24º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 2
  • Fev
  • 2017

24º Dia | Ser O Testemunho

  • 2
  • Fev
  • 2017

2 de Fevereiro | Quinta | João 12.20-23

Ora, havia alguns gregos, entre os que tinham subido a adorar no dia da festa.
Estes, pois, dirigiram-se a Filipe, que era de Betsaida da Galiléia, e rogaram-lhe, dizendo: Senhor, queríamos ver a Jesus.
Filipe foi dizê-lo a André, e então André e Filipe o disseram a Jesus.
E Jesus lhes respondeu, dizendo: É chegada a hora em que o Filho do homem há de ser glorificado.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas, é um prazer estar aqui com vocês. Um bom dia para si, que está ouvindo este áudio pela manhã; boa tarde, se você está escutando pela tarde, ou boa noite, se me ouve à noite! O importante é que faça da sua meditação, algo com qualidade.

Acompanhe comigo no Livro de João, capítulo 12, versículo 20:

“Ora, havia alguns gregos, entre os que tinham subido a adorar no dia da festa.
Estes, pois, dirigiram-se a Filipe, que era de Betsaida da Galiléia, e rogaram-lhe, dizendo: Senhor, queríamos ver a Jesus.
Filipe foi dizê-lo a André, e então André e Filipe o disseram a Jesus.
E Jesus lhes respondeu, dizendo: É chegada a hora em que o Filho do homem há de ser glorificado.”

A primeira coisa para a qual quero chamar a sua atenção e que é muito importante, é que Bíblia refere, logo no início do versículo: “…havia alguns gregos, entre os que tinham subido a adorar no dia da festa.”
Havia outras pessoas, dentre as quais gregos, que se dirigiram a Filipe e rogaram, insistiram com perseverança para ver Jesus. E quando Filipe e André o relataram ao Senhor Jesus, Ele respondeu: “É chegada a hora em que o Filho do homem há de ser glorificado.” E isto é muito importante para que você repare em si mesma: Quando existe interesse, insistência, como por parte daqueles gregos que rogaram e insistiram, é porque há reconhecimento da necessidade de ver Jesus e de estar próximo Dele. Não queriam ir apenas para a festa e adorá-Lo, mas continuarem distantes. E isto quem faz é cada indivíduo.

Eu posso lembrar, aqui em Goiás mesmo, estávamos em um propósito de oração na Igreja às 00:00. E a minha oração não estava exprimindo o que havia dentro da minha alma. E eu fiquei incomodada com isso, porque ouvia as pessoas clamarem, buscarem, falarem com Deus, e eu estava ali, entre elas, e me sentindo tão pequenininha… parece que estava sendo artificial, que estava ali por estar, e eu não queria isso. Eu queria realmente chegar próximo de Jesus!

Cada pessoa empenha-se e desenvolve aquilo que se interessa em desenvolver.

Veja que no caso daqueles gregos, eles imploraram, insistiram com Filipe. E porquê? Porque havia esse necessidade dentro deles.

Quando existe necessidade, você mesma se aproxima de Deus; não espera por alguém para fazê-lo, mas você mesma desenvolve essa necessidade. E isso é o que realmente glorifica o nosso Deus: Quando vamos a Ele em espírito e verdade; quando desejamos e temos sede, não por uma tradição, porque é hora de buscar, de orar, em virtude de uma condição, posição ou imposição, mas sim porque dentro de nós há essa necessidade, não imposta por Deus, mas por nós mesmas; porque reconhecemos o quão somos limitadas e quantas falhas temos.

Aqueles que testificaram o que o Senhor Jesus havia feito com Lázaro – a ressurreição – e creram Nele, espalharam as notícias de tal forma, que esses gregos disseram: “Eu preciso ver Jesus!” Quando existe uma crença real, porque a crença não tem nada a ver com algo que eu toco ou vejo, mas com aquilo que se passa no meu espírito, eu acredito naquilo que foi falado e vejo realmente a salvação. A crença constrói em nós uma necessidade, sobretudo no nosso interior, e não apenas pelo que aconteceu no lado de fora,

Será que existe, realmente, da sua parte, uma crença para chegar perto de Jesus, ou você está sendo levada pelas reuniões, pelas circunstâncias ou pelos problemas que lhe provocam a necessidade de ir até Deus?

Você tem essa necessidade porque vê o Senhor Jesus como a única oportunidade para lhe mostrar o caminho que tanto você precisa e, por isso, você quer estar próxima Dele e vê-Lo de perto?

