30º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 10
  • Fev
  • 2017

30º Dia | Ser O Testemunho

  • 10
  • Fev
  • 2017

10 de Fevereiro | Sexta | João 12.34-36

Respondeu-lhe a multidão: Nós temos ouvido da lei, que o Cristo permanece para sempre; e como dizes tu que convém que o Filho do homem seja levantado? Quem é esse Filho do homem?
Disse-lhes, pois, Jesus: A luz ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.
Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas disse Jesus e, retirando-se, escondeu-se deles.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá todos os internautas, é um prazer imenso estar aqui com vocês e uma grande alegria. Porquê? Porque você, minha amiga internauta, por mais dores que tenha sentido por conta daquilo que tem visto, tem descoberto uma oportunidade de resolver, porque quando não enxergamos, como vamos resolver os nossos problemas? Mas quando começamos a meditar nas palavras de Deus, e aí está a importância de meditarmos na palavra de Deus, descobrimos o que nos falta fazer; o que é a fé inteligente e o que é a fé emotiva.

Ontem, apenas para relembrar, falámos aqui do sacrifício; falámos também da oração do Senhor Jesus, na quarta-feira, e sobre o que aconteceu: Jesus estava aflito, estava angustiado, mas logo em seguida, Ele falou para o Pai: “Foi para isto que eu vim.”
Ele sabia do objetivo, olhou para o mesmo, e depois que Ele olhou para o Seu objetivo, profetizou acerca daquilo que estava disposto a sacrificar: A sua vida, lá na cruz do calvário, por mim, por nós, pelo Pai, por obediência…
Assim também começou a profetizar acerca daquilo que aconteceria, que iria expulsar o mal. Enfim, Ele fez uma separação entre um antes e um depois.

Assim também, minha amiga internauta, eu quero que você repare na sua oração. Repare, porque quando você está em uma fé inteligente, há uma decisão, há um divisor de um “antes de você” para um “depois de você”; há também autoridade da sua parte contra o mal, porque você não fica “amiguinha” do mal, pelo contrário, fica na fé, definida, e usa a autoridade que Deus lhe deu!

E é isso, minha amiga internauta, que o diabo não quer; ele não que você descubra a fé inteligente, mas que você use a fé emotiva para que seja um escravo, pois quando você sabe o que tem que fazer, quando toma conhecimento da verdade, você torna-se livre! Por isso Jesus falou: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” É uma libertação, quando conhecemos o que é a fé inteligente.

Quando conhecemos a verdade a nosso respeito, nós podemos tomar iniciativas, decisões, definir aquilo que nós queremos ser, e não sermos mais levados pelas nossas emoções.

Vamos acompanhar hoje o livro de João, no capítulo 12, versículo 34:

“Respondeu-lhe a multidão: Nós temos ouvido da lei, que o Cristo permanece para sempre; e como dizes tu que convém que o Filho do homem seja levantado? Quem é esse Filho do homem?
Disse-lhes, pois, Jesus: A luz ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.
Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas disse Jesus e, retirando-se, ocultou-se deles.”

Aquela multidão, que não estava entendendo ao que Jesus estava Se referindo, estava conferindo algo que estava escrito na lei, só que eles conferiram apenas um fato, mas esqueceram que haviam profecias relatando que o filho de Deus, que o ungido de Deus, seria transfigurado. Eles não se lembravam disso, mas só atentavam para que Cristo iria permanecer até ao fim, inclusive, Cristo permanece até ao fim, só que não da forma como eles entendem, ao pé da letra.

Quando não meditamos na palavra de Deus, observamos apenas aquilo que queremos observar. E este era o caso da multidão, pois sabiam algumas coisas da lei, mas guardaram apenas que Cristo iria permanecer; eles não queriam se submeter ao fato de que Jesus iria ter uma morte de cruz; eles não queriam ouvir a voz de Deus. E Jesus porventura lhes respondeu: “Olha gente, eu vou morrer na cruz…”?! Explicou para eles? Não!

O que Jesus lhes disse?

“A luz ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.”

Jesus era a luz ali, assim como você que tem começado a meditar na palavra de Deus, tem aberto os seus olhos; a luz tem chegado até si, só que aqui está uma separação: Ou você anda na luz, ou seja, segue a orientação, ou apenas é iluminado, e depois passa aquele tempo e é “apanhado” pelas trevas, como Jesus falou: “…para que as trevas não vou apanhem.”
Em outras palavras, as trevas estão esperando uma oportunidade para nos apanhar, e estas vêm quando não estamos na luz. “E aonde está a luz Viviane?” A luz esta aonde há a verdade!

Jesus disse: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” Também disse que se os nossos olhos forem bons, todo o nosso corpo estará em luz, porém, se os nossos olhos forem maus, todo o nosso corpo estaria em trevas… Veja aonde começa: Os olhos começam a ser maus quando nos meus pensamentos, eu alimento o que é mau, como a dúvida, a desconfiança, etc.
Imagine eu atender você e ficar desconfiada a seu respeito; imagine, por exemplo, eu olhar para você e dizer: “Ela está querendo brincar com a minha fé, está querendo tirar o meu tempo…”. Imagine você, estar ali querendo ser ajudada, e eu julga-la… não seria isso, trevas?
Imagine você, ficar julgando mal tudo o que está ouvindo da nossa parte… Não seria isso trevas?

