre orava uma oração emotiva , meu Deus tira isso de mim. …

    Ver mais
1 3 4 5