Amiga internauta, repare em você! Não seja uma religiosa, que lê a Palavra de Deus e fica indiferente. Repare a si mesma, para que então venha realmente a encontrar o Reino de Deus, que está aqui nesta Terra. Mas só entram aqueles que forem com “violência”, violentando os seus costumes, tradições, engano, a forma de se preocupar com outras coisas, etc. Você tem que estar focada em entrar neste Reino, para que então você seja o Testemunho!

Eu gostaria, se você tem um tempinho, de referir um comentário feito ontem, aqui no Blog, e que chamou a minha atenção. Eu vou ler e falar um pouco a respeito.

Vocês não têm sido indiferentes e fazem questão de participar. E ainda que não vejam o vosso comentário disponível de imediato, não deixam de fazê-lo. E isto porquê? Porque você está valorizando. E há aqueles que também valorizam e não falam nada, porque a Palavra de Deus é tão forte que por vezes ficamos mudas e não queremos falar com ninguém, porque ainda estamos a processa-la no nosso interior.

Repare no comentário da Priscila de Paulo, creio que da Bahia:

“Bom dia Dona, mais um mês podendo participar deste propósito, e já estou aprendendo tanto em um mês, aprendendo a vencer os meus limites que estão dentro de mim, minhas vontades, sacrificando a cada dia tudo que coloca minha fé em risco, e eu não aceito ser a mesma pessoa, tenho me reparado tanto e vejo que tenho tantas fraquezas e tanto a corrigir, os meus conflitos interiores são maiores do que os problemas exteriores, mas tenho conseguido ver Deus trabalhando em mim mostrando que Ele acredita em mim e por isso tem investido em mim. Deus abençoe.” Priscilla de Paulo -Bh

Veja bem, minha amiga internauta, eu quero que você saiba disto: A Palavra de Deus está conscientizando você! As pessoas que estão se vendo, não se intimidem, não tenham medo do que estão a ver a vosso respeito… As coisas feias, os erros que antes passavam desapercebidos, agora que você está meditando e a Palavra de Deus está chegando até você, há conflitos, porque nunca imaginou ter coisas tão feias no seu interior. Você sempre imagina coisas boas, porque, na sua cabeça, você faz o bem: Ajuda o próximo, quer o seu bem, etc. Mas quando você vai conferir cada detalhe da sua vida, de acordo com aquilo que valoriza do que meditou; quando repara em si, encontra muitas coisas feias. Mas vou dizer-lhe algo que a vai deixar muito feliz: Quando você começa a ver, é porque a Luz chegou! E dirá, talvez: “Estas coisas feias Viviane, monstruosas…?! Como pode?”
Pois é, essas coisas feias e monstruosas antes estavam no escuro, e você não via, porque não procurava. Não tirava tempo para se observar. Mas a partir do momento que começou a se observar, a zelar por aquilo que leu e meditou e a comparar a sua vida com aquilo que está escrito, começou a detetar erros, falhas e pecados. E quanto mais você vai se olhando, mais profundamente vai descobrindo que há erros e que a sua alma está perdida. E muitas vezes a pessoa fica triste, abalada, mas eis que é chegada a sua oportunidade: A Luz! Jesus é a Luz. Ele está iluminando você e mostrando-lhe o que precisa ver.

Quando você estava nas trevas e não enxergava, não podia mudar. Mas agora que está vendo, é a sua oportunidade!

E para Ser o Testemunho, vou dizer-lhe algo e guarde isto: Você vai ter que passar pela dor de se enxergar. Não é questão dos outros verem, como o marido, esposa, irmã, filho, filha, patrão, ou seja quem for… Ainda que estes vejam, se você não vir, você não vai mudar. Pode mudar por um tempo, para agradar, mas não vai ter uma transformação.
O que motiva a mudança é quando quer resolver a sua situação e enxergar o seu problema. E quanto mais doloroso e feio for, mais grata você será!

Já pensou nisto? Aqueles gregos queriam ir até Jesus, e sabe porquê? Porque com certeza eles estavam se enxergando. E quanto mais você se enxerga, mais se aproxima e, assim, mais você vai desenvolver na sua fé.

Um grande abraço para vocês e até amanhã.

Série: Ser o Testemunho

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

91 Comments

  1. ola D Viviane
    Estes audios tem me ajudado muito, estou reparando em mim…
    Creio que somente quando há um reconhecimento dos nossos erros e falhas e um sincero arrependimento que nos transformamos em novas mulheres.

    Ver mais
1 14 15 16