Quer dizer, as trevas vêm quando você insiste nos seus pensamentos, em ver o que é mau, desconfiar, duvidar. Se você vê que as demais pessoas têm más intenções, o problema é delas! Eu não posso ficar preocupada com as más intenções, porque os que são mal intencionados, sempre vão julgar de forma errada. Por mais que eu faça qualquer coisa, eles vão olhar com maus olhos, então, eu não posso ficar servindo ao medo das pessoas terem maus olhos para comigo; eu não posso, pois tenho que servir a Deus, e esse servir a Deus, é olhar para Ele, é seguir a verdade; é obedecer e ser temente a Deus.

Jesus estava ali, e eles estavam tendo a oportunidade de ter essa luz, de andar na luz.

E uma coisa interessante, que Ele fala aqui: “Enquanto tendes luz, crede na luz,”
Assim como você está tendo a oportunidade de ter uma luz, através dos áudios, do blog, das mensagens amigas do bispo Macedo, do bispo Júlio, do bispo Clodomir, do bispo que está aí, atualmente, no Estado em que você está; você tem a mensagem rica da palavra de Deus, através dos homens e mulheres de Deus, assim como o blog da minha mãe, da minha irmã, que estão sempre dando uma orientação… Então, não tem como você viver nas trevas, com tantas oportunidades!
No entanto, você pode ouvir “todo o mundo”, todos os áudios, pode fazer quarentena, mas se você não crê, você não vai… como diz aqui: “Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz.”

Para que você seja filho da luz, você tem que crêr na luz que está brilhando na sua direção, através dos homens e mulheres de Deus, que estão no seu caminho.

Minha amiga internauta, a decisão é sua, em crer, e quando há crença, há obediência, porque a fé é acompanhada de obediência. Você tem que observar, tem que vigiar, tem que se submeter, tem que ser humilde, tem que reparar que, talvez, você tenha que começar tudo de novo, ou tenha que aprender o que você não aprendeu até então.
A obediência contraria o orgulho que diz que sabe tudo. A obediência faz bem, trata do seu interior.

“Estas coisas disse Jesus, e retirando-se ocultou-se deles.”

Jesus disse aquilo, acerca da luz, assim como nós, aqui no Blog, temos falado da luz, que é a palavra de Deus. Mas após, Deus sempre irá Se ausentar para que você decida o que quer.
Ele vai falar, mas não vai ficar falando: “…Vamos, vamos, Selma, acorda; vamos Viviane, acorda!” Não, Ele não vai ficar falando assim! Ele fala e se eu quero, eu vou até Ele. Se eu quero, eu obedeço, se eu quero, eu faço como aconteceu na oração do Senhor Jesus, que Ele ia entregar a Sua vida na cruz, ia ser maldito e ficar separado do Pai, que era a dor maior que Ele sentiu na vida. Imagine um bebezinho, sair do colo da mãe e ficar com um animal, com um estranho, o bebé vai chorar. Exatamente como a dependência do Senhor Jesus com o Deus Pai. Ele sacrificou a Sua vontade em obediência a Deus, e o fez por amor a mim e a você, e por amor ao Pai.

E após Ele orar, e isto é muito interessante, Ele Se decidiu; Se despojou naquela oração. Então veja que é uma oportunidade… a sua oração, o seu clamor, é o seu diálogo e a sua proximidade de Deus.
Quando na sua oração você fica em silêncio, e nem ouve as suas palavras, vêm um monte de pensamentos na sua mente; você não está orando, você está fingindo para Deus, e Deus sabe!
Concentre-se no que você está falando com Deus, para que então seja verdadeiro; fale do que está acontecendo dentro de você, seja sincera, exponha para Ele. E naquela oração, você vai perceber se existe uma fé inteligente ou uma fé emotiva.

A fé inteligente vai tomar uma decisão ali: “A minha vontade não é essa, mas eu vou servir o meu Pai, eu vou glorifica-Lo. Pai…. Glorifica o Teu nome!” E esta deve ser a nossa intenção! Quando falamos com Deus, nós devemos orar. Por mais aflições que passemos, nós temos que pensar em Deus ser glorificado através de nós. É Ele que tem que ser glorificado!

Bom, acredito que você entendeu, espero que sim… Se porventura não entendeu, participe aqui no blog, pois talvez haja uma internauta que também explique para você aqui.

Um grande abraço e até segunda-feira.

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

43 Comments

  1. Olá Boa tarde! Dona Viviane deixa eu te falar estou no jejum de Daniel mais nesses últimos dias tenho me sentido tao fraca, desanimada, sabe não quero parar o jejum quero ir até o fim me ajude por favor ouço seus áudios tds os dias mais mesmo assim eu sinto um vazio t ao grande aqui dentro de mim o que fazer??

    Ver mais
1 6 7 8