27º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 7
  • Fev
  • 2017

27º Dia | Ser O Testemunho

  • 7
  • Fev
  • 2017

7 de Fevereiro | Terça | João 12.26

Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas, é um prazer estarmos juntos de segunda a sexta aqui, neste propósito de Ser o testemunho.

Espero que você tenha seguido as orientações que lhe temos pedido para fazer, antes de ouvir o áudio.

Acompanhe agora comigo no livro de João 12.26:

“Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.”

Interessante que o Senhor Jesus fala: “Se…”

E essa palavra tão pequenina fala muito, pois me dá uma opção, uma condição, se eu quero servir, por vontade própria, então eu devo segui-Lo. Porquê?

Parece que, automaticamente, quando sirvo, estou seguindo, mas nem sempre é assim, eu vou ter que deixar muita coisa para O seguir.

E se você olhar para a sua vida e reparar, por exemplo, quando está vivendo um problema familiar ou sentimental, que toca na sua ferida, que mexe consigo, mesmo sendo um membro ativo na igreja, tendo temor a Deus, evangelizando, sendo uma obreira, mesmo assim, você tem a opção de se inclinar aos problemas ou inclinar-se à voz de Deus.

E a voz de Deus não é alta, mas bem baixinha, suave… eu tenho que me inclinar para ouvir a Sua voz; eu tenho que insistir para a ouvir, desejar e me interessar por ela, e aí está a opção.

Por isso é que Ele diz: “Se alguém me serve, siga-me…”, ou seja, se eu quero servir, não olho para os problemas familiares ou para o que estou vivendo, não me inclino perante os mesmo, tentando agradar, por exemplo, aos familiares, para tentar ganhá-los para Jesus… Não é assim!

Mas quando você se inclina à voz de Deus, procurando fazer o que Deus lhe pede, de forma a que a sua consciência esteja limpa, você dá atenção, ensina, e então cabe ao filho ou à filha, ou à mãe, aceitar ou não. E se esse familiar não aceitar, eu não devo ficar estacionada em função da minha família.

Jesus está falando, se alguém me serve, siga-me, ou seja, você vai ter situações na sua vida que vão tentar lhe distrair e que vão fazer com que você perca o foco.

E você já reparou, que quanto mais você se importa com o problema, mais fraca se sente?! Já percebeu isso?

Quanto mais você toma aquele problema para si e tenta resolvê-lo da sua maneira, mais sentimental você se torna.

Agora, é interessante, quando você faz a sua parte, com a fé inteligente, e deixa nas mãos de Deus, é diferente! Eu não posso fazer e nem convencer ninguém, assim como o Senhor respeita as minhas decisões, eu também vou respeitar a decisão de um familiar.

Assim também na vida sentimental, imagine você ficar dividida: “Deus ou o rapaz que tanto gosto?! Ele está me separando de Deus, me levando a maus costumes, me levando a mentir, fingir, enganando, e isso não é uma conduta…”

Se você quer servir a Deus realmente, e por isso Ele fala: “Se alguém me serve…”, você não é obrigada a servir. A escolha é sua!

“…e onde eu estiver, ali estará também o meu servo…”

Onde é que Deus está?
Ele “está” no momento em que eu revelo uma fé emotiva? Não, Deus não nos responde.

Quantas vezes você chorou, com tanta pena de você mesma, lembra?

Você olhava para o espelho e ficava com mais pena ainda, e acabava de orar, de falar com Deus, cheia de conflitos, de tanto chorar, mas sem uma resposta. Quantas vezes aconteceu isso?

E com isso, várias pessoas se distanciaram mais de Deus por não ouvir a Sua voz, mas outros, começaram a observar o motivo de não terem a resposta de Deus, e perceberam que eram gritos vazios por causa da sua própria emoção.

Deus não está na emoção, Ele está na fé viva!
Se você está na fé, Ele a atende.

O que a fé faz conosco?

A fé faz-nos servir ao próximo; a fé faz-nos deixar de servir e viver só para nós mesmas, para servir aos que estão próximos, como familiares, mas também a desconhecidos, que estão sofrendo. Quando eu me dou num grupo da igreja, na evangelização, Deus está ali! Quanto mais eu atendo uma pessoa, mais eu alimento a minha fé e assim me aproximo mais de Deus.

Porque quando você vive a sua vida de uma forma egoísta, individual, mais você se foca nos seus problemas e egoísmos.

Mas quando você começa a desenvolver a sua vida em relação ao próximo, em servir ao próximo, nunca esperando algo em troca das pessoas, mas servir porque Deus fez o mesmo com você, torna-se uma forma de gratidão, se dar para o próximo e pelo próximo.

Veja que interessante: “onde eu estiver, ali estará também o meu servo…”, quer dizer, o servo não é egoísta, ele está onde está o seu Senhor.

“E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.”

Se você me serve verdadeiramente, o Pai, Deus, vai honrá-la.

E quantas pessoas não buscam a sua própria honra?

Sabe porquê? Porque na realidade não estão servindo a Deus, e por isso é que inicia e termina com: “Se alguém me serve…”, pois é uma opção, e você é que vai decidir isso.

Um grande abraço para vocês e até amanhã.

Série: Ser o Testemunho

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

30 Comments

  1. Muito forte dona viviane a forma que Deus cuidade nos mesmo Ele sendo Deus nos da o direito de escolha de fazer ou não fazer ;e quando fazemos o fazemos por amor e Ele cuida de nós em cada detalhe sem pedir nada e nós quando queremos fazer por Ele fazemos amor e isso é maravilhoso

    Ver mais
  2. Muchas gracias Señora, esa palabra fue justo para mí en este momento!

    Ver mais
  3. Bom Dia Dona.Vivi
    Muito forte, ser servo é você servi os outros sem querer nada em troca, sem querer a gloria, e a honra dos homens, é você seguir o exemplo do Senhor Jesus. A fé emotiva te leva em suas orações a impor pra Deus as suas vontades, onde você pedi pra Deus fazer do seu jeito, alguns anos atras eu me vi assim, impondo pra Deus minha vontade, Ele não me respondeu, porque a fé emotiva não traz nenhuma resposta.
    Beijos, Deus abençoe!!!

    Ver mais
  4. Oii dona vivi muito forte
    Falou forte palavras servir aos famíliares, muitas das vezes perco paciência e tenho me dedicar mais ao ganhar almas.

    Ver mais
  5. Dona Vivi, realmente quando estamos imbuídas em nossas emoções não crescemos, não vemos Deus agir nem responder, eu vivi isso é passei a me analisar é ver o quanto estava a agir e viver a fé emotiva.
    Hoje sei que é a fe inteligente, a fé viva que traz a resposta, fazer a nossa parte é Deus fará a dele sem sentimento e ansiedade pois ele é justo.

    Ver mais
  6. Bom dia! Como o sentimento nos impede de crescer, de amadurecermos nossa fé.
    Por isso é tão importante a meditação, se reparar, para que eu possa identificar minha vida, minhas atitudes, o que vivo.
    Não quero viver de sentimento, eu quero uma fé viva, ser racional, ter uma fé inteligente. Muito para se reparar hoje.
    Deus abençoe. Um grande abraço!

    Ver mais
1 3 4 5